Jardins modernos por BAIRES GREEN

6 formas fáceis de dar forma ao jardim

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Ter um bonito jardim com plantas variadas é um dos prazeres da vida. Cuidá-lo e vê-lo a florescer requer cuidados que, no entanto, são bem retribuídos pela beleza da natureza.

Não é necessário ter muito espaço para ter um jardim: basta um pouco de terra e uma distribuição bem planeada, mas dispensam-se cuidados demorados ou dispendiosos. Mas, dar forma a um jardim é outra questão. 

Mas, não desalente: a homify mostrar-lhe-á seis maneiras fáceis de dar forma ao seu jardim para que fique ainda mais bonito. Com simples passos, podemos ordenar e harmonizar as nossas plantas para criar um espaço tranquilo e cheio de verde. 

Veja as nossas sugestões.

1. Utilizar a água fica sempre bem

Quando vemos uma casa com um jardim bem cuidado, pensamos de imediato que ali vive alguém que gosta de desfrutar do que de melhor tem a vida. Também podemos pensar que é alguém organizado, limpo e que entende a importância de viver em harmonia com a natureza.

A água é uma excelente ideia para dar forma ao nosso jardim e delimitar o seu espaço. 

Para isto, temos várias opções. Uma delas é construir um tanque ou lago. Para o construir é muito importante escolher a sua localização. Não se trata de uma escolha ao acaso: o tanque deve beneficiar de 4 ou 6 horas de sol directo ao dia. Com menos quantidade de sol, as flores aquáticas não florescem e com excesso corremos o risco de que se formem algas. Também temos que evitar que existam árvores ao redor para que as suas sombras não interfiram.  

Aos tanques pode-se acrescentar um caminho que fica sempre bem e ajuda a delimitar a área. Também podem ter peixes ou ser decorados com pedras. Use a sua imaginação. 

2. Acrescentar cercos naturais

Jardins modernos por BAIRES GREEN

Uma boa ideia para dar forma ao nosso jardim é construir um cerco natural. O cerco, claro, dependerá do espaço com que conta. Pode ser pequeno, verde ou com arbustos combinados. Também pode ser mediano, com jasmim amarelo, lambertianas, thujas, ligustrinas, etc. Pode ainda ser de grande porte para cortar o vento. É o caso dos eucaliptos, pinheiros ou alámos. Para além disso, os cercos dependerão da existência de uma rede. Havendo uma rede, pode recorrer a trepadeiras e cipós.

3. Plantar arbustos

Recordamos que as plantas necessitam de certos cuidados – retirar folhas secas, regar, colocar em locais adequados, entre outros. Tudo isto requer muito trabalho, mas é também um momento de relaxamento. 

No que toca a dar forma ao jardim, outra boa opção – ainda que algo trabalhosa – é armar uma cerca com arbustos. Uma fileira contínua de arbustos marcará um limite que fornece privacidade e protecção, com uma função extra, segundo a espécie escolhida, de cumprir a função de cortina, retardando o vento e protegendo-nos dele.

Os arbustos também podem servir para esconder determinada característica do nosso jardim. Ao escolher, é fundamental ter em conta as suas necessidades, qual será o principal objectivo e as características das espécies. 

Variedade em altura

Jardins clássicos por BAIRES GREEN
BAIRES GREEN

caminos entre verde

BAIRES GREEN

Se dispomos de um jardim de pequena superfície ou de um terraço, não temos por que nos resignar a não cultivar árvores. Temos apenas que saber fazer uma escolha em função das proporções, tão importantes na hora de desenhar os nossos espaços verdes.

Nesse sentido, importa avaliar o tamanho do exemplar, perceber aquilo de que precisamos segundo a localização e a funcionalidade e analisar se é necessário escolher uma espécie caduca ou perene ou que se adapte ao clima da zona. A altura da árvore será para delimitar o jardim, mas devemos ter cuidado com as sombras. O ideal é escolher pequenas árvores que ofereçam sombras, mas que não cubram na totalidade as nossas plantas.

Traçar um caminho

Jardins modernos por LAS MARIAS casa & jardin
LAS MARIAS casa & jardin

Ph Diego Ocampo https://www.facebook.com/diegoocampo.fotografia?fref=ts

LAS MARIAS casa & jardin

Que bom é ter caminhos a recortar o jardim. Os caminhos levam-nos do portão à porta de entrada ou permitem-nos passar por entre a variedade de plantas e de flores que escolhemos. 

Podemos construí-los de forma simples, por exemplo com cerâmica comum. 

Outra ideia: utilizar estacas de madeira que se arranjam facilmente e adaptam-se sem problemas ao piso. 

Colocar vedações

Um clássico: as vedações que nos oferecem maior intimidade e protegem os jardins, oferecendo-lhes segurança. 

Entre os materiais usados para as vedações, sobressaem a madeira e o metal. Os painéis de madeira vendem-se em diversas alturas e com várias formas, são fáceis de instalar e económicos. Os de metal, contudo, são mais caros e difíceis de instalar. 

Como sempre, dependerá do seu gosto e disponibilidade financeira. Certo é que dar forma ao nosso jardim e ter um ambiente livre de contaminação é benéfico para o nosso bem-estar e da nossa família.

Veja mais ideias para oferecer privacidade ao seu jardim.

Considera o seu jardim um espaço organizado? Vai optar por alguma desta ideias?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!