6 dicas de decoração para quarto | homify

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

6 dicas de decoração para quarto

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Casa em Braga Quartos modernos por CASA MARQUES INTERIORES Moderno
Loading admin actions …

O nosso quarto, o nosso refúgio. O espaço privado da casa, o espaço onde podemos assumir o nosso eu-privado em detrimento do nosso eu-social que habita as outras divisões. É lá que dormimos e recarregamos energias, é lá que procuramos, não raras as vezes, o sossego para ler um bom livro, para ouvir a nossa música, para pensar, para, tão-somente, estar ou até para trabalhar. É, por isso, um espaço importante dentro da casa e que merece toda o nosso cuidado no que diz respeito à decoração. Repare que uma área bonita, organizada e limpa influi o nosso descanso positivamente e, assim, o nosso bem-estar ao longo do dia. O contrário não acontece. A pensar nisso, reunimos algumas sugestões para que encontre no seu quarto tudo o que procura ao final do dia. Ligue-se às nossas dicas e tenha no seu quarto a atmosfera perfeita para se desligar do mundo. Ora, veja. 

Pense nas suas necessidades

Vai decorar o seu quarto ou remodelá-lo? Então, antes de pôr mãos à obra, deve colocar algumas questões. É um quarto para casal ou para solteiro? Passa muito tempo dentro do quarto ou só o usa para dormir? Vai incluir espaço de trabalho? Prefere acordar num quarto escuro ou com luz natural a entrar pela janela? Tem alguma necessidade de saúde que exija um tipo de colchão específico? Vive numa região fria ou quente, silenciosa ou barulhenta? No caso de estar a remodelar, o que deve manter ou de que móveis se deve desfazer? De que espaços de arrumação precisa? Qual o seu orçamento?

Como vê, há uma panóplia de questões que se colocam antes de se abraçar um projecto tão importante como decorar o quarto. O que lhe sugerimos é que pense, pausadamente, em tudo o que faz dentro deste espaço e tome notas. Depois, sozinho ou com a ajuda de um decorador, pode começar a pôr em prática o seu plano, respondendo a cada uma das suas necessidades. Não se precipite. Por muitas ideias que tenha a fervilhar ou por muitas inspirações que lhe cheguem a partir das suas revistas ou sites preferidos, lembre-se que os espaços devem ser feitos à sua medida e, acima de tudo, ser funcionais e confortáveis. 

Qual é o estilo que combina mais consigo?

A sua casa deve reflectir a sua personalidade e os seus interesses. Mais do que procurar tendências, importa definir um estilo com o qual se identifique. As opções são diversas e vão do rústico ao clássico, passando pelo moderno ou ecléctico. Definido o estilo será muito mais fácil fazer tudo o resto porque já tem uma linha orientadora sobre a qual sustentar o seu projecto. 

Sendo a resposta a esta pergunta subjectiva, sugerimos-lhe que opte por uma linguagem estética que se harmonize com a que escolheu para decorar o resto da casa. Parece-nos, porém, que um quarto deve oferecer uma atmosfera propícia ao descanso e, como tal, há estilos mais óbvios, como o moderno que prioriza a simplicidade, a qualidade, o conforto e a funcionalidade e que dispensa o excesso de objectos, de cores ou de móveis. Contudo, estamos certos de que em todos os estilos pode encontrar um ponto de equilíbrio. Seja criativo, retire algumas imagens de revistas ou da Internet e crie um mood board ou pasta no computador com fotografias de quartos de que gostou e que o ajudem a decorar o seu. 

Os móveis mais adequados

Sítio da Lezíria Quartos modernos por Atelier Data Lda Moderno
Atelier Data Lda

Sítio da Lezíria

Atelier Data Lda

Remodelação de apartamento Quartos modernos por Architect Your Home Moderno
Architect Your Home

Remodelação de apartamento

Architect Your Home

Não se pode falar em quarto sem falar em cama. É o principal móvel do espaço e aquele em cuja qualidade deve investir, sem esquecer o colchão que, não sendo um móvel, deve ser comprado a par com a cama para que ambos se complementem na perfeição. A sua cama deve ser feita de um bom material e oferecer resistência e durabilidade. Para além disso, não se esqueça de tirar as medidas ao espaço e de considerar a sua própria altura. No processo de compra, visite várias lojas, compare preços, deite-se em cima das camas (sem vergonha!) e não se esqueça que, para além dela, ainda precisa de espaço para outros móveis. 

Passemos agora ao guarda-roupa e à cómoda. Considere embutir o guarda-roupa para desimpedir área de circulação, sobretudo se o seu quarto for pequeno. Se não o puder fazer, escolha um armário independente com uma configuração que lhe seja útil. A cómoda é opcional, mas cremo-la uma boa adição, pois inclui gavetas que lhe permitem arrumar outros tipos de roupa.  

