Casa de sonho a sul de Portugal

Mariana Caldeira Mariana Caldeira
Loading admin actions …

Situada no sul de Portugal, a Homify 360º apresenta-lhe uma habitação divinal. Partindo de um espaço construído nos anos oitenta, desenvolveu-se uma renovação e ampliação otimizando a qualidade arquitectónica da casa. 

A equipa responsável pela intervenção, caracteriza-se pela procura de estratégias capazes de responder a problemas concretos através de soluções simples e inovadoras. Fundado em 2005, em Lisboa, pelos arquitetos Filipe Rodrigues, Inês Vicente e Marta Frazão, o ATELIER DATA tem sido premiado por prémio nacionais e internacionais graças à qualidade dos seus projetos com resultados inesperados.

Se sonha com um espaço sereno onde possa relaxar ao fim do dia de trabalho, então esta habitação irá, certamente, agradá-lo. Fique a conhecer um trabalho extremamente bem desenvolvido capaz de transformar um espaço monótono num projeto de arquitetura soberbo.

Lugar

Situado em Vilamoura no concelho de Loulé, o espaço encontra-se num dos locais mais requisitados a nível turístico pelos portugueses. Envolvida por um bairro de moradias unifamiliares, a casa construída na década de oitenta, necessitava de um intervenção capaz de expandir e adequar a habitação às exigências atuais.

Intervenção

Considerando as características do lugar e da arquitetura existente, a intervenção procurou seguir cinco princípios fundamentais: Conceber uma solução capaz de articular uma expansão com o desenho da construção original; projetar uma distinção clara entre a zona privada e a zona social da habitação; acentuar a relação entre o interior e o exterior valorizando a presença do alpendre; introdução de um pequeno pátio capaz de iluminar a ventilar a casa; e finalmente, prolongar o desenho da piscina criando um espelho de água proporcional à construção que o envolve.

Arquitetura

O trabalho desenvolvido pelo ATELIER DATA procurou dar seguimento à construção original, corrigindo alguns alinhamentos capazes de reforçar a configuração em L numa leitura mais clara. Para este efeito, foram criados novos volumes que se acomodam aos espaços existentes e dão continuidade aos planos existentes.

Funcionalidade

Composta por um único piso, a habitação divise-e em duas grande áreas que distinguem a partir do hall de entrada que funcionando como charneira, tira partido da forma em L.  Ainda nesta zona de entrada encontra-se um escritório e uma instalação sanitária de apoio à zona mais pública da casa. Virando para o lado esquerdo encontramos a zona que conforma as áreas mais sociais da habitação. A cozinha, a sala de jantar e a sala de estar organizam-se ao longo de um percurso linear e estabelecem um diálogo próximo com os espaços exteriores na sua frente.  O prolongamento da piscina permite intensificar a relação entre a sala de estar e o plano de água reforçando consequentemente a relação entre a construção e os espaços que a envolvem. As áreas que pressupõem um maior grau de intimidade ocupam a perna mais longa do L, distribuindo-se ao longo de quatro quartos e instalações sanitárias de apoio. Ao fundo deste corredor encontramos o quarto principal da casa que integra um pequeno pátio entre o quarto de vestir e a casa de banho garantindo uma ventilação eficiente e a presença de luz natural. 

Materialidade

Clarificando a distinção entre a arquitectura original e os novos volumes, a construção em alvenaria foi contrastada pela execução dos novos volumes em betão com cofragem em madeira. Embora no interior se tenha mantido a presença do branco que multiplica a presença da luz natural, foram introduzidos outros materiais como as madeiras, os barros típicos da região e os materiais cimenticios que quebram qualquer hipótese de monotonia. A integração deste materiais mais tradicionais além de tornar os espaços ais acolhedores e calorosos, preserva o lado mais histórico da construção numa intervenção de caráter mais contemporâneo. 

Cozinha

Do trabalho de interiores desenvolvido ao longo das divisões, destacam-se os resultados atingidos na cozinha. A escolha de materiais de equipamentos modernos num paleta totalmente branca, conferem uma contemporaneidade ao espaço que se traduz numa sofisticação inesperada. A uniformidade do branco é apenas quebrada pela presença de alguns objectos e produtos alimentares, equilibrando a atmosfera da divisão.

Casa de banho

Outro espaço extremamente bem conseguido no projeto é a casa de banho que acompanha o pátio desenhado para servir o quarto principal da habitação. Tirando partido da iluminação e atmosfera proporcionada por este vazio na construção, a casa de banho abre-se corajosamente através de janelas que acompanham a largura total da divisão. A instalação sanitária além de inesperadamente ampla e moderna é balanceada pelo pavimento de madeira num apontamento mais tradicional.

Exteriores

Os espaços exteriores foram igualmente trabalhados criando ambientes únicos para relaxar e desfrutar do sol algarvio. Além do seu papel como importante espaço de convívio ao ar livre, estas áreas assumem um papel preponderante na atmosfera interior da casa, participando nos ambientes criados através de um diálogo íntimo.

Compreensão

O mais interessante deste projeto é a capacidade de compreensão da arquitetura original reduzindo a quantidade de intervenções desenvolvidas. Desde a integração cuidada de pequenos volumes que se tornam praticamente imperceptíveis na leitura global do espaço ao desenvolvimento dos mais variados detalhes que acompanham a beleza natural das divisões, os arquitetos desenvolveram um trabalho absolutamente excepcional. Uma intervenção simples e clara só pode resultar de uma excelente capacidade de análise.

Conte-nos a sua opinião. O que achou desta intervenção?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!