Especial móveis de sala: mesas de café

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Pode ser onde pousamos as revistas. Pode ser onde pousamos o café. Pode ser o elemento perfeito para darmos casa àquela velharia de laivos interessantes que comprámos algures num antiquário, mas nem sabemos bem onde a colocar. Pode ser – e é – a peça em torno da qual reunimos os amigos depois de com eles jantarmos ou juntamos a família à noite a bebericar um chá enquanto partilhamos as peripécias do dia. Pode ser ela a sustentar várias coisas que nos fazem bem e que nos trazem paz. A lua orbita ao redor da Terra e a nossa sala de estar orbita em torno dela. Já sabem do que falo? Da mesa de café, pois claro.

Mesmo as casas menos convencionais – bom, pelo menos, a maior parte – têm uma e é em torno dela que se dispõem os outros elementos da sala, como se só estivessem ali para a emoldurar. Senão pensem lá no ponto onde convergem o móvel da televisão, o sofá ou a poltrona. É a peça central e isto não acontece por acaso. A existência dela empresta balanço e harmonia a esta divisão da casa tão importante e a componente prática que carrega não nos é indiferente. Há vários tipos de mesas e miríade de formas bonitas para as decorar que a seguir vos mostro. Ora vejam.

Uma bandeja elegante como elemento de suporte

As mesas de café mais comuns tendem a ser baixas e grandes, mas não tem que ser um bico-de-obra decorá-las com equilíbrio. A bandeja, por exemplo, é uma peça que junta sofisticação, utilidade e versatilidade. Em primeiro lugar porque compartimentaliza a mesa e a partir daí podemos “brincar às geometrias” com os demais elementos. Para além disso, serve diversos propósitos. Cabe-vos a vós escolher. É um suporte perfeito para velas com tamanhos diferentes, pequenos arranjos de flores, uma peça mais escultural ou até – e por que não? – um minibar com as garrafas mais bonitas que tiverem aí por casa.

Livros de arte: a cultura aqui à mão de semear

Salas de estar modernas por SESSO & DALANEZI
SESSO & DALANEZI

Vila Nova Conceição | Residenciais

SESSO & DALANEZI

Quando a ética e a estética se consubstanciam. Os livros de arte são bonitos por dentro e por fora. Sabemos disso. De encadernação clássica com imagens que não passam despercebidas encerram, em si próprios, e mesmo antes de os folhearmos, a propriedade de elemento de decoração. Empilhem dois ou três. Repitam-no noutra parte da mesa. Verão que a mesa ganha vida e, por se tratar de livros, ganha alma também! Podem, por cima deles, pousar uma caixinha bonita, um cinzeiro ou uma pequena escultura.

Colecções, objectos pessoais ou de viagens

Salas de estar tropicais por homify

A forma como decoramos uma casa diz muito sobre nós. Assim, faz todo o sentido usar objectos de colecção como caixas antigas, cachimbos, relógios de bolso, lupas, pequenas peças de prata ou outros. É um toque personalizado e uma boa forma de desempoeirarmos colecções antigas que terão muitas estórias para contar. Objectos pessoais, como uma peça de joalharia ou recordações de viagens não só constituem uma escolha possível, como trazem boas memórias.

Flores e plantas

Pronto, mesmo que sejam muito distraídos e a vegetação aí por casa morra facilmente, esta é uma boa ideia. Já para não falar que está à frente do vosso nariz todos os dias, logo não há desculpa. Achamos nós! Os mais minimalistas podem, por exemplo, optar por um conjunto de cactos que podem ser arrumados dentro de uma pequena estufa em vidro ou em pequenos vasos lisos ou com diferentes padrões. Se, por outro lado, não resistem a um belo arranjo de flores frescas para colorir a sala – e o dia! – não hesitem em coloca-las sobre a messa de café numa jarra ou num vaso.

E se em vez de uma, tivessem duas mesas de café? Ou três!

