Paredes com vida: novas cores e revestimentos!

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

Paredes com vida: novas cores e revestimentos!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Sala Estar - Encosta do Douro: Salas de estar  por Ângela Pinheiro Home Design
Loading admin actions …

Quantas vezes damos por nós aborrecidos com a decoração da nossa casa? Já não gostamos assim tanto dos móveis que escolhemos, o ambiente parece desinteressante e pouco acolhedor, já não nos identificamos com o estilo. Acontece-nos a todos, mas a verdade é que não se pode mudar tudo sempre que esta insatisfação nos passa pela cabeça, pois há constrangimentos orçamentais e prioridades que falam mais alto. Mas, não desanime. Para cada problema há uma resposta. 

Uma boa forma de dar um novo élan a um espaço da sua casa – ou à sua casa toda – é introduzindo modificações nas paredes, seja por via de uma nova cor, de um novo revestimento – madeira, pedra, tijolo, entre outros – ou de um papel de parede apelativo. Hoje em dia, as soluções são variadas e existem preços adequados a orçamentos distintos.

Neste artigo, vamos falar-lhe um pouco mais sobre o assunto, deixando-lhe algumas ideias e outros tantos conselhos.

Papel de parede: uma tendência que veio para ficar

Paredes  por Rebel Walls
Rebel Walls

Lily Pond

Rebel Walls

Tem em casa uma parede vazia e sem graça a precisar mesmo de uma mudança? O papel de parede pode ser a solução que procura. Mais do que uma simples pintura, o papel de parede traz originalidade a um espaço, para além de que o encontramos à venda com cores, desenhos, texturas e padrões distintos. Difícil é mesmo escolher.

E quer saber a melhor parte? Este ornamento decorativo veio para ficar e não tem perdido popularidade. Com apenas um rolo de papel de parede, pode mudar por completo a energia da sua sala e até determinar o resto da decoração em torno dele, escolhendo um tema tropical, vintage, ecléctico, e por aí adiante. Note-se, ainda, que o papel de parede é usado com fins diversos, podendo também ser recortado para forrar um móvel ou o fundo de uma estante. A criatividade é o limite. Se ainda associa o papel de parede àquela divisão florida da casa da avó, desengane-se. O papel acompanhou os tempos e a estética moderna e dá-lhe bons motivos para o usar.

As vantagens do papel de parede

Quartos  por Bhavin Taylor Design
Bhavin Taylor Design

Hells Kitchen Penthouse

Bhavin Taylor Design

Diríamos que a principal vantagem do papel de parede é mesmo a sua versatilidade. Do papel elegante da sala de estar ao colorido para o quarto do filho, pode metamorfosear um espaço tão-somente, colocando-lhe um novo papel a forrar a parede. Para os designers, o papel de parede é uma solução enviada pelo divino pelas opções que deixa em aberto e pela concretização que pode tornar uma casa muito, mas mesmo muito, especial.

Para além disso, é de fácil instalação. Como é evidente, pode sempre contratar o serviço de um profissional para colocar o papel de parede. Todavia, há quem o faça, prescindindo deste serviço. Ainda assim, somos da opinião que, se for a primeira vez, deve pedir apoio para que, noutras ocasiões, já saiba fazer sozinho. 

Note-se, ainda, que o papel de parede produz efeitos imediatos sem deixar no ar aquele cheiro desconfortável da tinta, o que também o torna mais ecológico. 

Nos países nórdicos, que são mais frios, o papel de parede é muito usado para assegurar o controlo térmico das casas. Esta é uma faceta desconhecida, mas que convém mencionar pois uma casa mais quente é uma casa mais confortável e com menos gastos energéticos. Muitos destes papéis podem também ser anti-chamas.

Se pretende usar papel de parede na cozinha ou na casa de banho, aconselhamo-lo a ser mais criterioso na sua escolha. O material deve ser capaz de suportar a humidade.

Por fim, o papel de parede pode servir para disfarçar alguns problemas nas paredes. Contudo, referimo-nos a pequenas coisas. Não aconselhamos a usá-los sobre paredes degradadas ou com problemas estruturais que mereçam atenção. Antes de tudo, deve consertá-las.

Como posso colocar o papel de parede?

DECORAÇÃO APARTAMENTO PAREDE: Salas de estar  por fernando piçarra fotografia
fernando piçarra fotografia

DECORAÇÃO APARTAMENTO PAREDE

fernando piçarra fotografia

Antes de mais, deve avaliar o estado da parede. Quanto mais bem conservada estiver a parede, mais bonito vai ficar o papel de parede colado nela. Se a parede não apresentar nenhum problema, deve limpá-la para remover a poeira. Se está a construir casa, o papel de parede deve ser o último passo. Colocar o papel ao longo da construção ou quando ainda estão a ser feitos alguns acabamentos não faz sentido. 

