Camas no chão!

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Modelos modernos ou até mais tradicionais, o que interessa é que neste artigo apenas falamos de camas no chão ou daquelas mesmo rasteirinhas e junto a ele.

Conhece as vantagens e as desvantagens? Nunca pensou nisso? Hoje com diversos tipos de imagens iremos-lhe mostrar como pode, se for fã, adequar a sua cama a este tipo. Se ficou séptico com o assunto, nada como ver as imagens seguintes e perceber se os modelos o conquistam. temos para todos os gostos e idades, desde os sonhadores, aos divertidos e aos aventureiros, não esquecendo nunca as crianças e os quartos de visitas!

Para os sonhadores

Espaço delicado e de aura aconchegante e até sonhadora. A cor presente no ar é de tonalidade amarela, devido à madeira desse tom e à luz artificial escolhida na cor correcta. A jarra com flores brancas consegue sem duvida alguma recriar uma atmosfera cuidada e sonhadora. A roupa de cama assenta na perfeição e apesar de tocar o chão não é demasiado comprida! 

veja em mais pormenor as fotos de todo este projecto, aqui!

Para a feminina e delicada

Apesar de conter cabeceira, esta cama também é pousada sobre o piso. A sensação aqui é ligeiramente diferente porque além da cabeceira, duas mesas de cabeceira ladeiam a cama, fazendo a mesma parecer uma cama alta e normal. 

A atmosfera é feminina e sente-se no ar um ligeiro toque de classicismo e algum luxo. O candeeiro é vistoso e as inúmeras peças em vidro dão ao espaço um ar de ostentação e algum luxo.

O quarto de visitas sempre pronto

Quinta H | eco-remodelação| Madeira: Quartos rústicos por Mayer & Selders Arquitectura
Mayer & Selders Arquitectura

Quinta H | eco-remodelação| Madeira

Mayer & Selders Arquitectura

Se no exemplo anterior se sentia preocupação e uma decoração organizada e uma estética associada a um estilo bem marcado. Esta imagem é na realidade o oposto. Ainda assim, não quer dizer que um espaço vazio e apenas com um colchão no chão seja menos que um quarto mais recheado e mobilado. Existem necessidades diferentes e desejos igualmente distintos, logo, um colchão sozinho num espaço pode ser o sonho de muitos.

Se tem uma divisão sem função crie um quarto de hospedes com facilidade. Coloque apenas um colchão no chão na melhor posição relativa a janelas e a luz natural e uma luz artificial perto da cabeceira. A vantagem será a pouca preocupação  dada a este espaço, mas que ao mesmo tempo está sempre preparado para receber seja quem for. Estando, portanto a maior parte do tempo vazio e sem ser habitado, aproveite-o para os seus momentos de relax, ginástica, yoga, ou simplesmente para ler leia ou dormir uma sesta.

O divertido quarto das crianças

Também para os miúdos, a opção de camas junto ao chão é possível e pode ser também, bem divertida! Para se ganhar mais espaço num quarto para 3 filhos, optou-se pelo jogo da altura e do seu aproveitamento.

Os dois colchões foram colocados por cima de um piso elevado, palco, criando devido à sua altura espaço de arrumação interior. Se numa primeira fase, deixar os seus filhos em camas altas sem protecção é um drama e uma preocupação, talvez começar por colchões no chão e por uma disposição como a deste quarto, seja a opção mais acertada.

O irmão mais velho, devido ao grau de insegurança é quem dorme na cama do andar de cima que tem acesso por uma escada de madeira e também não contem qualquer tipo de guarda.

Quarto? Sala de yoga?

Esta sala revestida a Tatâmi é o local ideal para entrar e relaxar, já que o mesmo está associado a rituais religiosos japoneses, como a cerimonia do chá.

Sabia que os tatâmis eram originalmente um objecto de luxo quando a maioria das pessoas viviam em locais onde o chão era de terra batida. Actualmente é utilizado como superfície destinada à prática de alguns desportos de combate, como o judo e a momentos de reflexão. Esta moda apareceu no Japão e nas suas habitações pelo menos um quarto tem o pavimento com este revestimento. Tatâmi é um tipo de tecido de palha entrelaçada, usado como tapete ou revestimento do piso tradicional japonês. O tatâmi tradicional é feito de palha de arroz prensada revestida com esteira de junco e terminado com uma faixa preta de forma lateral. O seu formato e tamanho são padronizados e serve de medida para os diversos espaços.

Se é fã de colchões rijos e de momentos de harmonia e muita paz, experimente essa ideia!

Quarto da rapariga despachada

A lembrar o chão de tatâmi como o  exemplo anterior, mostramos-lhe mais esta opção! Colchão pousado sob uma estrutura de tatâmi. As portas de correr que fecham o espaço para a casa de banho e zona de closet, são também idênticas aos biombos de papel de arroz ou ceda tradicionais nestes povos. Se gosta do lado oriental porque não arriscar?

Para os naturalistas

Quartos escandinavos por André Rösch Architekt
André Rösch Architekt

Schlafzimmer im Obergeschoss

André Rösch Architekt

Este interior lembra um bagalow no meio da montanha onde o máximo de conforto é o objectivo principal. Sabemos já o poder alucinante da madeira em ser capaz de sozinha criar ambiente  quentes e acolhedores. Este quarto forrado totalmente a madeira é o ideal para as pessoas preocupadas com meio ambiente e para os que adoram viver de forma natural cada momento.

Aqui o colchão não se encontra assente no chão, mas até o aspecto do edredon sem capa nos faz viajar para algo muito tradicional e terra a terra.

É fã? Deixe-nos o seu comentário!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!