Nova vida em celeiro arruinado!

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Começar um artigo com fotografias bonitas e chamativas podia ser um bom começo e muito vezes o é. Mas o artigo de hoje tem especial encanto exactamente pelo oposto – começa com uma foto nada apelativa e totalmente fora dos desenhos e sonhos de cada um. Ninguém anseia ter uma casa assim ou pelo menos, sem antes a conseguir transformar na casa de sonho.

O edifício de hoje é um bom exemplo de como é possível alterar por completo a função de um espaço, antigo e antiquado num novo e totalmente espaço de sonho. Algures em França este celeiro outrora entre verdejantes pastos e vinhas, onde vacas pastavam alegremente encontrava-se entre casas vizinhas de estilo típico e bastante pitoresco. A equipa de arquitectura Briand Renault, achou por bem, que entre as paredes que restavam de pé e em más condições, seria bem possível, respeitando a construção existente, refazer e construir uma casa adequada às necessidades contemporâneas. Ansiava-se algo moderno com que Q de elegância e sofisticação e o resultado está à vista.

Curioso sobre o resultados de remodelação?

Antes: em profunda degradação

Embora o que sobrava desta casa pitoresca no meio do campo não fosse de todo apelativa nem especial, os profissionais conseguiram ver potencial na mesma e o resultado está à vista nas imagens seguintes.

Tanto as paredes como a cobertura de telhado se encontravam perdidos no tempo, já que o estado de conservação era totalmente nulo. Viam-se buracos, rachas, falta de revestimento e ainda janelas sem vidros. Estava claro que o trabalho teria de ser profundo.

Antes: ruínas?

O restauro muitas das vezes dá muito mais trabalho do que construir do zero. Em casos de avanço profundo de degradação, o trabalho dificulta mais ainda. Não nos referimos apenas à parte estética, mas obviamente à estrutural e material. O mais importante é, claro, garantir a segurança mesmo quando se opta por manter materiais antigos num espaço que fará parte do futuro. Mais vale apostar no seguro do que que cair num poço de incertezas e a solução final ser inevitavelmente pouco feliz.

Depois: Uma verdadeiro postal!

Casas campestres por Briand Renault Architectes
Briand Renault Architectes

Façade ouverte sur la campagne

Briand Renault Architectes

É difícil acreditar que este é o mesmo edifício! Está tão bem que parece uma daquelas casas de revista de destinos de férias que sempre nos incentivam a querer ir e a querer conhecer.

Agora, além do edifico arranjado e adequado às necessidades contemporâneas, também o campo à sua volta ganhou outra vida. A casa encontra-se no meio de um verde campo, entre pasto, árvores e animais a pastar, e não existem muros exteriores a dividir terrenos e áreas. Esta facilidade e liberdade é sentida nesta imagem e o mesmo acontece em todo o projecto.

Obviamente a casa está completamente diferente do passado, apenas mantém a estrutura de duas águas e surpreenderam com fachadas mais contemporâneas e mais interessantes para a época.

O passado fica-lhe tão bem

Casas campestres por Briand Renault Architectes
Briand Renault Architectes

Façade Ouest, avec verrière sur le jardin d'hiver

Briand Renault Architectes

Ao chegarmos mais próximo, verificamos como certas paredes e superfícies do passado foram deixadas tão presentes, fazendo mesmo parte das paredes principais do edifício. Obviamente as mesmas foram forradas e tratadas, evitando entrada de frio e água no interior. A sua presença dá beleza ao edifício e não nos deixa esquecer o passado e a história do mesmo. 

Antes de conhecer o interior aprecie bem este terraço alegre de mobiliário colorido!

Modernidade e história

Salas de estar campestres por Briand Renault Architectes
Briand Renault Architectes

Salon ouvert sur les anciennes citernes à cidre

Briand Renault Architectes

Nas profundezas de uma zona envidraçada interiores fantásticos. Luminosidade e claridade são o ponto alto destes interiores relaxantes. Os tectos altos são um dos motivos para nos sentirmos mais uma vez tão livres e com tanto espaço nos interiores. Uma enorme parede em vidro (interior) separa a sala do outro edificio colado mesmo ao seu lado. Assim, entra mais luz no espaço e ainda aumenta visualmente o mesmo. 

Para mobiliário foi escolhido de entre uma linha simples e um pouco clássica. Sente-se algum esforço em combinar e harmonizar antiguidades, de acabamento rústico com outros mais modernos. Gostamos do contraste do mesmo com o cimento da parede do fundo, dos candeeiros estilo fábrica e ainda do pavimento em vinifico corrido – uma sala cheia de carácter!

Um sonho de sótão

Jardins de Inverno campestres por Briand Renault Architectes
Briand Renault Architectes

Jardin d'hiver, au-dessus des anciennes citernes à cidre

Briand Renault Architectes

Ao subirmos ao andar superior, damos de caras com este espaço de sonho. A cobertura ganhou janelas iluminando de forma zenital este espaço ideal para momentos de leitura e relaxamento. Num dia de sol imaginamos abrir as janelas para correr ar, mas num dia de chuva ou mais cinzento deve ser igualmente agradável – só de pensarmos no ping, ping da chuva nos vidros ficamos cheios de preguiça e cheios de vontade de ir a correr para casa.

Esta perspectiva permite verificar como os profissionais mantiveram a sua palavra e conservaram toda a sua forma e desenho. Mais uma vez, uma mais valia em projectos de remodelação – saber o que preservar e o que demolir.

 Ficou com vontade de ver mais projectos de aproveitamento de sótãos? Temos o artigo correcto para si, aqui!

Gostou? Deixe-nos a sua opinião!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!