Casa pré-fabricada de 76 m² é quente no frio e fresca no calor | homify | homify
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:2982:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

Casa pré-fabricada de 76 m² é quente no frio e fresca no calor

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura
Casas modernas por dom arquitectura Moderno
Loading admin actions …

Já pensou em construir uma casa pré-fabricada de madeira? Encontre inspiração nessa morada de 76 m², construída em San Cugat del Vallès, na Espanha, e projetada pelo estúdio Dom Arquitetura. A casa, que também funciona como estúdio, está localizada em um bosque natural e sua concepção incorporou uma série de conceitos sustentáveis, para servir de exemplo de eficiência energética e ecológica. 

A casa foi construída com o sistema de estrutura leve de madeira, conhecido como Light Wood Frame. Recebeu isolamento térmico com camadas de fibra de madeira 12 ou 16 cm.  Assim, o calor não atravessa as paredes da casa. Resultado: ela permanece fresca no verão e quente no inverno. A casa ainda tem, lareira energia solar e foi posicionada de modo a não sofre com o sol em excesso do verão.  

Curioso para conhecer um pouco mais este projeto inovador e fascinante? Então confira a seguir mais imagens e detalhes da Casa Estúdio, uma construção exemplar que realça a relevância da madeira como material de ótimo desempenho estrutural e estético e como alternativa para o desenvolvimento sustentável e para uma arquitetura energeticamente mais eficiente.

Fachada principal

A Casa Estúdio foi construída para servir de abrigo e local de trabalho. O proprietário desejava intensificar a convivência com a natureza e se inspirar com o clima relaxante e tranquilo do bosque de San Cugat, local da edificação. Para se integrar à paisagem natural e bucólica o arquiteto Pablo Serrano Elorduy, do estúdio Dom Arquitetura, criou uma cabana compacta, com 76 m², de forma tradicional, feita de estrutura de madeira e inteiramente revestida de madeira, interna e externamente, mimetizando-se na paisagem natural. .     

Quente no inverno

Uma camada grossa de fibra de madeira garante que o calor gerado pela lareira não saia da casa durante os meses frios. O ar quente sobre até o teto, mas, devido ao isolamento, permanece dentro da casa.  No inverno, as folhas das árvores caem e o sol bate no interior da morada. 

Ar fresco no verão

As aberturas foram projetadas e dimensionadas de modo a facilitar a ventilação natural cruzada e, consequentemente, o resfriamento do interior dos ambientes nos meses de verão. Além da qualidade material e estética, o projeto da residência buscou desde o início atender aos critérios de sustentabilidade e eficiência energética. As águas da chuva são captadas pela cobertura e armazenadas em sete depósitos e reaproveitada posteriormente para regar o jardim e a horta. A casa dispõe de uma horta ecológica com hortaliças, verduras e frutas. E, a casa também dispõe de placas solares na cobertura, que geram energia para o aquecimento da água utilizada no banho. 

O protagonismo da madeira

O projeto da Casa Estúdio priorizou o sistema construtivo pré-fabricado, no qual os elementos construtivos são feitos na fábrica e somente a montagem é realizada no local da obra, reduzindo assim o tempo de execução, o custo final da obra e, principalmente, o impacto ambiental. A madeira utilizada foi a pino vermelho, oriunda dos Pirineus catalães, certificada com o celo CE e CTB Sawn Timber. O acabamento interno é composto de painéis de pino e o externo de abeto tratado com autoclave. Conforme os critérios de sustentabilidade, a escolha de materiais locais ajudou a reduzir os gastos e emissões de CO2 com transporte.

Living room

No interior da residência predominam as superfícies de madeira, com destaque para os elementos em marcenaria e móveis embutidos, que conferem personalidade e funcionalidade ao projeto. Os móveis planejados possuem acabamento em laca branca e contrastam com a textura de aspecto natural das paredes. No living room os espaços se integram, sendo ligeiramente divididos por uma lareira metálica a lenha, que dá um toque rústico e aconchegante ao ambiente.    

Flexibilidade de usos

A organização e a distribuição dos espaços foi pensada de modo a facilitar uma futura modificação. Por exemplo, o espaço do estúdio, dividido do living room pela lareira, poderia ganhar uma parede divisória e se fechar e se converter em espaço privativo. Os armários embutidos da sala de estar também poderiam ser convertidos em uma cozinha americana, ampliando o programa de necessidades da residência sem necessidade de alterar sua estrutura principal ou aumentar sua área construída. Esta flexibilidade de usos acaba agregando funcionalidade e valor ao imóvel.

Estúdio

A residência surgiu com a vocação de servir de abrigo e local de trabalho do proprietário. Portanto, o estúdio recebeu atenção especial. O projeto de interiores, assinado por Blanca Elorduy buscou evidenciar a personalidade do proprietário através da escolha do mobiliário, de design contemporâneo e sofisticado, com destaque para as duas poltronas de couro, na cor branca, as luminárias pendentes na cor preta e para a estante de madeira, com nichos abertos, que servem para armazenar livros e outros objetos e emolduram ainda duas janelas pequenas.   

Sala de estar

Apesar do aspecto simples e rústico da edificação, no seu interior encontramos diversos móveis clássicos do design internacional, como a poltrona Charles Eames, desenhada pelo casal Eames, de forma elegante e com estrutura multilaminada, acabamento nogueira, revestimento em PU e base em alumínio fundido. Outro destaque do ambiente é a vista privilegiada para a paisagem natural externa que se descortina pela ampla abertura, que também traz luz e ventilação naturais abundantes para o interior da residência.

Mais informações sobre projetos de salas de estar, você encontra aqui.

Sacada

Um dos principais atrativos da residência é a sua localização privilegiada, dentro de um bosque natural, proporcionando aos moradores a convivência prazerosa com a natureza e vistas deslumbrantes do entorno. O projeto criou uma sacada, ligada diretamente ao estúdio, para intensificar o convívio com a natureza e disponibilizar um local intimista e ao mesmo tempo aberto, onde os moradores possam se sentir livres e respirar o ar puro do bosque e sentir o frescor e perfume das árvores.

Para conhecer e se deslumbrar com mais projetos de casas de madeira, leia este artigo.

Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!