HAPPY HOME 2014: Salas de estar mediterrânicas por ROSA PURA HOME STORE
ROSA PURA HOME STORE

HAPPY HOME 2014

ROSA PURA HOME STORE

Mais invulgar, mas ideal para criar um efeito visual que se assemelhe a uma escultura. Aqui, a mesa de café encerra a sua personalidade em si. Podem decorá-la, mas de forma mais contida para que ela sobressaia sozinha. Encontram-se diversos estilos. Duas mesas de madeira ou quem sabe em vidro e ferro ou até mesmo um par de otomanas de tamanhos distintos. Tudo depende do espaço que têm disponível e do estilo decorativo. Vão até onde vos levar a imaginação!

Mesa transparente: está lá ou não está ?

Efectivamente, está! Para uma sala moderna. Para uma sala jovial. Para uma sala divertida. Uma mesa em acrílico brinca com os sentidos e é uma escolha funcional para uma divisão muito pequena ou que já tem demasiados móveis. Afinal de contas, ela funde-se com ambiente em que se insere, quase como se estivesse camuflada, e, por ser transparente, cria a ilusão de que não está a ocupar espaço o que deixa a sensação de uma atmosfera mais leve e arejada. Podem, também, misturar este tipo de mesas com elementos clássicos para criar um contraste interessante como o desta luxuosa sala de um apartamento em pleno Chiado.

Mágico espelho meu

Uma mesa espelhada é um elemento de luxo. É brilhante, atrai a atenção mesmo dos mais distraídos e transporta o espaço em que se encontra para um nível de sofisticação e elegância sem par. Enquadra-se bem num contexto clássico ou mais moderno e arrojado e, à semelhança da mesa em acrílico, também ela propicia dimensão à área em que se encontra, assim como luminosidade, seja por via da luz natural que entra na sala ou de um bonito candeeiro. E, claro, ninguém diz que não a uma superfície espelhada mesmo à mão de semear!

O conforto de uma otomana

Apartamento em Sintra: Salas de estar modernas por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Apartamento em Sintra

MUDA Home Design

A otomana já não serve só para descansar os pés, é mais versátil que isso e cada vez se usa mais como mesa de café. Elegante e confortável, esta peça que a Europa foi buscar ao Médio Oriente, pode ser estofada com os tons que predominam na sala, em particular nos sofás, ou, pelo contrário, sobressair com um tecido mais excêntrico que crie um ponto de vista e se destaque de tudo o resto. Caso seja grande, a primeira opção deverá funcionar melhor para que não haja uma imposição demasiado esmagadora da mesma em detrimento dos outros elementos da sala.

Reutilizar está na moda

Reciclar para decorar é sempre uma boa ideia, sobretudo se o orçamento for curto. As preocupações ecológicas e sustentáveis aumentam e as alternativas ao mobiliário normal surgem em catadupa. Um bom exemplo disso é o recurso a uma palete em madeira como mesa de café. Embora seja, facilmente, associada a um ambiente tosco, a palete pode ser o elemento crucial para providenciar singularidade e charme a uma sala. Podem optar por deixá-la no seu estado original e decorá-la com peças de inspiração mais exótica e alegre como nesta casa de praia em Santa Cruz ou, se preferirem, pintá-la de uma cor que se enquadre melhor na vossa casa. Olhem em volta, interpretem o vosso espaço e… mãos à obra!

A funcionalidade de uma mesa com uma prateleira

Dois em um, cheque-mate! Uma mesa com uma prateleira por baixo dá muito jeito para lá arrumarmos aqueles objectos menos agradáveis à vista. Comandos da televisão, computadores, carregadores de toda a tecnologia e mais alguma ou a revista de fofocas que não queremos que ninguém saiba que lemos! Em boa verdade, tudo se resume a mandar a tralha para o andar de baixo, libertando espaço no tampo. Em cima, ficará o melhor dos mundos. Tudo bonito, organizado e com bom gosto. Uma espécie de batota que dá muito jeito, não acham? Até o gato gostou da ideia. 

Dos modelos apresentados, qual escolheria para a sua sala?

Deixe os seus comentários abaixo! 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!