Para além da cor ou textura, deve escolher o tipo de papel de parede. Eles não são todos iguais pelo que convém distinguir o papel tradicional do papel vinílico e do TNT. O papel tradicional é composto por celulose, ou seja, é, em todo o seu significado, um papel, pelo que deve ser limpo com um pano ligeiramente húmido. O papel vinílico é em PVC, sendo, por isso, uma boa opção para ambientes húmidos. É também resistente à luz e fácil de lavar. O TNT parece um tecido, embora não o seja. Pode limpá-lo com detergente. 

Alguns destes papéis devem ser aplicados com cola, ao passo que outros já vêm com um adesivo. E a quantidade? Meça bem a parede que vai receber o papel. Este passo é essencial para depois comprar ao fabricante a quantidade adequada, seja ela ao metro ou em rolo. 

Outro tipo de revestimentos para paredes

Lezírias House: Salas de estar  por Twelve Four Haus
Twelve Four Haus

Lezírias House

Twelve Four Haus

Para além do papel de parede, há outros revestimentos a considerar. No mercado, existe um vasto leque de escolhas. A decisão final deve por isso ser baseada essencialmente nas necessidades do ambiente onde será instalado o revestimento, no gosto pessoal de quem escolhe, no estilo decorativo do espaço em causa e no orçamento disponível. 

Dentro dos tipos de revestimento para paredes internas destacamos as seguintes:

Pedra: normalmente associamos a utilização da pedra apenas a espaços exteriores da casa, mas essa ideia não podia ser mais errada. Este é um revestimento que oferece maior resistência e que se adapta facilmente a qualquer tipo de ambiente. As características visuais da pedra são muito especiais e permitem por isso que faça dela um elemento fundamental da sua decoração. 

Madeira: a madeira é um dos materiais de revestimento mais clássicos da arquitectura, ideal para ambientes de estilo rústico e campestre, mas não só. Este é um tipo de revestimento que, pelas suas capacidades térmicas, se adequa na perfeição às zonas mais frias. Caso não seja possível encaixar este material no seu orçamento – o custo é elevado – já é possível encontrar no mercado materiais sintéticos a preços mais acessíveis e que imitam a madeira na perfeição. 

Azulejo: sé é daquelas pessoas que adora composições geométricas, dinâmica e muita vida nos ambientes de sua casa, este é o material de revestimento ideal para si. Feitos de cimento, porcelana ou cerâmica, a verdade é que pode encontrar este material em todos os estilos e qualidades, podendo facilmente adaptá-los a diferentes ambientes, do mais rústico ao mais moderno.

Como sei que material devo escolher?

Quartos  por homify
homify

Sam's Creek

homify

O seu processo de análise de necessidades vai levá-lo a passar por um percurso de escolhas e de decisões que o levarão até ao produto final. Defina qual a textura e cor que se adaptam melhor ao espaço e ambiente onde vai instalar o revestimento, perceba que características específicas deve ter o revestimento e estude o espaço de forma a comprar as quantidades certas. O objectivo é proporcionar à sua casa um ambiente único, confortável, harmonioso e resistente. Cada espaço da casa tem qualidade específicas, o que faz com que os revestimentos devam ser utilizados de formas diferentes em divisões também elas distintas.

Uma nova cor!

Sala Estar - Encosta do Douro: Salas de estar  por Ângela Pinheiro Home Design
Ângela Pinheiro Home Design

Sala Estar – Encosta do Douro

Ângela Pinheiro Home Design

A cor influencia o nosso estado de espírito. Cores pastel despertam sensações de tranquilidade e convidam ao repouso e a momentos intimistas. Cores vibrantes deixam-nos mais enérgicos e promovem a actividade. Os tons cinza estão associados à elegância e à modernidade e, como não podia deixar de ser, o branco é sinónimo de paz e de purificação. Estes são apenas alguns exemplos para lhe demonstrar que pintar uma ou mais paredes com uma cor diferente pode alterar por completo a energia de um espaço. Usualmente, basta mudar a cor de uma parede. A menos que se trate de um branco ou até de um cinza claro, não é aconselhável sobrecarregar o espaço com uma pintura demasiado garrida, pois é provável que se canse dela rapidamente. Escolha uma parede que surja enquanto ponto focal dentro do espaço – por detrás da cabeceira da cama, a parede que integra a lareira, etc. – e dê-lhe uma nova vida!  

De que profissionais preciso para mudar a parede?

Está cheio de sorte porque aqui na homify reunimos uma lista com várias categorias de profissionais. No que diz respeito a pintar ou revestir as paredes, há alguns a ter em conta. Abra o separador Profissionais na barra preta que está na parte superior da página e, do lado esquerdo, percorra as etiquetas Decoradores, Pintores, Tintas e Revestimentos, entre outras. Depois de carregar sobre elas, basta inserir a sua área de residência para encontrar alguém que o ajude perto de si! 

Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!