O que deve saber antes de ter um aquário?

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Então, ouvimos dizer que quer um aquário em casa. É coisa que não dá trabalho nenhum e até era capaz de ser divertido ter uns peixes em casa. Certo? Errado. Bom, pelo menos a primeira parte. Ter um aquário dá trabalho, há especificidades que importam conhecer antes de tomar essa decisão e convém termos paciência e tempo para manter um ecossistema saudável para os pequenos habitantes destas águas.

No artigo de hoje, e porque achamos que a maior parte das pessoas não está devidamente informada sobre o assunto, deixamos-lhe algumas dicas sobre este pequeno, mas intrincado, mundo subaquático. Está preparado? Venha lê-las. 

Glu-glu.

O meu contrato de arrendamento permite que eu tenha um aquário?

Corredores e halls de entrada  por Aquarium Services
Aquarium Services

1500 litre bespoke through wall aquarium in a Surrey home

Aquarium Services

Este artigo não é sobre aquários pequenos e tradicionais. Referimo-nos a aquários de grandes dimensões que, por isso, ocupam mais espaço e requerem uma instalação específica, sobretudo se embutidos num móvel ou numa parede. Por esse motivo, e como ninguém quer ter senhorios chateados, convém consultá-los sobre a possibilidade de ter um aquário em casa e incluir isso no contrato de arrendamento. 

O da imagem toma de empréstimo uma porção generosa da parede da sala e é uma proposta da Aquarium Services.

Tamanho

Salas de estar modernas por Aquarium Architecture
Aquarium Architecture

Footballer's Pad Aquarium

Aquarium Architecture

Se ter um aquário é uma novidade para si, então não se iluda: o tamanho do aquário não é proporcional ao trabalho que ele dá a manter. Há outros aspectos que influenciam a manutenção de um aquário. Um dos factores mais óbvios a considerar é o espaço que tem disponível em sua casa e em que parte o vai instalar. Deve fazê-lo num sítio com pouco movimento para que haja menos riscos de pessoas ou objectos chocarem contra ele. Ainda assim, deve ser uma área de fácil acesso para seu conforto. Embora um aquário possa parecer a peça perfeita para preencher um nicho vazio, tenha em conta o trabalho que vai ter quando precisar de o limpar.

Para um pequeno cardume de peixes, e se o espaço for limitado, um aquário entre 35 litros e 110 litros é o mais indicado. Porém, se pretende ter peixes com tamanhos diferentes, terá que se aventurar e comprar um aquário com a capacidade de aproximadamente 210 litros. Não aconselhamos aquários redondos. Não só não oferecem espaço suficiente, como a água fica com mau cheiro rapidamente o que leva a que os peixes morram prematuramente.

Peixes

Cozinhas modernas por AquariumGroup
AquariumGroup

Close up of Marine Interior

AquariumGroup

Há peixes muito bonitos com as cores mais espantosas que possamos imaginar. Contudo, não se entusiasme a comprar peixes como se entusiasma a comprar sapatos. Eles são seres vivos e cada espécie tem necessidades específicas. Logo, antes de comprar, convém determinar se pretende peixes para um tanque de água fria ou para um tanque de água mais quente. Há mais variedade de peixes para tanques de água quente.

Compre os seus peixes em lojas especializadas onde os aquários estejam limpos. Antes de o fazer, assegure-se de que estão a nadar sem problemas. Os peixes que estiverem parados, escondidos ou a respirar à superfície têm, normalmente, algum problema, exceptuando os casos em que se trata de uma característica própria da espécie. Os olhos do peixe não devem ter manchas, estar opacos ou inchados. Traga-os num saco que contenha algum ar e não coloque muitos peixes dentro do mesmo saco. Não despeje os peixes directamente no aquário. Primeiro, mergulhe o saco até que as temperaturas se aproximem e os peixes saiam ao seu próprio ritmo.

Plantas

Salas de estar modernas por Aquarium Architecture
Aquarium Architecture

Freshwater Modern Aquarium

Aquarium Architecture

Muitos aquários já vêm equipados com kits que integram plantas. Ainda que também se usem plantas artificiais, a existência de plantas naturais dentro da água é essencial para estes seres vivos porque absorvem nitratos e realizam uma troca benéfica de carbono, vital para a saúde do ecossistema por filtrar resíduos e produzir oxigénio. As plantas naturais são, normalmente, cultivadas em cativeiros e comercializadas nas lojas de animais. As anúbias e as elódeas são duas das mais comuns. A anúbia, por exemplo, é resistente e fácil de cultivar num aquário doméstico. Porém, requer alguns cuidados especiais e o plantio ideal para crescer adequadamente. Depois de crescida, fica frondosa o que enche o tanque, dando uma sensação de ambiente natural.

Quando comprar as plantas, não se esqueça que a iluminação é importante. Luz em excesso fará com que se formem algas, mas a escassez de luz é prejudicial ao seu bom desenvolvimento. A iluminação também depende da espécie por isso informe-se aquando da compra. Para além das plantas, pode acrescentar ao tanque um fundo – tipo wallpaper -, rochas ou figuras. 

Custo

Cozinhas modernas por AquariumGroup
AquariumGroup

Through Wall Kitchen Splashback Aquarium

AquariumGroup

A aquisição e a manutenção de um aquário comporta custos mais altos do que a maioria das pessoas pensam. Se não tiver disponibilidade financeira para manter um aquário, então não o faça porque os peixes acabarão por sofrer e morrer. Manter um aquário pode, no entanto, ser uma tarefa divertida para si e para os seus filhos por isso encare como um passatempo – dos sérios - e peça ajuda à sua família. Como é natural, os preços variam consoante as suas escolhas, mas terá, necessariamente que considerar esta lista: aquário, suporte para o aquário, peixes, luz, cascalho, comida, plantas (reais e artificiais), filtros, cartuchos para filtros, carbono, redutor de cloro, kit de teste do pH e amoníaco, termómetro, pedras, rede e lâmpadas para substituir as que fundirem. A lista é extensa, mas não se assuste. Uma boa parte destes elementos tem preços acessíveis.

Cuidados

Salas de estar modernas por Aquarium Architecture
Aquarium Architecture

Floating Aquarium London

Aquarium Architecture

Há vários pontos a considerar no que à manutenção de um aquário diz respeito. Em primeiro lugar, o aquário deve ser bem instalado à partida. Depois, é importante escolher espécies de peixes compatíveis com a dinâmica do aquário e certificarmo-nos se o tamanho do mesmo é apropriado para as espécies escolhidas. Ter um tanque requer paciência. Não se precipite nas mudanças. Faça-as devagar e com método. Não sobrecarregue o seu tanque de peixes, nem os alimente em demasia. São seres muito delicados! Teste a água com assiduidade para se assegurar de que a qualidade se mantém nos níveis adequados, mas não a limpe mais vezes do que é recomendável porque pode matar boas bactérias. Sim, também as há. Por fim, não se esqueça de mudar metade da água com alguma regularidade. 

Tem peixes em casa ou pensa ter? Alguma destas informações lhe foi profícua? Comente este artigo aqui por baixo!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!