Apartamento duplex de desenho perfeito

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Quem não adora sótãos e zonas onde o tecto é inclinado bem junto ao telhado? Apesar de não ser um espaço muito prático, pela inclinação dos tectos e janelas a atmosfera pode ser bastante romântica e até conter um toque boémio muito atraente. Quando vigas em madeira se deixam visíveis e expostas, o design do espaço torna-se mais quente e acolhedor.

Hoje trazemos um projecto com sabor italiano, onde o estúdio Opera S.R.L. foram os responsáveis por uma renovação de um apartamento de dois andares no piso superior de um edifício. As cores neutras e elementos arquitectónicos foram  acompanhados por uma decoração requintada com uma luz de toque industrial. Removendo paredes o ambiente ficou bastante amplo e aberto, além de muito funcional.

 Se está curioso, não perca tempo! 

Tijolo, madeira e cimento

Para começar esta viagem de dois andares, o inicio dá-se pelo piso mais junto ao telhado. Na zona de dormir, a cama redonda é a responsável por uma uniformidade agradável além do surpreendente contraste marcado por linhas rectas. O tecto num jogo de cores de madeira devidamente organizadas é de ficar sem ar – lindo, lindo! 

As paredes em tijolo original foram deixadas e fazem lembrar constantemente o passado. Por outro lado, o revestimento do pavimento é em cimento e é uma tendência na sociedade actual. Os dois tapetes de inspiração persa, são os responsáveis pela adição de cor e de decoração.

A jóia da coroa

Mais uma surpresa estava do outro lado da lente da câmara fotográfica: uma banheira fabulosa foi incluída como parte da decoração do quarto! Mas se para si, que procura mais privacidade ma hora do banho, existe um chuveiro numa divisão em separado.

O quarto está equipado com um grande armário ao lado do móvel de TV.

A sala de jantar

É com esta fotografia que vemos por terminada esta viagem por um duplex de belas formas. Mas ainda temos tempo de perceber o que se passa desta lado.

Do lado de cá da parede de tijolo fica a sala de estar- aqui! Uma grande sofá de formas assimétricas ocupa a maior parte da divisão e toque original apareceu com a colocação de um candeeiro de acabamento brilhante e formato de pedras de rio (arredondadas). O conjunto de materiais e cores é repetido também aqui, piso cinzento, móveis em tons de castanho, parede de tijolo.

Descendo as escadas

Saímos do quarto e descemos as escadas. Normalmente as nossas viagens começam pela porta de entrada mas hoje o artigo merecia ser começado pelo sótão, sem dúvida, já que consideramos ser o ex líbris da casa.

Os degraus de cimento dão continuidade à habitação, existindo assim, sempre a mesma linguagem, tanto num piso como noutro e também, nas escadas. Na sala de estar as cores e os materiais são repetidos em paredes e tectos, mas também em tapetes, mais uma vez com o intuito de oferecer conforto e um toque de cor.  A madeira aqui aparecer presente no mobiliário.

No piso térreo da casa verificamos que este mesmo espaço é dividido por uma parede de tijolo, de um lado a sala de estar, do outro a sala de jantar.

Uma composição com bolhas de ar em vidro acompanha a mesa de refeições e relembra a altura do pé direito enfatiza o ar moderno neste interior de casa rústica.

Gostou do ambiente conseguido neste apartamento?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!