Como escolher o mobiliário perfeito para a cozinha?

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
Google+
Loading admin actions …

Quando chega a hora de escolher o mobiliário para a nossa cozinha existe um misto de emoções, a felicidade estampada no nosso rosto por poder ter finalmente uma cozinha de sonho, mas ao mesmo tempo há uma certa ansiedade e medo. Sabemos, de facto, que uma cozinha completa, não é um item que se compra a cada vontade ou desejo… não de todo! É algo caro, um investimento, que custa e demora tempo a pagar. É claro que vale a pena, apostar numa boa cozinha, valoriza não só a sua habitação, como também sentir-se-á bem neste local de 'trabalho' ou de lazer. Falamos em trabalho, porque sabemos que por vezes cozinhar é uma tarefa um pouco obrigatória no nosso dia-a-dia… Uma situação que se pode amenizar, caso a cozinha for conquistadora e tchanan!!

Embora, muitas habitações, já vêm com esta proposta arquitectónica integrada, há sempre um dia em que se precisa de a mudar, modernizando-a ao seu gosto e que corresponda ao seu sonho! Se acha que está na hora de deitar abaixo a cozinha velha ou estiver neste momento a construir casa e precisa de dicas sobre como mobiliar perfeitamente a sua cozinha, então não perca, nem por nada, este inspirador artigo, cheio de dicas e sugestões interessantes, com imagens inspiradoras, que correspondem com certeza aos seus ideais. Algumas delas até são portuguesas, confira! 

O tamanho da cozinha

A perfeição é o limite: Cozinhas minimalistas por FABRI
FABRI

A perfeição é o limite

FABRI

O tamanho da cozinha não é alterável, a menos que constrói a sua casa de raiz e pode planear este pormenor. Caso contrário só terá de aceitar e fazer o melhor que puder com o espaço que lhe concede, a dificuldade maior poderá prender-se no caso das cozinhas pequenas. Contudo, as soluções que encontramos, hoje em dia no mercado, potenciam o espaço e são favoráveis a qualquer tamanho, existindo sempre a possibilidade de ter uma cozinha sobre medida, é uma forma de rentabilizar todos os metros quadrados da superfície. Quando a cozinha é bem planejada e pensada, é possível ter todos os apetrechos, que a revestem e que fazem dela uma das divisões prima da nossa casa. Posto isso, o tamanho não poderá ser uma barreira, nem uma desmotivação, para começar com as obras, pode sempre colocar a ideia de cozinhas americanas em cima da mesa e avançar com o projeto. As soluções são mais que muitas e abrangem todos os tamanhos das cozinhas.

Se sua a cozinha for pequena pode sempre encontrar umas quantas sugestões, ao descobrir este livro de ideias, ora espreita-o.

Formato da cozinha

Depois de falarmos do tamanho demos atenção aos diferentes formatos que podemos encontrar numa cozinha, nem todas têm a forma jeitosa de um quadrado, algumas são mais geométricas, devido à própria arquitetura da habitação. Uma vez que tem a perfeita noção das linhas da sua cozinha, pode encontrar um plano para projetar o seus móveis, pois eles próprios criarão forma à cozinha. 

Vejamos os diferentes formatos de cozinha:

- formato em U: um dos modelos mais simples para otimizar o espaço e ter tudo à disposição.

- Formato em L: neste formato é bastante fácil de trabalhar e de se movimentar. A parte menor é geralmente usada para uma bancada ou ainda uma mesa de refeição integrada.

- Formato em linha: ideal para lugares estreitos e compridos, mais arrumações/organizações mais limitadas. Não se esqueça da necessidade de abrir os armários e de ter espaço para se movimentar, como cozinhar com toda a comodidade.

- Formato em linha dupla: são cozinhas formadas por corredores paralelos. Existe maior capacidade de arrumação e as bancadas são mais amplas. Porém, as duas zonas separadas não otimizam a circulação.

- Cozinha americana: uma forma que pode ser coordenada com qualquer distribuição de móveis e forma. Permite ainda a comunicação de dois espaços.

Independentemente do formato que escolher ou que tiver, o mais importante é que seja adaptável à sua rotina e que se sinta bem dentro dela. 

A quantidade de arrumação necessária

Cozinha  por desink.it
desink.it

monoblocco in corian

desink.it

É claro que quanto mais arrumação tiver a nossa cozinha mais felizes e contentes ficaremos, mas nem sempre é o caso… Temos de nos cingir ao que temos. É também verdade que a quantidade de arrumação necessária dentro de uma cozinha é relativa, à quantidade de louças, panelas e tantos outros acessórios que tivermos para arrumar. Se não forem muitos, não precisamos de muitas arrumações, caso contrário será necessária umas quantas gavetas, prateleiras e armários. 

