8 ideias para criar um terraço com barbecue

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

A quem ocorreria planear a construção de um barbecue com a chegada iminente do Inverno? A alguém cauteloso que gosta de se antecipar. Para fazer as coisas bem, há que fazê-las com calma. Por isso, se na Primavera e no Verão queremos desfrutar do ar livre, beber um cocktail e comer uns petiscos, devemos aproveitar os dias mais frios e nublados para começar a trabalhar.

A pensar nisso, e para quem tem o privilégio de ter um jardim ou um terraço, seleccionámos algumas propostas para construir uma zona de churrasco, ideal para organizar grandes convívios com amigos e família.

Primeiro, importa definir o espaço onde o barbecue vai ser montado. Depois, escolher o revestimento do tecto e do chão, os móveis e, não menos importante, a iluminação.

Veja as nossas sugestões para ter o seu oásis ao ar livre.

Delimitar o espaço

Se o seu terraço é pequeno, não tem muitas opções para montar o barbecue. Porém, se tem a sorte de contar com um jardim grande, deverá avaliar com cuidado qual o melhor espaço para o instalar. Não se esqueça de que se trata de uma construção definitiva pelo que, naturalmente, não a poderá mudar de sítio a seu bel-prazer. 

A área destinada ao barbecue deve ter, pelo menos, 10m², ainda que o ideal sejam 25m². É impreterível ter espaço para o barbecue propriamente dito, para uma mesa auxiliar e, claro, para os seus convidados – calcule entre seis a oito – circularem sem constrangimentos. Se, depois disso, ainda couber uma mesa e material de cozinha, melhor ainda.

Para além disso, tenha em conta que a instalação deve estar conectada a uma rede de gás, de água e de luz para que possa cozinhar sem ter que estar sempre a entrar e a sair de casa.

Decida o estilo

Que tipo de barbecue quer montar? Há vários estilos pelos quais pode enveredar, embora o mais comum seja o rústico, talvez pela associação a elementos como a lenha, às brasas ou ao ambiente campestre.

Ainda assim, é cada vez mais comum a opção por barbecues a gás o que tem vantagens e desvantagens. O gás permite que a comida fique rapidamente pronta visto que basta acender o dispositivo e temos de imediato fogo. Logo, não é necessário acartar madeira, remover as brasas e ter que limpar após cada refeição. Por outro lado, a carne não fica com o mesmo sabor quando cozinhada a gás. O sabor fumado propiciado pelo churrasco tradicional só se alcança através daquele fogo aberto e lento, obtido através de um método quase cerimonial. E não será este o objectivo de um churrasco?

Colocar o piso

A zona do barbecue suja-se com facilidade. Por isso, a escolha do piso deve ser ponderada. Ainda que muito bonita, a madeira não é a melhor solução, a menos que tenha um tratamento de excelência que facilite o processo de limpeza. Contudo, para evitar esse incómodo, recomendamos que instale um piso em cerâmica que para além de fácil de colocar, tende a ser económico.

Com ou sem tecto?

Seria uma lástima depender das condições atmosféricas para se realizar um barbecue. Por esse motivo, considere a construção de um tecto ou a instalação de uma pérgola para poder desfrutar da sua churrasqueira ao longo de todo o ano.

No caso da pérgola, pode optar por uma cobertura laminada que ofereça sombra durante os dias mais quentes e que, através de um comando ou outro dispositivo, mude de ângulo, impedindo a entrada de chuva no Inverno. Também pode escolher painéis de vidro, eficazes para o resguardar do mau tempo.

Se preferir, construa um tecto em madeira ou com telhas, uma opção económica e rápida que contribuirá para a construção de um espaço de uso diário.

Escolha os móveis

Os móveis, claro. Barbecue que se preze tem que ter uma mesa e cadeiras para que também as refeições se possam fazer ao ar livre. A escolha do estilo e da qualidade dos móveis depende de si. 

Pode criar um ambiente despretensioso, mas suficiente para desfrutar da sua casa com os amigos e família, como se vê neste exemplo onde existe uma mesa de teka ladeada por um banco no mesmo tipo de madeira e um par de cadeiras metálicas dobráveis.

Por outro lado, pode também procurar ideias mais sofisticadas como mesas de madeira maciça e confortáveis cadeiras com braços para que se passem horas na conversa. Convém ter em conta que, em princípio, não irá utilizar esta área todos os dias pelo que deve analisar se valerá a pena investir muito dinheiro em móveis de qualidade que serão utilizados sazonalmente.

Não se esqueça da luz!

Um erro frequente é montar uma zona de barbecue e não pensar na iluminação. É certo que muitos dos convívios em torno deste espaço se realizam durante o dia, mas, quando bem iluminado, pode também dele desfrutar à noite.

No exemplo que lhe deixámos, de um barbecue com toques rústicos, foram colocadas uma série de lâmpadas que iluminam directamente a mesa onde se podem preparar as carnes ou colocar algumas entradas para abrir o apetite. A zona da mesa, ao fundo, também tem candeeiros suspensos.

Não se deve também esquecer de instalar luzes dentro da própria churrasqueira, se possível, com um tipo de tecto oval coberto por uma armação de plástico e de vidro sólida, permitindo que se cozinha a carne sem problemas.

Decorar para criar um ambiente bonito

E agora, os detalhes. Para desfrutar da churrasqueira em pleno, esmere-se nos detalhes. Torne a zona mais cómoda através da adição de almofadas confortáveis, de louça colorida a celebrar o Verão, de flores espalhadas um pouco por toda a parte, de mantas para os mais friorentos, de candeeiros ou de bandejas para servir as entradas e as bebidas.

Inspire-se na proposta que lhe deixamos, do gabinete De Vuurtafel. Não falta um sofá e uma mesa de centro/repousa pés almofadados, um barbecue que também funciona como lareira, flores coloridas, uma manta e uma grande bandeja para os melhores petiscos. Tão confortável que até o gato aprova.

Vamos pôr a mesa

Está tudo pronto: o terraço foi adaptado à instalação de um barbecue, temos os móveis ideais e chegou o momento para usufruir de bons momentos. Pode utilizar a mesma louça que usa dentro de casa, a menos que queira preparar algo diferente com pratos maiores ou de madeira ou com facas de melhor qualidade para cortar a carne.

Prepare grandes saladeiras e suportes para colocar a carne depois de cozinhada. Não se esqueça de uma geladeira para pôr as bebidas a refrescar – no caso de não ter frigorífico na rua – para não ter que as ir buscar a casa. Se prefere vinho, talvez valha a pena apostar em copos de alta qualidade para que o vidro não fique impregnado com a gordura da carne.

Oito churrasqueiras absolutamente maravilhosas. Não concorda? Qual a que melhor se adequaria ao seu espaço?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!