Casa Touguinhó II: Jardins minimalistas por Raulino Silva Arquitecto Unip. Lda

Moradia de Sonho

mc mc
Loading admin actions …

Hoje mostramos-lhe a verdadeira casa de revista! Neste caso, digna da nossa revista Homify! Perto de Vila do Conde, na freguesia de Touginhó, o arquitecto Raulino Silva desenhou um fabuloso projecto de uma moradia familiar! O arquitecto nasceu em Vila do Conde em 1981, é arquitecto pela Escola Superior Artística do Porto. Tem escritório próprio de arquitectura localizado também em Vila do Conde. 

Todos nós gostamos de ver as belas fotografias seleccionadas em revistas de arquitectura, e portanto, damos-lhe a conhecer aqui mais um projecto de habitação. Venha conhecer. Vai adorar com certeza!

Fachada minimalista

A localização deste projecto é próxima da cidade de Vila do Conde no litoral norte de Portugal. Pelas ruas estreitas subimos ao “Lugar do Monte” da freguesia de Touguinhó, onde conseguimos observar ao longe o mar.

A moradia destaque pelo o seu caracter contemporâneo, de linhas rectas e simples. Os grandes vazios, rematados por extensos planos de vidro são as suas grandes características. No fundo, assemelha-se a um bonito objecto esculpido de um volume branco, uma escultura.

Vegetação sempre presente

A implantação da casa teve como condicionantes a relação com a envolvente, a orientação solar e a inclinação significativa do terreno.

No piso superior, à cota do arruamento, temos um quarto principal com quarto de vestir e quarto de banho, dois quartos com quarto de banho, um escritório e uma sala de estar com varanda voltados para Poente. No piso inferior, temos a sala comum e a cozinha voltados para o jardim e para a piscina, e ainda a garagem, a lavandaria, a casa das máquinas e a zona de arrumos. 

Por entre estes planos brancos, a vegetação destaca-se. Quer seja na fachada principal, na parte superior do terreno e de um só piso, ou no plano inferior, no interior do lote, o verde vivo da relva e arvores de pequeno porte, aliviam o ambiente.

Uma piscina para toda a família

E porque uma moradia deste calibre não era a mesma sem um piscina, aqui está ela!

Fantástica, não é? Paralela à moradia, foi desenhada entre o belíssimo relvado que preenche o lote, e o deck em madeira que nos liga à sala comum. Uma ligação harmoniosa entre espaço interior e exterior. Para além disto, as divisões no piso superior, podem também desfrutar da vista sobre a piscina.

Veja aqui outro projecto, onde a piscina tem imenso destaque!

Entrada recuada

Vale a pena ver a entrada! Neste caso, destaca-se pelo facto de estar recuada no volume geral. Somos encaminhados por lajetas de betão pré-fabricado, numa espécie de corredor onde sentimos de imediato a forte presença dos grandes planos brancos que nos envolvem.

Escadas transparentes

Ao entrarmos, vemos que a parede em xisto que marca a entrada, continua no interior, dando lugar a esta bela escadaria. Degraus em madeira sem espalho, deixam-nos ver para lá das escadas. Este tipo de solução é bastante utilizada de modo a permitir uma maior permeabilidade visual, bem como solução que melhora substancialmente a luminosidade dos espaços adjacentes.

Divisórias com arrumação

Conseguiu reparar nesta divisória?

As escadas, para além da parede em xisto, são limitadas por esta maravilhosa peça. Uma espécie de parede “armário”. Não só ajuda a realizar a estrutura necessária para erguer as escadas, como permite também a possibilidade de arrumação! A carpintaria é executada com placas de MDF lacadas a alto brilho com cor branca.

Varandas com vista

Lembra-se como lhe dissemos que o piso superior tinha vista para a piscina? Pois não é tudo: devido à sua cota elevada, a vista estende-se pela vila! À semelhança do piso térreo, também aqui o espaço se estende ao exterior através de um deck em madeira de pinho com veladura cinzenta. Uma varanda bastante generosa!

Uma sala espaçosa

Continuamos pelo interior, e agora mostramos-lhe esta maravilhosa sala de estar. Espaçosa, bem como todas as restantes divisões! Podemos observar a atenção aos detalhes: desde o mobiliário escolhido, bastante contemporâneo, à conjugação de diversos materiais.

Relação com o exterior

Nesta fotografia conseguimos perceber a forte relação que esta divisão tem com o exterior da moradia. A caixilharia é desenhada de forma a poder deslizar e recolher-se, abrindo o espaço. Ao fundo vê-se a cozinha.

A cozinha ali tão perto

Seguindo as características gerais da moradia, o espaço da cozinha é também um espaço amplo, com acesso pela sala de estar. Ligação essa que é feita sem qualquer porta ou parede.

Iluminação artificial

Reparou naquele “rasgo” invulgar no teto da sala de estar? Veja como a iluminação artificial foi incorporada nesse pormenor. Uma ideia invulgar, bastante original! Com este detalhe, esta sala ganha um ambiente mais inovador e ao mesmo tempo misterioso. Veja também, como os candeeiros por cima da mesa de jantar, iluminam a parede de xisto atribuindo-lhe uma profundidade muito mais interessante!

À noite, tudo brilha!

Resumindo a obra: A Casa Touguinhó II trata-se de um habitação contemporânea construída para um jovem casal com duas filhas. Espaçosa e ampla, é o local perfeito para o crescimento desta familia. No piso inferior está a área social com a sala comum e a cozinha, no piso superior os quartos e o escritório. Privilegiou-se a orientação a poente voltada para o logradouro/jardim com a piscina. 

Para além de um projecto brilhante durante o dia, esta moradia ganha vida à noite pelo cuidado evidente com a iluminação artifical. A volume e os seus vazios, ganham destaque ao emitir a luz vinda do interior!

Consegue imaginar esta como a sua casa de família?! Deixe-nos a sua opinião na secção dos comentários!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!