Que pormenores deve ter em atenção ao planear uma cozinha?

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Loading admin actions …

Sempre que a palavra cozinha é mencionada durante uma conversa, provavelmente a primeira imagem que evocamos é a de cortar vegetais e pôr panelas ao lume. Mas realmente, são estas as únicas funções de uma cozinha? Preparação de alimentos e cozinhar? Isso poderá ter sido verdade noutros tempos…  

Mas nos nossos dias tornou-se numa das divisões mais cruciais da casa. Tornou-se no centro da atividade familiar, e não só! Tornou-se o lugar onde tanto se toma um café como se prepara um jantar, e até onde muitas vezes se torna o anfitrião a receber os amigos. É onde as agendas preenchidas da família muitas vezes se alinham, mesmo que apenas por alguns momentos fugazes cada dia.

Por isso, na correria do dia-a-dia é fundamental que tudo esteja acessível, organizado e funcional! É extremamente importante ter uma cozinha que nos sirva na perfeição e esteja adaptada às nossas necessidades do dia-a-dia. O espaço disponível, os materiais e a intensidade de utilização, entre outros, são fatores que vão pesar na escolha.

No entanto, planear uma cozinha pode ser complicado… Há tantos detalhes a ter em conta, que corremos o risco de desistir ainda antes de começar, por falta de motivação.

Nós na homify não queremos que isso aconteça, e por isso o artigo de hoje contém todos os passos para planear a sua cozinha nova, com todos os pormenores que deve ter em atenção no processo. Venha connosco e espante a desmotivação!

Fazer as planificações

A primeira coisa a fazer quando pensar em fazer mudanças na cozinha é decidir o ponto de partida. Quer renovar o espaço, partindo de alguns elementos que já lá estão presentes, ou tem uma tela em branco, e pode planear tudo de raiz?

Se está a pensar numa renovação deve começar por decidir que elementos quer manter e quais vai substituir. A bancada está deteriorada? É para sair, com certeza! Mas tem uma paixão pela mesa, e ainda está em boas condições? Mantenha-a e se necessário considere recuperá-la. Lembre-se de que só deve fazer uma mudança na disposição da sua cozinha se houver benefícios diretos nessa alteração. Se for para dificultar, nem vale a pena começar.

Se estiver a pensar em vender a casa e a renovação for com essa finalidade, mantenha tudo a um nível básico, mas funcional, para dar espaço de criatividade aos novos proprietários.

Se pretende mudar tudo e partir do zero, parabéns! Está no lugar de sonho para muita gente. Mas também tem muito trabalho pela frente. Pense nas suas necessidades para fazer o esboço da sua cozinha perfeita. Gosta muito de cozinhar e tem uma família grande? O tamanho da bancada e do armazenamento vai ser fundamental. Cozinhar para si é aquecer refeições rápidas no micro-ondas? Reduza a cozinha ao mínimo e aproveite o espaço para outras finalidades!

Costuma fazer refeições em família na cozinha? Considere um espaço misto sala de jantar/cozinha, como o da imagem. O conceito de cozinha é dos portugueses ’MRS – Interior Design & Real Estate Image Consulting’, para um espaço de inspiração campestre, amplo luminosos onde apetecem almoços em família e jantares com amigos!

Equipamento de cozinha

O passo seguinte é determinar o equipamento de que vai precisar, e qual o estilo que vai escolher! Hoje em dia já há muitos estilos de eletrodomésticos à sua disposição, para se enquadrarem perfeitamente no estilo da cozinha. Um exemplo perfeito disto é o frigorífico da imagem acima, que mais do que um simples eletrodoméstico, é um acessório de decoração fundamental para conseguir o estilo retro da cozinha.

Mas não cometa loucuras, comprando por impulso e tendo em conta apenas a estética. Avalie muito bem os consumos dos equipamentos. Uma escolha acertada significa gastos muito menores em eletricidade e traduz-se em poupanças significativas. Opte sempre que possível por equipamentos com a classificação energética de A++.

Deverá também perceber de que equipamento vai precisar. Se não cozinha no forno, não vai necessitar de um, e a sua compra será um desperdício de recursos, por exemplo.

Por último, faça sempre medições precisas do espaço onde o aparelho irá ficar, e na loja saiba exatamente as suas medidas. Não vai querer perceber que o equipamento não cabe no lugar que lhe destinou, após a entrega em sua casa. Já imaginou os contratempos?

