Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

Fantástico projecto de decoração e restauração em Madrid

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Começamos esta viagem em Espanha, mais precisamente na cidade de Madrid, onde a equipa Nimú Equipo de Diseno restaurou e decorou na totalidade este apartamento na Praça de Olavide. Este apartamento pertencia a um edifício histórico protegido e só por isso toda a sua restauração e decoração teriam de valorizar e fazer valer as suas características.

A equipa é formada por uma holandesa e uma espanhola, Fayette e Margarita,  ambas se conheceram enquanto estudavam arquitectura de interiores em Madrid e a paixão conjunta levou-as a abrir um pequeno estúdio dedicado ao desenho e à arte em 2005.

Hoje Nimú é um estúdio que procura soluções para criar espaços especiais, onde cada projecto se desenrola num trabalho de equipa conjunto de forma pessoal e bastante próxima dos seus clientes. Ambiente pequenos ou vivendas completas, varandas ou escritórios são só alguns dos espaços que juntas projecta, com a finalidade sempre presente de criar espaços únicos e originais.

Vai já ficar apaixonado!

É este corredor com pavimento em soalho de madeira original, em tacos, que nos lembra a idade e a história do edifício. A luminosidade é tanta e é tudo tão branco que de imediato nos faz querer entrar e descobrir mais. O primeiro impacto é também o que mais diz sobre o espaço e esse primeiro contacto faz-nos gostar de imediato ou não da aura do espaço.

Devido à largura do espaço e à necessidade de arrumação, foi colocada uma estante/aparador também ele estreito onde foram organizados livros e no seu topo existe espaço suficiente para colocar chaves, objectos pessoais e ainda uma jarra com flores, como a original e colorida da imagem.

Ao fundo, como necessitada primária num hall de entrada, um bengaleiro e uma prateleira foram colocados para tornar assim, todo o ambiente mais funcional e prático, pois sendo uma casa de família e não de revista são necessárias medidas que tornem o quotidiano simples e agradável. 

Sala de jantar

Tal como o hall de entrada já fazia adivinhar, todo o apartamento é recheado de luz e de uma paz muito própria. As paredes e tectos brancos e as grandes janelas de caixilhos também brancos, contrastam muito com o pavimento em madeira e todo o mobiliário interior parece sair valorizado neste cenário.

A sala de jantar divide o espaço com a sala de estar e a linguagem a nível de materiais e revestimentos mantém-se. Uma mesa de madeira simples é acompanhada de 4 cadeiras de design de estrutura de inox brilhante e ainda por uma cadeira de bebé. Nas janelas avistam-se vasos com plantas e as mesmas permitem além da iluminação interior, também uma possível ventilação.

A sala de estar

O sofá de formas arredondadas e cor bege convida a sentar e a sentir a atmosfera. Uma das mesas de apoio apenas está presente para o apoio do candeeiro e outra já mais funcional detem a leitura do momento e ainda um objecto mais decorativo.  Por cima do sofá, uma composição de imagens, quadros e molduras decora de forma simples esta simples e confortável sala.

Vintage vs moderno

Ainda na sala de estar mas noutra perspectiva poderá perceber como e onde é a entrada para este espaço. Do lado oposto ao que mostramos anteriormente, repare na torre de livros colocada perto da poltrona de ar vintage de cor chamativa – laranja. O ambiente é reduzido apenas ao essencial e não existem muitos objectos decorativos à vista e a atmosfera é calma. Repare ao fundo, como no hall de entrada as bicicletas de todos os membros da família se encontram dispostas, quase fazendo parte da decoração. Este aspecto transmite um ar descontraído e pouco preocupado.

A simplicidade na hora de dormir

O quarto do jovem casal, tal como toda a casa, é de atmosfera simples e serena. A luz natural continua a invadir os interiores e a fazer deles ambientes vivos. As portadas de madeira, também elas pintadas de branco, aparecem para tornar o espaço mais escuro e privado sempre que necessário.

Aos pés da cama um estreito banco em madeira serve de apoio na hora de calçar. A poltrona laranja, gémea da da sala, cria um bom local para ler inundada de luz natural.

A sua mesa de cabeceira diz muito de si, sabia?

As mesas de cabeceira já não são o que eram e a prova disso encontra-se no artigo já anteriormente partilhado: mesa de cabeceiras originais!

Uma mini mesa com duas prateleiras guarda um sem mundo de informações e objectos pessoais do lado feminino da cama. Percebe-se isso pelos objectos decorativos delicados e coloridos e ainda pelas ilustrações colocadas na parede. A roupa de cama é branca e de tecido natural!

Pura intimidade

Também a casa de banho é querida como as outras divisões. Branca e luminosa são só os adjectivos mais usados em todo o artigo, tendo sido repetidos de forma exponencial. Mas no fim de contas, são mesmo eles que fazem a apresentação principal deste querido apartamento Madrileno. 

O tapete em juta relembra o lado natural dos materiais usados em todo o apartamento e essa combinação, lembra também espaço de estilo nórdico ou escandinavo, onde se dá primazia à cor branca e aos materiais naturais.

O quarto coreto

Em todo o apartamento se respira calma e serenidade e claro sempre muita vida e entusiasmo, mas para mim, a melhor das divisões é mesmo o quarto do bebé! O berço é na famosa cor cinzenta e o ambiente é acolhedor. O tecto com listas azuis com direcção até ao centro do tecto, faz lembrar o tecto de um coreto ou de uma tenda, fazendo assim com que quem entra se sinta ainda mais protegido e seguro.

Em vez de se apostar nas paredes (como é mais usual), preferiu-se dar mais valor ao tecto e conseguir um espaço completamente diferente do habitual.

O brinquedo mais especial

Para um quarto de uma criança pode considerar a decoração deste apartamento ligeiramente escassa, mas eu diria que é mais do que suficiente, pois há que dar valor ao que se tem e não se viver mergulhado num mar de informações como é o que mais se vê em quartos de crianças. Desde as paredes cheias de papeis de parede, às montanhas de brinquedos.

Aqui dá-se destaque ao tecto e ao foguete em cartão, onde a criança adora brincar e a pouco mais!

Gostou da aura conseguida por este gabinete madrileno?
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!