Decoração campestre especial

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Com uma população de pouco mais de dois milhões de pessoas, o País Basco tem 21 restaurantes e alguns classificados com uma, duas ou três estrelas Michelin. Em 2007, a editora britânica William Reed  atribuiu o prémio San Pellegrino’ a dois restaurante desta região, da lista dos dez melhores restaurantes do mundo: o Mugaritz** e o Arzak***.

O gosto pela boa comida e boa bebida é uma parte muito importante dentro da cultura basca e não apenas a nível profissional. Logo, qualquer dia é adequado para ir petiscar fora e qualquer desculpa é boa para reunir em torno de uma mesa a família e amigos. É normalmente no espaço do porão ou cave que jantares e almoços se realizam, em divisões pequenas, chamados de txokos, que são nada mais nada menos do que espaços sociais gastronómicos.

Há elementos que nunca podem faltar num txoko que se preze. Desde uma grande cozinha, onde os anfitriões podem preparar os pratos como também de uma grande mesa num ambiente rústico e campestre, onde o uso da madeira é uma das características principais. A decoração destes espaços é criada principalmente para compor uma atmosfera acolhedora e íntima usufruindo de momentos inesquecíveis com amigos.

No livro de ideias de hoje, mostramos a reforma da Biscaia txoko pela mão dos arquitectos Urbana 15.

Ambiente acolhedor

Salas de jantar rústicas por URBANA 15
URBANA 15

La cultura del txoko tradicional.

URBANA 15

Há dois elementos indispensáveis em qualquer txoko: uma cozinha grande e confortável, onde cada um pode cozinhar e uma grande mesa para todos os hóspedes, geralmente de madeira maciça. O design do espaço deve criar um ambiente íntimo e acolhedor. Normalmente a decoração caseira incorpora elementos em argila ou cerâmica, os tectos e vigas em madeira aparecem expostas – algumas das características bem comuns.

Cozinha económica

Cozinhas rústicas por URBANA 15
URBANA 15

La cultura del txoko tradicional.

URBANA 15

No centro do espaço, a cozinha apresenta-se como a cena principal com um fogão antigo a carvão, muito comum em algumas regiões do norte rural e também conhecido por cozinha económica.

Como nas antigas cozinhas, o fogão tem um compartimentos para a introdução de combustível e outro para a queda das cinzas. No topo do mesmo, existe uma série de anéis que servem para aumentar ou diminuir o nível de chama durante a confecção de refeições.

Elementos antigos

Cozinhas rústicas por URBANA 15
URBANA 15

La cultura del txoko tradicional.

URBANA 15

Os elementos de outras épocas marcam a decoração deste espaço. O peso do antigo é marcado pelas jarras e recipiente de barro, que criam uma atmosfera muito acolhedora que é reforçada pela composição de azulejos e elementos arquitectónicos pintados de branco.

As argamassas antigas, as tábuas de cortar e a bancada de madeira com protector de metal completam o espaço.

Madeira e pedra

Cozinhas rústicas por URBANA 15
URBANA 15

La cultura del txoko tradicional.

URBANA 15

Nesta fotografia mostramos e apreciamos as perfeição das linhas deste espaço. Como se não fosse suficiente, as vigas de madeira à vista, a pedra descoberta e a madeira do solo, o projecto adquiriu imenso cuidado na decoração ao pormenor adicionando uma porta antiga e ainda móveis em madeira.

A adega

Adegas rústicas por URBANA 15
URBANA 15

La cultura del txoko tradicional.

URBANA 15

O vinho é a cereja no topo do bolo de uma refeição, de uma boa refeição Tal como o valor dado à comida, também as bebidas fazem parte de uma boa refeição. As bebidas mais populares do País Basco são o txakoli, vinho gaseificado fraco em nível de álcool, e os vinhos Rioga e cidra regional.

Urbana 15 não se esqueceu deste detalhe e numa parede de fundo criou uma pequena adega indicada para a colocação de garrafas de vinho. A mesma foi feita em tijolo e estando totalmente à vista é totalmente funcional.

Adegas rústicas por URBANA 15
URBANA 15

La cultura del txoko tradicional.

URBANA 15

Outra referência à cultura indígena é esta peça de madeira – julgo. O jugo é um utensílio de madeira que serve para prender dois bois e posteriormente conectá-los a uma carroça, procedendo à preparação da terra para o cultivo ou servindo ainda para eles carregarem cargas pesadas. Ainda os chifres e os sinos de animais de grande porte enfeitam e decoram o espaço bem ao estilo campestre. A cor vermelha é uma boa associação à touradas.

Com esta fotografia terminamos a nossa viagem por esta txoko na cidade de Guecho na província da Biscaia. Se achou este projecto interessante, com certeza irá gostar de ler estes dois:

Antes e depois: impressionante remodelação em Espanha

Grande metamorfose em quinta na Polónia

Que achou deste espaço de promoção a boas refeições?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!