Salas de estar modernas por エヌ スケッチ

Desníveis no interior de casa – 10 grandes ideias!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Ter em casa áreas situadas a níveis distintos ajuda-nos a dividir ambientes. Essa característica, fruto de pormenores arquitectónicos, oferece-nos uma nova possibilidade de distribuição das várias divisões, permitindo-nos ampliar a profundidade espacial. 

Este tipo de organização de interiores, mais encontrado nas salas, popularizou-se nos anos 70 e oferece uma sensação mais intimista. Os desníveis na decoração permitem uma infinidade de combinações de materiais, estilos e cores que enriquecem o espaço de forma singular, dependendo dos padrões que decidir usar.

Para este livro de ideias, seleccionámos dez propostas de interiores com desníveis que vai, por certo, adorar.

Vamos ver?

Combinar estilos que enfatizam os ambientes

Salas de estar minimalistas por A1 Lofts and Extensions
A1 Lofts and Extensions

Richmond Full House Refurbishment

A1 Lofts and Extensions

O interior deste espaço, projectado pela A1 Lofts and Extensions, conta com dois níveis: hall e sala. Ambos se encontram claramente demarcados pela existência de dois degraus e pelo estilo decorativo escolhido para cada um.

Temos uma área influenciada pelo estilo retro que se manifesta, principalmente, nos móveis e no papel de parede em torno da grande porta que nos permite ver um outro espaço de estilo moderno com tons e texturas ricas que se evidenciam sobre o chão de madeira.

Uma das vantagem de viver numa casa ou num apartamento com desníveis é a de podermos jogar com vários estilos decorativos, dando uma personalidade única a cada espaço.

Espaços amplos e luminosos revestidos a madeira

Salas de estar modernas por エヌ スケッチ
エヌ スケッチ

風景に住む

エヌ スケッチ

Com uma estética minimalista o interior desta casa é luminoso, espaçoso e brilhante. Dividido em três áreas, o espaço central é o que tem maior importância por incluir a cozinha e a sala de jantar. Para além disso, contém elementos distintos que têm peso na decoração do ambiente como é o caso da lareira que não só se destaca de entre os tons claros de madeira, como também fornece calor, contribuindo para um ambiente mais aconchegante. 

A grande janela faz com que o exterior faça também parte da decoração, ainda que mantendo a sua independência.

Desníveis modernos

Em Sai Kung, Hong Kong, encontramos esta casa com um design de excelência. Aço, metal, vidro, cimento, linhas rectas e tecnologia de ponta são algumas das características para descrever os elementos com que a Milimeter Interior Design construiu este espaço sensacional.

Quase submersa e coberta de vidro, encontramos a cozinha com acabamentos em aço inoxidável. Apesar de pequena, a perfeição das suas linhas rectas oferece uma boa distribuição que permite a circulação sem constrangimentos no seu interior. O acesso faz-se através de umas pequenas escadas localizadas num dos extremos da sala de jantar.

A experiência de uma sala de jantar com desnível é, neste caso, levada ao extremo, pois a mesa conta com um sistema de elevação incrível, uma forma espectacular de economizar espaço e manter livres e desobstruídas as zonas da casa, uma vez que ao não utilizar a mesa ela recolhe ao nível do chão tornando-se parte dele de uma forma camaleónica.

Linhas simples, elegantes e contemporâneas

Salas de jantar modernas por BROISSIN

Utilizando linhas rectas com o objectivo de criar uma sensação de leveza, o gabinete Broissin propõe-nos este espaço cheio de luz. 

A entrada faz-se através de uma espectacular e elegante porta de maneira e de uma pequena escada que nos conduz à sala de estar e de jantar, espaços onde voltamos a ver a existência de escadas que, desta vez, nos conduzem ao terraço.

A leveza de que falámos no início não se baseia apenas na geometria do espaço. É também reforçada pela presença de grandes janelas que inundam o ambiente de luz natural, pela escassez de paredes divisórias e pelos acabamentos em tons neutros que transmitem liberdade e uma sensação de fluidez.

Combinação de materiais para enfatizar texturas e contrastes

Esta casa foi desenhada pelas mãos dos criativos arquitectos da GLR e é evidente a intenção de jogar com o espaço em níveis distintos.