Mesmo quando uma cozinha é pequena é possível contornar a situação e inventar umas arrumações, com prateleiras, aproveitando os ângulos e organizando tudo meticulosamente, para não desperdiçar espaço. 

Ilha de cozinha ou não?

No coração da casa: Cozinhas modernas por FABRI
FABRI

No coração da casa

FABRI

A ilha de cozinha… Sim ou não? Esta é uma sugestão bem tendência nas cozinhas modernas e contemporâneas, vão em busca das linhas das cozinhas americanas. Estas conferem um look versátil e arrojado ao ambiente, torna-a mais sedutora. Mas é também um facto que uma ilha numa cozinha, não é algo que possa caber em qualquer espaço, pois é preciso pensar na circulação à volta dela, como também na distância com os restantes móveis. Assim sendo, não é aconselhável este tipo de complemento em apartamentos com cozinhas pequenas. 

Um ilha central na cozinha oferece maior espaço, maior à vontade e maior liberdade para criar, é bastante funcional e bonita, atrai o nosso psicológico, como se existisse uma repentina vontade em cozinhar. Veja se a sua cozinha tem espaço para colocar esta tal ilha central, que pode servir de mesa de refeição, de bancada, pode ainda ser apetrechada com pia, fogão e de umas quantas arrumações. Caso tiver um 'furinho', porque que não modernizá-la com este item tão em voga!

Que material escolher?

Hoje em dia, existe no mercado das cozinhas um grande leque de escolhas, quer de cores, de modelos, de tipo ou de material. É claramente bom para o consumidor esta abrangência de produto, porém as questões e dúvidas são muitas ou talvez não, porque pode saber exactamente o que quer para combinar com a sua casa, sendo assim muito mais fácil. 

O facto de existir diversos materiais é também um ponto positivo, pois permite uma maior opção no que toca ao valor da mesma. Podendo haver materiais mais nobre que outros, o que afetará o valor final, sendo positivo para quem não puder investir muito, mas quer uma bela cozinha. 

Quanto ao nível funcional é claro que os materiais marcarão a sua resistência, sendo importante que ela seja duradoura. Uma vez que existe na cozinha diversas condições, como o calor, humidade, uma dura atividade, golpes entre outros, precisamos assim que os móveis permaneçam (ou quase) intactos. 

No comércio das cozinhas pode encontrar cozinhas lacadas, que são mais acessíveis, cozinhas de madeira maciça, cozinhas de aço, cozinhas com móveis polilaminados (PVC) ou laminados. Materiais que corresponderão também ao estilo que tem dentro da sua casa, campestre, rústica, industrial, moderno, clássico, enfim, o material dita também o mood

Brilhante ou mate?

Casa Sofia Passarinho: Cozinha  por Valchromat
Valchromat

Casa Sofia Passarinho

Valchromat

Se o brilhante há uns tempos atrás era a revolução do mercado e de tudo o que tocava a decoração de casa, o mate anda por aí a expandir beleza e a conquistar corações de donos de casa. O brilhante é como um reflexo de cor, dá mais luz e brilho à própria cozinha, no entanto, cada marca, dedada ou sujidade far-se-á notar e este é um detalhe menos agradável. Contrariamente ao mate, que não deixará brilhar as marcas das mãos dos filhos, que se colocaram ao armário da cozinha. Por outro lado, uma cozinha mate é geralmente mais barata, que uma lacada (brilhante). Pode sempre criar um contraste interessante entre as paredes brilhantes e os mobiliário mate ou vice-versa. Uma forma de contornar a dúvida!

Que cor?

O futuro é agora: Cozinhas modernas por FABRI
FABRI

O futuro é agora

FABRI

A cor da cozinha é sempre uma grande questão e preocupação de quem quer comprar um novo mobiliário para a sua cozinha. De facto, esta é uma questão bastante pessoal e que terá sempre a ver com o seu gosto, estilo e das cores presentes na sua casa. De madeira? Vermelha? Preta? Branca? E porque não apontamentos cor-de-rosa? Ou outra cor que seja diferente de todos os outros, pelo menos em alguns detalhes, para ser diferente e marcar personalidade na sua cozinha. Se ficou conquistado por este exemplo, poderá o encontrar na marca portuguesa Fabri.

É verdade que as cozinhas modernas apelam os tons brancos e pretos, são quase sempre as cores mais escolhidas, mas é também verdade que são cores que não nos cansamos tanto a longo prazo. Na ambiguidade da questão e indecisão da sua resposta, opte por um misto de cores, até porque a cozinha é isso mesmo uma paleta de cor viva e alegre!

Está a pensar mudar o seu mobiliário de cozinha? As nossas dicas ajudaram-no? Diga-nos tudo!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!