Cozinhas minimalistas por santiago dussan architecture & Interior design

12 hábitos que deve eliminar para que a sua casa permaneça arrumada

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Loading admin actions …

Uma casa sempre bonita e arrumado é um desejo que todos nós temos. E é esse desejo que muitas vezes nos faz esforçar ao máximo para que tudo pareça perfeito! No entanto muitas vezes, apesar do enorme esforço que lhe dedicamos, não atingimos os níveis de limpeza e beleza que idealizámos… E nessa altura surge uma pergunta: o que estou a fazer de errado?
A resposta procuramo-la sempre fora de nós próprios, mas é aí que está o erro! Ou seja podemos ser nós que estamos a fazer algo errado na manutenção da nossa casa. Parece-lhe uma ideia estranha? Pois deixe-nos dizer-lhe, muitas vezes são os nossos hábitos que nos impedem de ter uma casa impecável.

Portanto, nós hoje convidamo-lo a conhecer esses maus hábitos e, melhor ainda, a acabar com eles!

1. Uma cozinha sem espaço livre

Muitas pessoas estão acostumadas a ter tudo o que é preciso para cozinhar perto do fogão, cobrindo as suas laterais, e até sobre o exaustor. É um sem fim de especiarias, acessórios, condimentos, entre muitos outros itens. E por uma questão de praticidade pode parecer uma boa ideia, mas não é. Embora pareça estar tudo à mão não deixa espaços livres e a cozinha começa a ficar apinhada, o que é o pior inimigo da arrumação. É melhor ter áreas livres.

2. Espelho salpicado e lavatório sujo

A área do lavatório na casa de banho é usada diariamente, e por toda a família sem exceção! Isto significa que necessita tanto de uma limpeza a fundo como de uma manutenção diária, em que após cada utilização se limpe um pouco. As manchas de água no espelho e os resíduos de sabão devem ser removidos, e os manípulos da torneira devem ser secos a cada utilização, mas esta prática muito poucas pessoas têm. Comece-a em sua casa e incite toda a família a adotá-la.

3. A relva demasiado crescida

A relva no jardim deve ser sempre bem cortada. A vegetação que pode ser mais alta é composta de arbustos, árvores e flores. É por isso que é tão importante erradicar o hábito de apenas cortar a relva uma ou duas vezes por ano, pois isso é quase sinónimo de ter uma selva lá fora.

4. Deixar a sala como ficou depois da última reunião

O ponto de encontro entre a família e as inevitáveis visitas não pode ser outro do que a sala, e aqui se foca o nosso quarto mau hábito, que se baseia em deixar a sala como ficou após a última reunião de amigos. Porque é um mau hábito? A resposta é simples, porque se alguém vem a nossa casa passamos uma impressão de desordem.

5. Excessiva ligação com a natureza

O terraço é a área que nos conecta com a natureza, mas há o mau hábito de querer tornar essa conexão excessiva, ou seja, há folhas por todos lados, há terra pelo chão, etc. A maneira de erradicá-lo é demarcar bem os limites entre os espaços, e evitar que estes elementos do exterior sejam transportados lá para dentro.

6. Cabos visíveis

Seja pela conveniência de ligar ou desligar, seja porque é necessário remover uma ligação para fazer outra pois as tomadas são insuficientes, ou apenas porque estamos habituados a que os fios estejam visíveis nas áreas onde a tecnologia é usada, o certo é que este é um mau hábito enraizado em muitas casas. O erro é mais do que visível, todos os cabos desfiguram a decoração!

7. Deixe a desordem à porta

Corredores e halls de entrada  por cunha² arquitetura
cunha² arquitetura

Arquitetura Sustentável

cunha² arquitetura

Outro aspeto comum é que quando entramos em casa e queremos livrar-nos de tudo o que nos pesa, e finalmente ganhar leveza depois de um dia pesado. Só que isso implica uma enorme desordem logo à entrada, o que parece especialmente grosseiro, não acha? Para erradicar este hábito coloque móveis que sirvam de apoio, como um cabide, um chaveiro ou uma sapateira.

8. Área pessoal cheia de detalhes

É claro que em casa todos precisamos de um canto só para nós. Mas infelizmente muitas vezes temos o hábito de, como é o nosso canto, colocar lá tudo o que nos passa pela cabeça, e isso não é nada bom. O melhor será definir a sua área segundo a sua personalidade, mas com ornamentos chave.

9. Não dar uso a áreas difíceis

Por áreas difíceis queremos referir-nos àquelas que, pela sua forma ou tamanho, não são fáceis de ocupar, como por exemplo o canto sob as escadas, que geralmente está vazio ou repleto de tralhas. A solução é mudar de rumo, procurar uma maneira criativa para preencher até mesmo o lugar mais peculiar de sua casa.

10. Uma sala de estudo demasiado cheia de livros, folhas e outros itens

Uma sala de estudo ou um escritório é o sítio certo para ter tudo o que é preciso para trabalhar. Mas, tal como na cozinha, ter demasiadas coisas e uma mesa a abarrotar não é uma boa ideia. O melhor é mudar esse hábito e arranjar móveis organizadores, onde tudo possa ficar bem arrumado e à mão!

11. Ter armários sem portas

Mais do que um hábito, isto tornou-se uma tendência no que respeita à arrumação de itens para cuidados pessoais, e não é uma má ideia, o problema surge quando não há um extremo cuidado com a ordem, com o estado, ou com o estilo, pois qualquer falha fica completamente exposta.

12. Meros ornamentos na mesa de jantar 

Salas de jantar rústicas por ArchDesign STUDIO
ArchDesign STUDIO

​PROJETO ARQUITETÔNICO FACHADA E INTERIOR DA RESIDÊNCIA PRUNER (Fotos: Lio Simas)

ArchDesign STUDIO

A mesa de refeições deve estar sempre à espera das delícias culinárias que nós vamos preparar, embora seja muito comum colocar alguns detalhes para que, enquanto não é hora da refeição, não fique totalmente despida. Mas é melhor colocar lá algo que seja comestível para evitar ter de tirar e pôr a cada vez que a família se senta à mesa.

Quer mais ideias úteis para sua casa? Então não deixe de ler ’Conselhos úteis para poupar dinheiro em casa’.

Qual destes maus hábitos tem em sua casa e qual destas sugestões vai pôr em prática?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!