A melhor habitação em Espanha

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

O artigo de hoje é sobre um projecto cheio de tradição e ao mesmo tempo muito modernismo. Combina estruturas inovadoras com costumes antigos. Nesta habitação o autor mostra as suas raízes galegas e a sua ligação à terra. A casa de que falo é nas Rias Baixas, onde a industria do mexilhão é o motor económico mais forte. Os mexilhões crescem em cabos penduradas em jangadas, estruturas estas, compostas por grandes pedaços de madeira de eucalipto.

O arquitecto quis reflectir no seu projecto esta prática profundamente enraizada na cultura do meio ambiente encarada como um símbolo de integração. Os dois volumes que compõem esta casa representam as caixas encalhadas na costa marítimas, caixas estas que aparecem há 25 anos nas praias carregadas de ferramentas usadas na colheita de mexilhões.

Venha daí e comece esta viagem na nossa companhia!  

Protecção vs exposição solar

Com a luz natural a tocar o material conseguimos perfeitamente apreciar as características do mesmo. As persianas da parte privada da casa abrem-se numa tentativa de aumentar o nível/quantidade de raios solares no interior. Este volume foi virado a sul para capturar o calor no Inverno e no Verão as persianas protegem os habitantes do calor a mais.

No entanto, a partir dessa perspectiva não é possível contemplar a beleza desta casa, apenas apreciar a história que esta madeira pode dizer.

Um segundo madeira no primeiro plano

Pedaços de madeira tem flutuado há mais de 25 anos no mar. Depois de todos esses anos de serviço, é reutilizado como combustível ou como uma base para os elementos tribais. No entanto, neste projecto, esses pedaços de madeira compõem e apresentam a habitação.

Cada um dos volumes da casa tem uma função diferente. O primeiro volume é composto pela zona social da casa (sala de estar) e a mesma é  completamente ampla, apresentando aparentemente uma atmosfera quente devido à madeira interior. O segundo volume,  corresponde ao que vimos na primeira fotografia. Sabemos portanto que o seu design é mais fechado sobre si por ser onde as zonas privadas se localizam.

Uma casa energeticamente eficiente

Na zona social/pública da casa uma enorme janela panorâmica convida-nos a entrar. Como não podia ser de outra forma, este espaço é estrategicamente orientado em direcção ao mar. Esta abordagem não é acidental, a Dezanove House – de como é apelidada,  é uma casa eficiente a nível de energia e não apenas devido à sua orientação. É constituída por uma bomba geotérmica, por piso radiante e um inovador ventilador que ajuda no aquecimento e no arrefecimento da temperatura interior.  

Interior contemporâneo para uso tradicional

A energia principal chega-nos através do volume principal da casa. Aqui, olhando em detalhe a sala de estar é seguida por uma simetria a nível do pavimento e do tecto. O acabamento utilizado na madeira no interior é bom apesar do seu ar contemporâneo ter sido projectado para desfrutar de noites com familiares e amigos ou ainda de reuniões sociais.

Jogando com cada detalhe de madeira

Quase tudo no interior foi desenhado por Iñaki Leite, e o mesmo fez questão de jogar com a tradição, criando cadeiras e mesas de jantar a partir dos mesmos bastões de madeira usados nas jangadas em alto mar.

O candeeiro com quase 2 metros de comprido, que está suspenso sobre a mesa de jantar também foi uma peça desenhada pelo mesmo, o mesmo ilumina refeições e não interfere com a visão.

Um sistema de ventilação muito eficaz

Dentro desta divisão em oposição e enorme contraste à sala de estar, este é 100% em cimento. Embora pareça um material muito frio, o sistema de ventilação mecânico garante uma calorosa estadia.

O contacto entre o fumo e a conduta da chaminé em contacto com a ventilação projecta altas temperaturas e distribui-las por toda a casa.

Artesanato e tecnologia locais

Uma cozinha com linhas modernas e design contemporâneo foi construída através do trabalho de carpinteiros e oficinas de artesãos locais, integrando assim, a madeira mais uma vez no ambiente.

Elementos contemporâneos completam a cena, tal como os acessórios da marca alemã Dornbracht e o revestimento colorido das cadeiras altas de cozinha.

A casa de banho com luz e ar livre

Por fim mostro-lhe a casa de banho espectacular que dá apoio aos quartos da casa. A banheira e a bancada de lavatório são de acabamento excepcional, em madeira de carvalho. A sua cor clara é mais um dos motivos para garantir aos seus utilizadores um momento de descanso e puro relaxamento.

Revestimento cerâmico foi atirado para um canto tal como outro qualquer elemento estimulante que prejudicasse este atmosfera serena. As paredes em vidro introduzem uma atmosfera única e lembram dias nublados.

A luz natural ilumina o espaço durante todo o dia, e ao cair da noite é a casa de banho em si que ilumina o exterior como se fosse uma lâmpada.

Ao anoitecer

Ao cair da noite a vivência interior ilumina-se para os habitantes. Os actuais proprietários vivem de momento em Londres e alugam eventualmente a sua casa durante algumas temporadas. 

Os interessados nesta casa são pessoas que gostam de gastronomia e de turismo cultural, mas acima de tudo, de design. Portanto a Dezanove House aparece em primeiro lugar na lista das melhores casas de Espanha de acordo com o Sunday Times.

Que achou deste projecto ecológico?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!