A mesa-de-cabeceira é, também, um móvel de grande utilidade. É sobre ela que pousa a sua vida antes de dormir. O telemóvel, os óculos, o livro que anda a ler, uma garrafa de água, o despertador, a caixa das lentes de contacto. Estes são alguns entre os muitos objectos que se costumam colocar sobre a mesa de cabeceira. Escolha uma com uma altura proporcional à da cama para que o conjunto fique agradável. Se tiver uma prateleira ou gaveta, tanto melhor. 

É um privilegiado e ainda lhe sobra espaço? Enriqueça a decoração do seu quarto com uma bonita poltrona que pode até exibir uma cor ou padrão contrastante.

A iluminação

A luz do quarto depende do tamanho do mesmo. Bom, na verdade, poder-se-ia dizer o mesmo sobre qualquer outra divisão. A ideia é que todos os recantos do quarto estejam bem iluminados para que o espaço seja totalmente funcional e a decoração sobressaia. Sugerimos-lhe que instale as luzes por camadas, começando com uma luz mais forte para iluminar todo o ambiente (será esta a luz a determinar a atmosfera geral do quarto), e vá afunilando até chegar à iluminação mais orientada para uma tarefa (luz para ler, luz para o interior dos armários, luz sobre a cómoda, etc.). Opte por lâmpadas que criem uma luminosidade amarelada/alaranjada e não pelas brancas e frias. 

Para além da funcionalidade que lhe está inerente, a iluminação tem também uma forte componente decorativa pelo que pode sempre escolher um candeeiro de design ou outro mais escultural para criar um ponto de interesse no quarto.

As cores mais relevantes

032 | Apartamento, Setúbal Quartos ecléticos por T2 Arquitectura & Interiores Eclético
T2 Arquitectura & Interiores

032 | Apartamento, Setúbal

T2 Arquitectura & Interiores

O estilo do quarto acabará por determinar a paleta cromática. Normalmente, os tons mais claros convidam mais ao repouso por terem o poder de criar uma aura tranquila. Cores pastel serão uma boa opção, como o azul claro que remete para uma sensação de paz ou o verde claro que transmite frescura. Mas, por exemplo, se usa o quarto como espaço para trabalhar, poderá preferir um tom mais alegre, como o amarelo que não deve, contudo, ser usado em excesso, mas sim em apontamentos, como prateleiras. Se aprecia atmosferas sensuais, arrisque em cores mais profundas como o preto ou o azul petróleo. Ficam particularmente bem quando combinadas com dourados e prateados. Se não se quer comprometer com nenhuma cor mais improvável, recorra ao branco e introduza apontamentos coloridos através da decoração. 

Materiais úteis

Quarto principal Quartos rústicos por LAVRADIO DESIGN Rústico
LAVRADIO DESIGN

Quarto principal

LAVRADIO DESIGN

São os materiais que trazem conforto e textura. No quarto, não devem faltar têxteis que respondam às suas necessidades. Se vive num clima quente, deverá privilegiar linho, lençóis em algodão e cortinados de voile. Para revestir o chão, se o quiser fazer, escolha tapetes em sisal. São finos, acessíveis, fáceis de limpar e perfeitos para climas quentes. 

Pelo contrário, numa região fria, não poderão faltar materiais mais aconchegantes como mantas de malha grossa, cortinas mais densas, em veludo, jacquard ou chenille, para manter a temperatura amena dentro do espaço (pode colocar uma cortina semi-transparente por detrás da mais grossa) e, neste caso, tapetes em pêlo comprido. 

Para a parede, para além das tintas, pode usar um papel de parede atractivo que empreste ao espaço mais personalidade. 

No que aos móveis diz respeito, vê-se cada vez mais camas estofadas, com acabamento liso ou em capitonê. São confortáveis e luxuosas. Contudo, a madeira continua a estar entre as escolhas favoritas pela sua durabilidade e versatilidade. Se o orçamento for limitado, pode sempre reciclar materiais (fazer um estrado de cama com paletes de madeira, estofar um cadeirão antigo com um tecido novo, etc.). 

Profissionais de decoração de quartos

A ajuda de um profissional será sempre uma mais-valia. Um decorador saberá captar os seus desejos, optimizar o uso do espaço e comprar o melhor de acordo com o seu orçamento. Um carpinteiro será essencial para construir aquele móvel à medida que sempre idealizou. Um pintor certificar-se-á de que as suas paredes estão eximiamente pintadas. 

Não faça tudo sozinho e recorra à ajuda valiosa destes e de profissionais! Consulte a nossa lista e encontre um na sua região.

Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!