Agendamento, entrega e construção

Após planificar o desenho da cozinha e dos móveis, e de escolher os equipamentos necessários, começa a parte dura que é construir a estrutura e montar a cozinha! E para isso o melhor mesmo é recorrer a profissionais. Repare na cozinha da imagem: – bancadas e armários brancos, ilha em aço inoxidável, com mesa acoplada, cadeiras de design e uma iluminação perfeita. Tudo isto requer tempos e uma planificação temporal muito precisa… Ao contratar um profissional para planificar e construir a sua cozinha vai garantir que tudo é feito na ordem correta. Mas se optar por fazer você mesmo o agendamento certifique-se de que as entregas são feitas de forma sequencial, começando nos materiais de construção e acabando nos acessórios de decoração.

Design das paredes

Alguns pormenores da sua cozinha vão exigir uma atenção especial para que o ambiente fique mesmo ao seu gosto, após tudo estar funcional. É o caso das paredes. O que fazer com as paredes?

A opção de as deixar simplesmente pintadas de braço é moderna, prática e higiénica, mas também se pode tornar monótona. Aproveite as paredes para dar à cozinha o seu cunho pessoal. Escolha revestimentos a seu gosto e utilize-os de forma criativa. As escolhas são muitas… Mosaicos, aço inoxidável, madeiras, painéis, autocolantes em vinil e muito mais. Faça das paredes da sua cozinha uma declaração pessoal, a demonstração da sua personalidade.

Veja por exemplo a cozinha da imagem, um projeto com um toque rústico que nos chega do Brasil. O mobiliário de cozinha já por si é muito bonito, mas o que verdadeiramente dá caráter ao espaço é o revestimento de uma das paredes com mosaicos coloridos desiguais, criando um efeito patchwork muito jovial e divertido.

Design do chão

Projecto Hidd Al Saadiyat: Cozinhas modernas por MOB
MOB

Projecto Hidd Al Saadiyat

MOB
MOB
MOB

Tal como as paredes o chão pode ser a base donde vai partir o estilo da sua cozinha, e portanto é outro pormenor que lhe deve tomar algum tempo de pesquisa.

Se procura durabilidade, resistência e estética irrepreensível, invista em pavimentos de pedra ou madeira maciça. Se tem um orçamento limitado os pavimentos vinílicos apresentam opções estéticas perfeitas a um preço bastante inferior. Se procura resistência, baixo preço e pouca manutenção as tijoleiras são escolhas perfeitas. Se é uma daquelas almas bafejadas pela sorte, que não tem de se preocupar com orçamento, opte por um chão todo de mármore como o da imagem… A elegância luxuosa desta pedra é intemporal.

A escolha é só sua, e com tantas opções a única coisa que vai perder é tempo na procura, mas garantimos que vai valer a pena!

Para saber mais sobre as opções na hora de escolher pavimentos para a cozinha leia também ’Escolher o revestimento para o chão da sua cozinha’.

Mobilar a área de refeições

Casa Sul, um lugar onde se sente a alma portuguesa. : Cozinhas rústicas por alma portuguesa
alma portuguesa

Casa Sul, um lugar onde se sente a alma portuguesa.

alma portuguesa

Por último volte as suas atenções para o mobiliário complementar da área de refeições, se esta existir. Uma vez que neste ponto já escolhei os móveis de bancadas, o chão, as paredes e os equipamentos, resta-lhe conjugar este mobiliário com o estilo já obtido. No entanto tenha em atenção que pensar neste detalhe apenas nesta etapa pode ser tarde, pois arrisca deparar-se com uma falta de espaço incontornável. O ideal é que inclua uma mesa e cadeiras em número suficiente logo no desenho original, sobretudo em cozinhas mais pequenas.

Quando o espaço é mesmo reduzido opte por mesas retráteis e bancos pouco volumosos. Mas se a sua cozinha é espaçosa como a da imagem pode deixar a sua imaginação flutuar. O projeto tem Alma Portuguesa e apresenta-nos uma sugestão de decoração ao estilo Shaby Chic de fazer inveja.

Enfim… Podemos concluir dizendo apenas que planear uma cozinha dá trabalho, necessita de investimento e requer algum esforço, mas o resultado será só seu. Aproveite-o!

Já passou por este processo? Queremos saber tudo! Conte-nos na caixa de mensagens.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!