Dicas para criar o seu espaço DIY em casa

Mariana Garcia – Homify Mariana Garcia – Homify
Loading admin actions …

Hoje em dia, vê-se cada vez mais gente a investir no artesanato. Quer seja por necessidade, quer seja por curiosidade, toda a gente tem sempre um amigo ou um familiar que costura pequenas peças, faz bijuteria ou objectos decorativos para a casa (como velas, sabonetes, molduras, etc.). A verdade é que este tipo de actividade ajuda a sentirmo-nos úteis, faz com que nos valorizemos, relaxa-nos, diverte-nos… e com isto tudo podemos ainda conseguir um dinheiro extra para juntar ao orçamento lá de casa! Parece um grande mil em um, não? Mas nem sempre executar actividades de DIY (do inglês Do It Yourself) é assim tão simples.

Muitas vezes, o primeiro grande entrave que se coloca é onde fazer?. O local de trabalho é importante, porque é onde a magia vai acontecer e onde se vão passar longas horas em actividade, por isso convém dedicar um pouco do seu tempo a organizar a sua mesa antes de pôr mãos à obra. Desde a luz à área ideal, passando pela organização de todos os materiais que vai utilizar, nada pode ficar de fora desta equação. Mas fique descansado, que o nosso artigo de hoje vai dar-lhe meia dúzia de dicas que lhe facilitará todo o trabalho! Fique connosco e aponte-as todas para as pôr já em prática assim que acabar a leitura!

A mesa de trabalho

Começamos pelo mais importante, para que veja já se tem espaço e/ou se quer investir nisto. A mesa de trabalho será o elemento fulcral de todo o desenvolvimento da sua actividade, portanto vamos pensar um bocadinho sobre isto. Os materiais são de grandes ou pequenas dimensões? Vai fazer várias peças ou só um exemplar de cada? Vai utilizar muitos ou poucos materiais? A superfície da mesa necessita de ser lavável ou não? Estas e muitas outras questões deverão ser colocadas para que consiga chegar a uma área ideal e para escolher o tipo de material mais indicado para a sua mesa. A área de trabalho vai ser muito utilizada e agredida, por isso se por um lado não interessa investir muito dinheiro numa mesa, por outro lado precisa de uma que não quebre ou fique inutilizada rapidamente!

O armazenamento do material

Arrumação para todos os gostos: Escritórios e Espaços de trabalho  por Casa do Páteo
Casa do Páteo

Arrumação para todos os gostos

Casa do Páteo

Segundo ponto importante: como vai guardar todos os utensílios e materiais que necessita para a criação das suas peças? Aqui a escolha é mais pessoal e tem que perceber o que lhe é mais intuitivo, mas podemos sugerir caixas transparentes e/ou etiquetadas, para que lhe seja mais fácil encontrar o que precisa. Utilize pequenos armários com gavetas ou caixas de ferramentas com divisórias para guardar objectos mais pequenos (como botões e apliques). Cestos em prateleiras também são óptimos, por serem resistentes e permitirem que a sua abertura funcione como se de gavetas se tratassem. E lembre-se: se for possível, deixe tudo isto perto da sua mesa, para que esteja tudo muito mais à mão!

A luz correcta

Caso tenha essa facilidade, opte sempre por uma boa iluminação natural, com a mesa de trabalho encostada a uma janela. Para além de ser uma iluminação muito mais amiga da sua vista, poderá desfrutar de uma vista muito mais bonita e inspiradora para o seu trabalho. No entanto, e independentemente de ser possível ou não usufruir deste tipo de luz, adquira uma boa luz artificial, com a intensidade correcta para que não canse os olhos. Perca tempo em pedir informações e conselhos sobre esta dica, pois uma má iluminação trará complicações ao longo do tempo.

A área ideal para o seu espaço de trabalho

Casa em S. Pedro do Estoril: Escritórios e Espaços de trabalho  por Ricardo Moreno Arquitectos
Ricardo Moreno Arquitectos

Casa em S. Pedro do Estoril

Ricardo Moreno Arquitectos

Este, tal como o da mesa, é um assunto que depende quase totalmente dos projectos que costuma ou pretende desenvolver (costura, recuperação de pequenas peças, etc). Outra questão que o ajudará a definir este ponto é a quantidade de lixo produzida com a sua actividade: ao costurar, desperdiçam-se muitas linhas e são libertados dos tecidos cortados muitos fragmentos; ao trabalhar com madeira, podem ser entornados vernizes, tintas e colas, além do que o lixamento das peças produz muito pó. Posto isto, terá que jogar com a parte da casa onde quer ou onde pode realizar a sua actividade – e isso pode ajudá-lo a reduzir as hipóteses. Aconselhamos uma zona livre, com uma dimensão confortável para si e que lhe permita circulação de ar.

Como ter a certeza que o seu espaço de trabalho é seguro

Artesanato seguro é artesanato feliz! Tendo em conta este mote, tenha sempre em mente alguns aspectos de segurança antes, durante e depois de realizar as suas actividades criativas. Mantenha o espaço limpo e desimpedido depois de acabar o trabalho para encontrar um espaço agradável da próxima vez; sempre que não precisar mais de algum material, arrume-o; procure ter fios e coisas penduradas onde possa tropeçar longe do chão; certifique-se que os armários e as prateleiras aguentam com o material; se necessita de fogo, faça-o num local apropriado, longe de fontes de ignição e de materiais facilmente inflamáveis; se necessita de aparelhos electrónicos, certifique-se que as tomadas estão em condições e que a voltagem é a correcta.

Fornecimento de electricidade

Por último, não se esqueça de avaliar a necessidade do fornecimento de electricidade para o seu espaço de trabalho. Assim de repente, lembramo-nos de um ou dois candeeiros de mesa, o carregador do seu telemóvel e talvez uma outra ficha para o computador portátil, mas pode necessitar de ligar uma máquina de costura, outra de corta e cose, alguma outra máquina específica para uma determinada peça, pistolas de cola quente… É importante que tenha fichas para tudo o que precisa, para que não tenha que se deslocar a outra divisão para concluir os objectos. Pode adquirir extensões com várias entradas para que tudo tenha a sua própria ficha. No entanto, não é necessário ter o número de fichas igual ao número de aparelhos, pois não vai utilizar todos ao mesmo tempo, podendo assim desligar uns para ligar outros.

Depois de todas estas dicas, a equipa homify deseja-lhe excelentes projectos, esperando que venha até aqui partilhar alguns connosco!

Já aplicava todas estas dicas? Que outras considera importantes e que faltaram ao artigo de hoje?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!