Closets ecléticos por Студия авторского дизайна ASHE Home

8 pequenos roupeiros nos quais se pode inspirar

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Estamos habituados a pensar no guarda-roupa como tomando o espaço de uma divisão inteira – com uma área inferior à de um quarto – ou como um conjunto de armários/módulos que contêm roupas, calçado e acessórios. Porém, as casas pequenas exigem outras soluções, mais compactas, funcionais e criativas. A pensar nesse espaços mais exíguos, mostramos-lhe 8 pequenos roupeiros que podem inspirar a compra ou construção do seu. Para além de bonitos, são funcionais. Está curioso? Vamos vê-los. 

1. Um guarda-roupa delicioso

Quartos campestres por The Cotswold Company
The Cotswold Company

Chantilly White Double Wardrobe

The Cotswold Company

Começamos por um pequeno roupeiro com estilo vintage que surge acompanhado por um candeeiro de pé, um tapete e uma escada de madeira que é usada como cabide. Que bonito arranjo. Não concorda? Este armário tem um formato simples e funcional, com portas na parte superior e um gavetão na parte inferior. O branco e as linhas clássicas fazem dele uma peça versátil. 

2. No sótão

Tem 28 m² e tudo no lugar. É assim este sótão eximiamente planeado e estruturado para tudo nele caber de modo funcional. O sótão é, aliás, o espaço perfeito para ser explorado com vista ao armazenamento de roupa, acessórios e calçado. Neste caso, as cortinas, trilhos, gavetas e candeeiro deixam tudo perfeitamente organizado.

3. Pequeno, mas de encher o olho

Quartos pequenos  por MOB ARCHITECTS
MOB ARCHITECTS

MACHIAVELLI

MOB ARCHITECTS

No que é pequeno esconde-se, muitas vezes, uma forte personalidade. Este quarto surge decorado num estilo que mistura características modernas, rústicas e até de natureza industrial. Dentro dele, encontramos um espaço dedicado ao guarda-roupa limitado por ripas de madeira que dão um toque de originalidade à estrutura, deixando-nos vislumbrar o interior. 

4. À vista

Um guarda-roupa sem portas é, sem dúvida, uma boa ideia para optimizar os espaços. A inexistência de portas é uma opção às quais se recorre amiúde quando as áreas são pequenas. A porta, ao ser aberta, carece de espaço e constrange a circulação. Este modelo tem a desvantagem de ter que se manter o interior organizado para a área ficar visualmente mais apelativa. É o caso deste closet ao qual se acrescentou um espelho de corpo inteiro. 

5. Atrás da cortina, o guarda-roupa

Salas de estar modernas por RCFZERO
RCFZERO

piccolo guardaroba

RCFZERO

Em vez de portas, também pode optar por uma cortina para resguardar o seu guarda-roupa. Um toque atraente e funcional.

6. Economia de espaço

Apostamos que ainda não tinha visto muitos roupeiros deste género. Acertámos? Não ocupa uma divisão, nem partilha o espaço com o quarto. Pelo contrário, aparece nas profundezas ao lado da cama, podendo-se aceder através de um alçapão. Como não é fundo, não é necessário descer para chegar a cada peça. 

7. Feito à medida

Projectar os móveis à medida é uma verdadeira ajuda para a racionalização dos espaços, sobretudo dos mais pequenos. O guarda-roupa da imagem está especialmente bem iluminado por luz artificial e pela luz natural que entra pela clarabóia. O branco propicia ao espaço uma sensação de amplitude e o tapete traz-lhe conforto e um toque mais caloroso. A área foi aproveitada ao centímetro, tendo-se os móveis adaptado ao tecto inclinado.

8. Seja criativo!

Ao lado do pequeno armário, encontramos uma solução imaginativa. Trata-se de um cabide suspenso composto por um varão ancorado ao tecto pelas extremidades. É perfeito para pendurar roupa, acessórios e até mesmo jóias. Para além de prático, é, sem dúvida, um elemento decorativo. 

Se continua sem saber que roupeiro escolher para o seu pequeno quarto, recorra ao serviço de um decorador

Por qual destas propostas optaria? Partilhe connosco a sua opinião.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!