Reabilitação fantástica: casa na Baixa

Rafael Valente Batista Rafael Valente Batista
Loading admin actions …

Morar no centro da cidade, ou encontrar os amigos par jantar na baixa da cidade é algo indescritível. Hoje iremos mostrar a reabilitação de um edifício do séc. XIX. Este é um trabalho do ateliê ROCHA LEITE ARQUITECTOS ASSOCIADOS.

Este era um edifício que se apresentava num elevado estado de degradação, mas após uma grande limpeza o valor construtivo e arquitectónico da casa típica portuense veio à tona.

Sendo a cidade do Porto uma cidade tradicional portuguesa, era desejo do cliente que este edifício fosse reabilitado em função da modernização dos estilos de vida e de forma a revitalizar o centro da cidade mas respeitasse o valor patrimonial do edifício, mantendo o traçado já existente.

Se este um edifício típico da casa tradicional portuense, é claro que o lote onde esta está inserido é estreito e comprido. Isto deve-se ao facto da expansão populacional do século XIX, onde surgiu a preocupação de albergar uma população crescente na cidade, para tal a construção em altura foi a solução escolhia. Assim surge este género de edifício, com 4 pisos, sendo o piso térreo destinado ao comercio, o primeiro piso a habitações mais nobres e o ultimo piso a habitações mais modestas.

A fachada

Quando foi necessário reabilitar este edifício, este reflexo de uma sociedade existente foi conservada, mantendo uma funcionalidade semelhante, onde uma pizzaria foi instalada no piso térreo, o primeiro piso foi destinado a zonas de trabalho, escritórios, no segundo piso um estúdio para uso pessoal do proprietário e um apartamento composto por um quarto e casa de banho, desenvolvendo-se o resto da habitação no terceiro piso com sala e cozinha, com o intuito de receber turistas.

O estudio

Este é um espaço que se desenvolve no primeiro piso do edifício. Aqui a intervenção arquitectónica passou pela colocação de instalação sanitária adjunta à sala.

Neste piso o acesso vertical encontra-se ao centro, possibilitando dois espaços de trabalho distintos e independentes. O traçado presente na divisão era o existente tendo sido apenas necessário a adequada revitalização.

O estúdio

Para a acomodação do proprietário do prédio foi projectado um pequeno estúdio capaz de possibilitar todos os espaços necessários à vida de uma, como o quarto, casa de banho e cozinha. Este foi implantado no segundo piso do edifício.

Através de um armário que contem a casa de banho no interior, de um lado a cozinha e do outro o espaço reservado para o quarto. Este foi ainda projectado para se capaz de arrumos na cobertura e um armário para armazenamento de vestuário na lateral.

Acomodação superior

A imagem que lhe mostramos agora diz respeito ao ultimo piso, que foi planeado para acomodação de turistas. Esta imagem faz parte da sala de estar. Composta por mobiliário simples e pratico é possível de se transformar facilmente num quarto de apoio.

O outro lado

Mudando um pouco a preceptiva vemos a cozinha, voltada para o terraço. Esta foi pensada à semelhança do estúdio. Através de armários contentores. a cozinha revela-se insere-se no interior deste armário, sendo possível guardar tos os equipamentos dentro deste, transformando-se assim muito facilmente a cozinha numa sala de jantar.

O terraço

Como qualquer casa típica do Porto, este edifício possui um pequeno pátio nas traseiras do lote nada melhor que aproveitar esse espaço para construir uma pequena esplanada que serve a pizzaria.

Achamos que esta foi sem dúvida uma reabilitação do espaço urbano muito bem conseguida, mantendo a lembrança de uma sociedade passada com o funcionalismo que a sociedade actual necessita.

Veja aqui outras intervenções muito bem sucedidas.

Gostou deste projecto? Deixe-nos a sua opinião!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!