por YNOX Architektura Wnętrz

Grande metamorfose em quinta na Polónia

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Quantos de nós tem o eterno sonho de sair da cidade e fugir para uma idílica aldeia, onde o tempo passa lentamente, onde o único ruído é o zumbido dos insectos e o chilrear dos pássaros. A vista é para a Natureza e o transito e a confusão fica no passado distante..

Marlene e Robert são os designers da Ynox, gabinete de arquitectura com sede em Varsóvia. Foi em Podlasie que encontraram o enredo perfeito em terra firme, num ambiente pitoresco, para colocarem em práctica os seus estudos e sabedorias..

O edifício dentro de um quinta encontrava-se bastante velho e nem o exterior nem o interior escapavam ao estado degradado. A aparência metia dó mas era visível o imenso potencial. Assim sendo, os designers deram o seu melhor e a metamorfose pela qual passou esta herdade rural deu muito que falar…

Antes: velho e desengonçado

Ao ver o edifício antes da renovação, é difícil imaginar em que é que ele vai ser capaz de se tornar – um verdadeiro oásis de relaxamento onde se é feliz e tranquilidade persiste.

Esteticamente precisava de brilho e de qualidade nos revestimentos, interiormente necessitava de uma grande intervenção. A velhice das janelas e portas deixava passar frio e o avançado estado da natureza e ervas, conseguiam deixa-la com um aspecto virgem e inabitável há anos. Era necessário agir e tirar o melhor partido da sua forma e do espaço de jardim…

Depois: um oásis de quinta

O aspecto depois da extrema remodelação é tal e qual um oásis no meio do campo, onde quase se consegue ouvir o vento a passar pelo prado de espigas secas..

A fachada ganhou uma cor forte, um castanho profundo, que se destaca nos campos de trigo. O telhado, tal como todas as fachadas foram restaurados em profundidade. As novas telhas são agora de tom grafite. As novas janelas foram fixas a molduras/caixilhos de madeira clara, não só melhorando todo o isolamento interior, como também, aumentando o carácter revigorado de toda a fachada.

Antes: entrada não convidativa

A porta da entrada desta habitação, numa primeira impressão, era bastante assustadora e parecia que a qualquer altura algo podia ruir. Não era apelativa nem nada convidativa..e não existia qualquer interesse em conhecer o interior, pois a entrada como parte principal da habitação mostrava já o que os interiores seriam também..

Ervas e plantas selvagens quase impediam a entrada e cresciam de forma aleatória mesmo em frente à porta principal.

Depois: elegante terraço

A zona que anteriormente parecia pequena e escura, foi agora transformada num terraço confortável. Aqui é possível desfrutar-se da natureza circundante e tomar-se um café. Este terraço ao estar num piso ligeiramente superior ao solo consegue destacar-se do terreno e ainda melhorar as vistas, estando num plano elevado.

No Verão pode-se desfrutar de um pequeno-almoço ao ar livre, já que o espaço está agradavelmente equipado em termos de revestimentos e de mobiliário.

Antes: interior negligenciado

Tal como a parte exterior do edifício, o seu interior implorava por melhores dias. Quase todas as superfícies necessitavam de restauração, desde o pavimento, às paredes e ao tecto.

O tecto era de carácter curioso, já que era feito de madeira e forrado com vigas maciças do mesmo material. A cor das paredes era o que mais chamava à atenção e a mesma era aterradoramente má..

Depois: cozinha de ar campestre

cozinha e a sala de jantar dividem o mesmo espaço e é neste mesmo ambiente que se cozinha e se come em família. O ambiente é maioritariamente forrado a madeira. Não só o mobiliário mas também revestimentos.

O módulo de armários de cozinha é de frentes brancas e este destaca-se do restante espaço. A atmosfera interior é especifica e com um charme bastante característico, mas era na realidade o pretendido e o que melhor tinha a ver com o ambiente exterior, no meio do campo.

Alguns acessórios decorativos reforçam este ambiente e esta atmosfera campestre. Repare na mini cortina, nos quadros e no candeeiro com mini abajures.

Antes: um potencial inexplorado

Mais uma vez, vamos olhar para o interior antes da renovação. Felizmente, a equipa de designers viu nele um grande potencial para colocar elementos característicos rurais nos seus interiores, criando um oásis de conforto.

Depois: arte popular viva

A área de estar depois de renovada ficou com este aspecto. O tecto sofreu apenas um tratamento e posteriormente uma cuidada pintura, deixando bem presente o seu aspecto original. As parede foram revestidas com ripas de madeira, colocadas de forma horizontal, garantindo uma atmosfera original/rústica e confortável.

Todo o ambiente exala um charme folclórico muito característico, devido aos diversos objectos coloridos introduzidos aumentando o carácter moderno, as cores mais presentes são o branco, o vermelho e o azul.

Depois: um ninho aconchegante

O estilo campestre tem como característica principal ser extremamente quente e acolhedor. Tem como base principal a nível de materiais, a madeira e tecidos naturais. Os estampados deste estilo já são bem conhecidos.

Em frente à lareira embutida na parede, é o local idílico para serem passados grandes dias e noites em família. Extremamente acolhedor é o local ideal para relaxar, ler um livro e passar bons momentos, especialmente nos meses mais frios de Inverno.

Antes: a casa de banho em ruínas

Tal como o aspecto exterior e todas as divisões interiores, os mesmos encontram-se completamente degradados e alguns mesmo em ruínas. 

Claro que divisões como a casa de banho ou cozinha é das que mais desgastadas e antiquadas ficam com o passar dos anos. Antigamente, em muitas casas do campo, a casa de banho localizava-se ao fundo do quintal e era mesmo no exterior que as necessidades eram feitas. Consegue imaginar o desconforto?

Não era o caso nesta habitação, mas o ambiente era extremamente escuro, sombrio, e não selava pelo ambiente acolhedor e higiénico.

Depois: interior elegante

Na nova casa de banho foi decidido organizar toda a zona de casa de banho e ainda de lavandaria e de sauna. O lado mais engraçado e original é todo o espaço ser revestido a madeira, o que por norma não é comum, visto em zonas de água a madeira é dos últimos materiais a ser escolhido, devido à sua resistência e durabilidade.

Equipada com zona de duche moderna e uma cabine de sauna, a atmosfera conseguida no interior é quase igual a um spa no campo.

Ainda ficou com dúvidas em que qualquer edifício pode conseguir uma segunda vida?  Veja outro exemplo aqui: - Antes e depois: ar fresco numa antiga padaria

Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!