Socorro! O que fazer se a casa de banho inundar?

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

casa de banho inundou. O pânico! O drama! O horror! A verdade é que quando nos deparamos com uma inundação em casa, começamos logo a imaginar os mais terríveis cenários apocalípticos e é um “ai Jesus” só de pensar no estado em que a casa vai ficar depois de termos secado tudo. Não é para menos. É, realmente, uma situação muito chata e inconveniente que nos deixa, não raras as vezes, absortos, sem saber bem por onde começar. Mas, o importante é respirar fundo, ter calma e começar a fazer uma coisa de cada vez, de forma metódica, organizada e, se possível, com ajuda de um amigo, de um familiar ou de um profissional para partilharmos este pequeno “tormento” e agirmos com maior eficácia e rapidez. No artigo de hoje, deixamos-lhe algumas dicas sobre como lidar com uma inundação na casa de banho. No entanto, pode perfeitamente aplicar este processo a outras áreas da casa porque salvo um ou outro pormenor, acaba por ir dar tudo ao mesmo. Leia com atenção porque o melhor remédio é mesmo estar preparado para o que der e vier.

Acção imediata

Casa de banho  por Ramon Soler
Ramon Soler

Dual shower RLC2

Ramon Soler

A primeira coisa a fazer é fugir para não molhar os pés. Pronto, estamos a brincar. É uma situação séria e muito inconveniente. Se lhe acontecer, procure de imediato a fonte da inundação e desligue o fornecimento de água para toda a casa e, por questões de segurança, o quadro da luz também, sobretudo na zona afectada que, neste particular, se trata da casa de banho. De seguida, ligue para um canalizador – mesmo que o orgulho masculino do marido (ou da mulher porque aqui não somos sexistas) lhe diga que não é preciso – e, enquanto, ele não chega, comece logo a limpar a água com esfregonas e um exército de panos e toalhas para os danos não se intensificarem e, pior, alastrarem. Não se esqueça de tirar uma fotografia para depois mostrar à seguradora. Ponha toalhas junto ao beiral da porta para a água não escorrer para outras partes da casa e, se tiver janela na casa de banho, abra-a para o ar ajudar a secar a água. Se tiver tapetes, retire-os, escorra o excesso de água e ponha-os a secar. Retire também os móveis de apoio. Antes de os pousar noutra área, coloque cartão ou papel de alumínio por baixo dos pés para não molharem o chão ou deixarem marcas. Se estiver sozinho, ligue a alguém para o ajudar.

É, ainda, muito importante que não use qualquer aparelho eléctrico na divisão em causa até o problema estar completamente resolvido. Abra todas as portas de móveis para permitir maior movimento de ar. Caso lhe cheire a gás ou a algo queimado, saia de casa e ligue aos bombeiros.

Limpar água parada

Casa de banho  por Ramon Soler
Ramon Soler

Kuatro Cascada

Ramon Soler

Como já referimos, há que ir buscar todos os panos e as toalhas da casa e pôr mãos à obra. Quanto mais tempo a água ficar parada, mais danos poderá causar. Não use o aspirador. Bem sabemos que isto é óbvio, mas fica a nota mais os mais distraídos. Se tiver ventoinhas em casa, pode ligá-las perto da divisão – por exemplo à porta – para ajudar a secar. É essencial que o faça o mais rapidamente possível. São necessárias apenas 24 a 48 horas para a formação de mofo. Em casos mais graves, pode ser necessário equipamento especial para o efeito e, nesse caso, terá que recorrer a ajuda profissional com rapidez. Pode recorrer a desumidificadores para o ajudar no processo.

Reparar o problema

  por Géraldine Laferté
Géraldine Laferté

La chambre / salon avant

Géraldine Laferté

Uma inundação pode ser apenas resultado de uma torneira mal fechada no lavatório ou na banheira. Nesse caso, não há nenhuma ciência e basta fechar tudo e começar a limpar. No entanto, essa inundação fruto de uma distracção pode provocar danos mais graves que só podem ser resolvidos por um entendido na matéria. Assim, não facilite, nem tente solucionar tudo sem pedir assistência a quem mais sabe. Um problema mal resolvido pode voltar a dar-lhe dores de cabeça e acabar por ser mais grave se voltar a acontecer. É como uma gripe mal curada. O processo de restauro ou recuperação é importante. O recurso a procedimentos e materiais correctos pode ajudar a salvar os seus mais valiosos pertences e até acautelar que a sua casa fique “condenada”. Há companhias peritas na matéria que dispõem de técnicas para mitigar os efeitos nefastos que a água deixou, ainda que o sucesso dependa da profundidade dos estragos. Essas mesmas companhias contratam, por vezes, experts para avaliar a propriedade e determinar o plano a executar. Estas companhias usam alta tecnologia e procedimentos bem documentados.

Procurar outros danos possíveis

  por IS AND REN STUDIOS LTD
IS AND REN STUDIOS LTD

THE GARAGE – BEFORE

IS AND REN STUDIOS LTD

Uma inundação provoca sempre danos aparentes, mas deve ser cauteloso e minucioso e verificar toda a divisão – e até mesmo casa – porque pode vir a detectar mais estragos que deve compor sob pena de piorarem. O ideal será mesmo pedir a um profissional que, com o seu olho clínico, detectará eventuais problemas de forma mais eficaz e porá logo em acção o melhor plano para os reparar antes que agravem ou se alastrem.

Secar áreas danificadas

As áreas danificadas devem ser secas de imediato para os danos não se intensificarem. Afinal de contas, a situação pode passar de reparável a irreparável numa questão de minutos ou a infiltração da água começar a alastrar-se para os vizinhos de baixo, se os tiver. A permanência da água pode fazer com que os objectos ou revestimentos se desintegrem, com que a madeira inche ou apodreça ou que os electrodomésticos entrem em curto-circuito ou incendeiem.

Ligue para a seguradora

Se tem seguro, óptimo. Se não tem, faça um. Pode não achar útil gastar agora  dinheiro com isso, mas quando tiver alguém a quem ligar para tratar de tudo e cobrir os custos, vai agradecer ter sido cauteloso. Averigúe aquilo que o seu seguro cobre para não ter surpresas desagradáveis.

Em termos práticos, é importante fazer um inventário com todos os estragos em sua casa. Tire fotografias e notas para apresentar ao seguro e depois deduzir nos impostos. Ligue ao seu agente de seguros, canalizador e electricista para resolver a crise e a sua família ficar tranquila enquanto os estragos são reparados por quem entende. 

No fim, tudo se resolve.

Agora que já tem este "guia", está preparado para lidar com uma inundação. Ainda assim, "fingers crossed" para que não aconteça!  
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!