A sala encontra-se como que emoldurada pelos restantes ambientes da casa. No primeiro nível podemos ver, ao fundo, uma elegante sala de jantar iluminada por uma janela que permite contacto visual com o ambiente exterior. A escada de madeira com corrimão de vidro permite, fruto da sua transparência, manter a leveza do espaço e anunciar o nível seguinte: as áreas privadas. 

Como se constata, os desníveis permitem que façamos uma experimentação de materiais e acabamentos, criando contrastes de cores e texturas que dão um aspecto distinto aos projectos. Materiais como mármores, vidros e madeira combinam na perfeição neste espaço.

Alturas que reforçam diferentes níveis

A distribuição das assoalhadas nesta casa é feita a vários níveis. Há uma área de estudo onde se pode ver um espaço que funciona como uma pequena sala de estar na qual se podem desenvolver várias actividades e uma área mais privada destinada ao trabalho que requer mais concentração.  

A altura do projecto permite que se crie uma sensação de espaço reforçada através dos tons neutros de branco e da madeira que, por sua vez, tornam o ambiente quente e acolhedor.  

O atelier Sarl Bourillet et Associes teve cuidado na escolha dos materiais. Se reparar, a vista para a natureza através das janelas é perceptível mesmo a partir de um ponto mais distanciado, visto que não há qualquer obstáculo visual pelo meio. As janelas não têm portadas e os corrimões são de vidro.

Ambientes juntos, mas não misturados

Um espaço distribuído em diferentes alturas permite-nos várias opções. Tanto podemos unificar a decoração do ambiente, como dividi-la plenamente. Este propósito cumpre-se através de divisões físicas ou recorrendo a móveis de diferentes cores. 

Neste projecto da Escala Arquitectura podemos ver o jardim ao longe – onde uma escada íngreme se destaca e reforça os diferentes níveis existentes – e uma área de refeições como que panorâmica que se separa da sala situada no nível inferior seguinte graças à presença de um pequena parede de madeira que lhe dá privacidade sem a isolar por completo.

Trata-se de espaço fresco e alegre, com toques de cor vibrante que sobressaem graças à brancura das paredes e tectos, assim como ao tom claro do piso.

Com paredes abertas

Este projecto foi concebido pela Zoya Design Office e nele destacam-se os tectos de dupla altura. No piso térreo da casa está, em primeiro plano, a sala de jantar e uma cozinha aberta, cobertas por um tecto em vigas de madeira que se destaca na imensidão de branco. Do lado direito, podemos ver uma parede aberta num nível diferente que divide de forma elegante o que vemos em primeiro plano daquilo que parece ser uma sala de estar.

No segundo piso, podemos ver outro estilo de acabamentos como paredes de betão que sugerem um ar de força e resistência. A zona que liga aos quartos encontra-se iluminada por longas, originais e estilizadas lâmpadas que reforçam a altura deste mezanino protegido por um corrimão de vidro.   

Mais uma vez, é possível observar a riqueza da combinação de diferentes materiais e as distribuições possíveis numa casa com vários níveis.

Quartos com dois espaços distintos

Quando precisamos de uma área de trabalho no nosso quarto, uma das formas mais eficientes de separar os ambientes é criar um desnível sem ter que recorrer a uma divisão física como aconteceria se usássemos uma parede. Desta forma, podemos ter vista livre para todo o espaço, mas ao ter uma perspectiva diferente em termos de altura, estamos a separar as zonas destinadas ao descanso e ao trabalho.

Como podemos ver neste projecto da Artigas Arquitectos, a paleta cromática neutra faz com que a divisão pareça maior.

Níveis que marcam caminhos

A partir deste ponto, é possível ver a entrada da casa que permite o acesso a esta sala e ao jardim junto à pequena escada que se vê ao fundo. 

O atelier Maz Arquitectos criou este projecto com espaços abertos demarcados por níveis distintos e utilizou materiais de grande resistência como a pedra, presente em vários detalhes dos acabamentos.

As cores dos têxteis oferecem um aspecto distinto e elegante ao espaço.

Qual destes níveis achou mais bonito e bem aproveitado? Comente na caixa de comentários abaixo deste artigo!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!