Ideias para um jardim amigo da bicharada!

sofiapega sofiapega
Loading admin actions …

Como posso tornar o meu jardim “dog-friendly”, ou seja, ideal para ter um cão? É a esta pergunta que nos vamos dedicar a responder hoje.

Se tem um cão sabe quão ele precisa de ter espaço ao ar livre, para além do espaço no interior da sua casa. Não é correcto deixá-lo o dia todo no jardim, ainda que muitas pessoas acreditem que sim, pois é também um membro da nossa família que deve ser tratado como tal. No entanto, não é correcto também deixar este que é o nosso “melhor amigo” sempre fechado dentro de casa. Muitas pessoas que têm cães e têm jardim, sentem receio em deixar o cão no exterior sozinho e, por vezes, mesmo quando está acompanhado, tentam evitar. E porquê? “Porque o cão vai destruir o meu jardim”, é a resposta que vamos ouvir a esta pergunta. A verdade é que isto pode ser totalmente evitado.

Para os cães, tudo à volta pode ser sinónimo e brincadeira. Por outro lado, a forma de comunicarem connosco e nos chamarem à atenção é, muitas vezes, estragar coisas, mesmo sem o estarem a fazer por mal. Mas como podemos evitar isso? Se o jardim foi projectado a pensar no nosso animal de estimação, eles estarão mais à vontade, assim como nós, e certamente se comportarão muito melhor. Tal como nós, os cães não aprendem sozinhos. Devemos educa-los e ensiná-los o que se deve ou não fazer.

Assim, o primeiro passo a dar é criar condições para que o nosso cão viva bem e possa estar descansado no jardim, da mesma forma que nós queremos estar, mesmo quando ele vai estar a brincar. Por isso, acredite, um jardim e o cão podem coexistir pacificamente, deste que tenhamos atenção a alguns pontos chave.

Se tem um cão, não hesite em continuar a ler este artigo. Se não tiver, leia na mesma, pois de certeza que tem familiares e amigos que têm cães e vão querer saber estas sugestões para adequarem este jardim ao seu animal de estimação, que tanto gosta dos donos!

Ter um abrigo

Jardim  por Cacoon

Primeiramente vamos falar-lhe de algo que é essencial: ter um abrigo para o seu cão. Tal como dissemos anteriormente, não pense que deve deixar o seu cão dia e noite no jardim. O seu cão também tem de conviver, estar ao lado dos donos – que são a família dele – para além de ter os seus momentos sozinhos. É como nós. No entanto, nas horas que às vezes irá passar no jardim, seja porque o dono tem de sair umas horas, seja porque está a haver um churrasco de família e o cão está no exterior, ou por outras mil e uma razões, ele vai querer ir às vezes para o seu abrigo. Pode não ser a casota convencional, mas o cãozinho deve ter um abrigo, ou local abrigado, onde possa estar confortavelmente deitado a descansar ou dormir. O exemplo da imagem é, sem dúvida, um abrigo muito original, que todos os cães gostariam e saltariam logo lá para dentro!

Espaço cercado

Em segundo lugar, falamos-lhe de outra questão muito importante também: ter o espaço bem cercado. Não queremos apanhar sustos. Nem nós, nem eles. Por isso nada como ter um espaço bem cercado, para que eles não possam fugir. Eles nunca sairão de casa para fugir de nós, muitas vezes só querem liberdade e explorar mais e mais e quando querem voltar, já não sabem como… Nós somos mais capazes de evitar estas situações do que os nossos cães/nosso cão por isso é só cercados o jardim, como está na imagem, por exemplo. Deste modo, eles não irão embora de certeza e é menos uma preocupação para nós!

Área para comer e beber

De seguida, passamos à área para comer e beber e… descansar! O ideal é ser uma área mais calma e recolhida. Devem estar disponíveis para o cãozinho um “prato” próprio para a água e outro para a comida. A água então é mesmo essencial e indispensável! Principalmente nos dias de mais Sol e calor, ele vai precisar de estar sempre a beber água para se hidratar. Mais uma vez, tal e qual como nós!

Dispôr as plantas em canteiros

Jardins modernos por Bowles & Wyer
Bowles & Wyer

Communal Gardens, London

Bowles & Wyer

Uma das coisas que os donos de cães que têm jardins mais temem é que os jardins façam buracos e estragarem as plantar. A solução que temos, também muito fácil, é dispor as plantas em canteiros. Deste modo, haverá uma separação entre o solo e as plantas e será mais difícil os cães acederem a elas e fazem buracos ou arranca-las.

Evitar plantas e frutos venenosos

Jardins modernos por Terra
Terra

Jardin de Flores

Terra

Mesmo que tenha todas as plantas em candeeiros, evite ter plantas e frutos venenosos no jardim. Informe-se de que plantas e frutos são venenosos para os animais – não pensem que são os mesmos que para nós, porque não é bem assim. Para um cão, uma ameixa pode ser altamente tóxica e fatal! E este é apenas um exemplo. Faça uma lista do que pode ou não ter no seu jardim e depois dedique-se a tirar as plantar venenosas e colocar plantas adequadas!

Área ampla para brincar

CASA XIEIRA II: Jardins modernos por A2+ ARQUITECTOS
A2+ ARQUITECTOS

CASA XIEIRA II

A2+ ARQUITECTOS

O que não pode mesmo faltar é uma área ampla para brincar! Eles vão querer correr, rebolar, saltar… e para isso é necessário haver espaço! A fotografia, de um projecto do atelier A2+ Arquitectos, é o exemplo perfeito de um jardim amplo para ter um cão. Obviamente, nem todos nós temos jardins assim, mas desde que haja uma área mais liberta de objectos e ampla para o nosso amigo brincar, está tudo impecável!

Solo confortável

Quase quase a terminar, tenha sempre em atenção o solo do seu jardim. Lembre-se que, da mesma forma que nós gostamos de andar descalços em casa a pisar um tapete macio e fofinho, os cães também gostam de estar confortáveis e pisar um solo adequado. Na imagem mostramos-lhe um jardim coberto de relva, arranjada, solo que os cães adoram!

Zoopharmacognosy – Remédios naturais

Jardim Bambus: Jardins rústicos por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Jardim Bambus

MUDA Home Design

Para terminar, vamos falar-lhe de zoopharmacognosy. Na verdade, é um termo que nem todos conhecemos, mas basicamente trata-se de medicina natural para animais. Tal como nós humanos tomamos remédios naturais, eles também sabem medicar-se naturalmente quando algo está mal ou menos bem. Existem determinadas plantas que, plantadas no seu jardim, poderão ser a solução para alguns problemas do seu animal e ele, sozinho, perceberá isso e irá ingeri-las!

Qual destas sugestões achou mais importante? Diga-nos nos comentários!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!