Pastelaria contemporânea de autor

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Paulo Merlini Architects é o arquitecto responsável pelo espaço comercial que irei orgulhosamente mostrar-lhe. O seu gabinete tem sede em Gondomar, tal como o espaço de intervenção da sua autoria. Bakery é o nome que foi dado à pastelaria/confeitaria Gondodoce. Construída em Fevereiro de 2013 com o  objectivo forte de criar um espaço especial e diferente dos já existes na cidade e no país. Somos sem dúvida um país que é composto por um grande número de espaços dedicados à compra de pão e pastelaria e onde refeições/lanches rápidos são transformados por vezes em locais de encontros e até de reuniões rápidas de trabalho. Existem já espaços que se distinguem das habituais pastelarias cheias de luz branca, de cores e materiais gritantes, mas ainda assim, não conhecíamos nenhuma como a desenhada por Paulo Merlini. O seu forte conhecimento e bom gosto levaram o espaço a ser nomeado a nível internacional ao ponto de suscitar  interesse de arquitectos estrangeiros a conhecer o espaço devido à sua originalidade.

É sobre este projecto de arquitectura nacional com características que o fazem sobrevalorizar, a norte do país, que o artigo de hoje se debruçará. Tenho a certeza que vai gostar do que vai ver e vai ter pena de não morar na cidade..venha daí!

Fotografia: João Morgado Architecture Photography 

A análise de espaços existentes

Antes de pôr as mãos à obra, Paulo avaliou os espaços existentes e concluiu que existiam algumas falhas e pontos menos positivos que teriam de ser pensados e repensados, até a solução final ser perfeita. Um dos erros encontrados prendia-se com o facto da maioria destes espaços serem por norma desenhados com apenas uma área, impedindo ou dificultando, o seu uso de forma mais privada e resguardada. Existia portanto a necessidade de criar zonas e espaços, consoante o estado de espírito ou necessidade do momento, valorizando a privacidade ou o lado social de cada um. Um desenho criativo que sobrevaloriza-se as variações de humor durante o dia aumentando o potencial comercial do espaço era urgente.

Três áreas distintas

Com o intuito de colmatar esta falha, criaram-se três ambientes com graus de exposição distintos para que o cliente pudesse escolher o espaço que melhor se relacionasse com o seu estado de espírito, em vez de ser obrigado a adaptar-se a um único ambiente tornando-se impositivo e quase obrigatório. Desta forma, Paulo Merlini ampliou em três vezes o potencial comercial do espaço, com três zonas distintas.

O espaço de grandes áreas foi então divido mas não totalmente fechado entre si. É possível visualizar o interior de cada um deles e concluir em qual se sentirá melhor no preciso momento. O chão de madeira clara, paredes, tecto e móveis brancos são as características do espaço que criam um atmosfera serena e ao mesmo tempo bastante cosmopolita.

A estratégia de chamar clientes

Outra grande vontade era conseguir conquistar os visitantes a entrarem com a simples aproximação à fachada. Percebeu-se assim, que o plano visual mais relevante visto do exterior era sem dúvida o tecto e este merecia um estudo aprofundado conseguindo criar um desejo de conhecimento e empatia muito forte com o interior. Ao longo dos estudos, concluiu-se que  a luz directa tendia a aquecer o espaço e a criar cantos escuros transformando o espaço num lugar pouco convidativo. A questão acústica era outro dos grandes factores que transformava espaços destes em autenticas divisões de ruído excessivo e de desconforto aparente.

Para resolver estes problemas encontrou-se um sistema que conseguiu resolver os dois em paralelo. A repetição de listas de madeira no tecto dispostas de forma espaçada entre si e criando ondas foi a solução mais acertada. Sabendo também que o homem e a maior parte dos animais se sentem naturalmente atraídos pela luz, a Gondodoce deveria distinguir-se do restante cenário da cidade e para isso foi utilizada a luz como fonte principal de atracção.

O tecto sinuoso

O ondulado dos tectos e paredes parece-se com topping com creme de pastelaria sobre bolos, visto pelo lado mais criativo e menos formal. Posteriormente, também o logótipo foi projectado parcialmente com base nas listas de madeira. Estas ao descerem e formarem paredes criam um efeito que dialoga directamente com o consumidor.  Ao mover-se pelo espaço terá a percepção de certas formas começarem a aparecer nas paredes, com a intenção de reforçar ainda que inconscientemente  a imagem da empresa. 

Este é um dos 2 espaços que é composto por mesas rectangulares e cadeiras de cor branca que não contrastam no espaço, apenas o compõem de forma harmoniosa e tranquila.

A cápsula social

Esta é talvez a sala em que o estilo mais metropolita associado a uma sociedade inquieta está mais presente. É das 3 zonas projectadas, a única com cor e com paredes e tecto em madeira ao invés das ripas onduladas. Os sofás de grandes dimensões colocados frente a frente favorecem as ligações e a socialização. O tecto de cantos arredondados parece-se com uma cápsula e aqui a presença quer-se mais duradoura e mais confortável. 

A iluminação excessiva característica destes espaços não se apresenta neste projecto e mais ainda neste espaço, tudo parece nas doses certas sendo os responsáveis por ambientes de qualidade. As cores do mobiliário destacam-se e são o único foco de cor de todo o espaço. Repare como as mesas de apoio têm luz interior e a mesma se faz ver junto ao chão.

A perfeição da luz

É entre os espaçamentos de ripas de madeiras que se avista o tom das paredes. É ainda aqui que espreitam lâmpadas que são aplicadas com maior ou menor intensidade consoante necessidade e projectação estética. Como nesta imagem facilmente conseguirá reparar, a luz não aparece aplicada de igual forma. Assim as zonas mais iluminadas prevalecem sobre as em sombra.

O pilar/viga mestra não podendo ser abolido e retirado do desenho por fazer parte da estrutura do espaço, foi simplesmente revestido num material branco de acabamento liso e brilhante.

Entre e sente-se!

O espaço é já um local de passagem obrigatória na cidade de Gondomar pela arquitectura original e simpatia do serviço. O público é na realidade bastante heterogéneo e apenas se verifica alguma discrepância de idades e estilos nos diferentes espaços. O das mesas e cadeiras é o de mais usado e o que se torna mais funcional para um café e um bolo depois de almoço ao a meio da manhã. A sala com sofás destina-se a conversas mais demoradas e a refeições mais longas com direito a desfrutar de todos os sentidos.

A origem do tom das paredes

Durante as vastas e prolongadas pesquisas, a equipa tomou conhecimento de estudos que comprovam que a presença de cores de de formas que se assemelhem a comida, aumentam a sensação de fome no utilizador. Depois das recolha dos 20 produtos mais procurados em pastelarias, chegaram à cor de tom intermédio que se vê agora aplicada nas paredes.

As duas portas ao fundo distinguem-se pelas iniciais H e S e são respectivamente a casa de banho masculina e feminina.

Gostou do projecto nacional? Deixe-nos a sua opinião!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!