Salas de estar modernas por Pablo Muñoz Payá Arquitectos

Uma casa simples para fins de semana e férias

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Loading admin actions …

As férias ainda podem vir longe, mas o fim de semana está aí à porta a cada cinco dias de trabalho. Normalmente passamos esses dois dias imersos em atividades mil e chegamos à nova semana quase tão cansados como no fim da anterior. Mas… E se pudéssemos fugir? E se tivéssemos um refúgio naquele lugar especial, onde nos pudéssemos alhear do mundo, nem que fosse apenas por dois dias? Não era preciso muito, pois não? Não precisávamos de luxos nem de esplendor, bastava o nosso cantinho. 

A casa que lhe queremos apresentar hoje, da autoria do gabinete Pablo Muñoz Payá Arquitectos, é um desses refúgios. Uma casa simples e modesta, cuja construção teve um orçamento tão baixo que foi apelidada de low cost, mas que ficou lindíssima. Perfeita para a fuga das vicissitudes do dia-a-dia e para a paz do descanso. Venha conhecê-la!

Fachada principal

A estruturação do projeto desta casa é realmente muito simples. Com a forma de um paralelepípedo as suas áreas estão distribuídas por um único piso térreo. Afinal, ninguém quer subir grandes escadarias em férias, com os pés molhados da piscina ou as sapatilhas cheias de areia. 

O desenho da fachada é marcado, sobretudo, pelas enormes áreas envidraçadas, que lhe dão uma modernidade bem vincada, e que ao mesmo tempo permitem a entrada de grandes quantidades de luz natural. 

No que respeita aos materiais percebemos de imediato a dualidade entre o betão, pintado de branco minimalista, e os pormenores em madeira das vigas de sustentação do alpendre e dos originais estores, que veremos a seguir.

Os estores e a área de lazer

Ainda na fachada principal, mas agora com os estores de ripas fechados. Este sistema horizontal de estores de ripas verticais, a fechar pelo exterior, não pretende encerrar os espaços e vedar totalmente a entrada da luz, mas apenas criar uma agradável sombra no interior, protegendo mobiliário e habitantes do intenso sol do sul de Espanha, e dar um pouco mais de privacidade. O facto de serem em madeira ajuda na integração da casa tão moderna com a envolvente de areias brancas e dunas, quase desértica. 

Os complementos do alpendre, que o transformam numa área de lazer aprazível, perfeita para relaxar do quotidiano agreste das grandes cidades é simples, leve e minimalista, na quantidade certa para serem confortáveis sem exuberância, no espírito da própria construção. E não podemos esquecer os poucos, mas importantes, vasos com plantas suculentas, bem inseridas no ambiente e fáceis de cuidar, numa casa em que a ocupação é esporádica, mas que adicionam alguma cor e alegria à fachada.

Uma perspetiva um pouco mais afastada

Numa perspetiva mais afastada da casa vemos outra joia deste projeto: – a piscina! Haverá uma casa de férias digna desse nome sem uma piscina? Nós achamos que é difícil e os proprietários também acharam, e por isso incluíram uma no projeto. Não é muito grande, não é elaborada… Na verdade é pequena, muito simples e minimalista, como a própria casa. Mas o que interessa isso numa escaldante tarde de verão, quando podemos mergulhar no azul e obter alguma frescura?

No interior…

No interior o estilo minimalista continua, claro! As várias funcionalidades básicas de qualquer casa foram aqui unidas num só espaço integrado, o chamado open space, que inclui a sala de estar, a sala de jantar, a cozinha e a entrada. Na decoração o branco é soberano, e é complementado com um chão de tijoleira muito simples em cinzento claro. Esta escolha cromática e de materiais, torna o espaço muito amplo, fresco e arejado, perfeito para um clima quente. O mobiliário foi reduzido ao essencial, sem no entanto perder o conforto e o estilo. 

Toda esta divisão tem uma relação direta e privilegiada com os exteriores através de várias portas integralmente de vidro.

Alguns detalhes

Nesta foto podemos apreciar o espírito prático e funcional que orienta toda a disposição deste openspace. A cozinha de linhas direitas, modernas, conjuga o toque quente da madeira com a limpeza do branco para criar um espaço mais acolhedor, e esta duplicidade verifica-se também na área da sala. 

Uma lareira de linhas depuradas e simples, que quase se confunde com uma televisão, proporciona o calor e o aconchego quando lá fora faz frio demais para churrascos e piscina. Mas se faz calor e as brasas crepitam é fácil colocar lá fora tudo o que faz falta a uma refeição, é só usar a porta logo ali!

Só para as férias ou fins de semana?

A esta altura já se estará a aperceber que esta é uma casa de férias onde gostaria de viver o ano todo, e esta vista frontal da cozinha ajuda muito a essa sensação. 

A utilização da casa pode não ser contínua, mas aqui não falta nada para uma vida confortável. A cozinha está totalmente equipada para preparar as mais elaboradas refeições, e não apenas saladas!

Um quarto

Nos quartos o estilo simples e minimalista continua, mas o seu caráter frio é adoçado por belíssimos têxteis e por uma obra de arte colorida, em tons quentes, na parede. A monotonia cromática é interrompida pelo mobiliário a preto e branco que impõe um contraste marcante. E o sempre presente exterior logo ali, com acesso direto…  

A visita a esta casa de férias e fins de semana acabou, mas se quiser ver outra e sonhar com a sua casa fora de casa leia também o artigo: ’Casa de férias de sonho por apenas 70,000.00 euros

Contentava-se com uma casinha de férias como esta, ou sonha em grande?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!