por Piwko-Bespoke Fitted Furniture

Iluminação: 13 ideias para tornar o tecto da sua casa fantástico!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

A iluminação é um dos pontos mais importantes da decoração, pois para além da função prática que assume ao permitir uma boa visibilidade, pode-se criar, através dela, efeitos muito interessantes, dependendo do tipo de luzes que coloquemos em casa. O tecto é uma das superfícies que recebe mais atenção nesse aspecto. 

Vamos mostrar-lhe 13 ideias inspiradoras para colocar iluminação no tecto. 

Venha vê-las. 

1. Embutidas numa sanca

A altura de determinado espaço influencia o tipo de iluminação que para ele escolhemos. Se os tectos são baixos, o mais comum é utilizar luzes embutidas como lâmpadas de halogéneo.

2. Uma iluminação vanguardista

Hoje em dia, encontramos magníficos projectos de iluminação que jogam com as formas do tecto e com a decoração. As luzes indirectas deste ambiente compõem uma atmosfera suave e repousante. A luz, aqui, vai muito para além da sua função primeva. 

3. A magia das luzes LED

As luzes LED são as favoritas na actualidade, pois consomem aproximadamente 80% menos de energia eléctrica em relação à lâmpada comum. Uma lâmpada LED pode durar entre oito a dez anos, enquanto as convencionais duram apenas um ano. Há já empresas a anunciar a duração destas lâmpadas por 20 anos. As lâmpadas são mais caras, mas o seu baixo consumo e vertente ecológica compensa o investimento. 

4. Efeitos luminosos

Salas de estar modernas por Paul Wiggins Architects
Paul Wiggins Architects

Semi-detached glory hole

Paul Wiggins Architects

Outra característica das lâmpadas LED é o facto de serem capazes de produzir todo o espectro de cores, o que é uma vantagem no que diz respeito a utilizar este tipo de luz para decorar. Pode-se conseguir diferentes cores de luz em função do material com que são fabricadas: o diodo. Para espaços de festa, esta é uma excelente opção. 

5. Com relevos

O propósito da construção de relevos é o de isolar, insonorizar e embelezar os espaços. Por sua vez, a incorporação de luzes integradas nas estruturas dos tectos permite jogar com as formas e aproveitar o espaço, para além de proporcionar uma iluminação muito mais eficiente: mais económica, mais ecológica e que pode ser colocada em zonas estratégicas que assegurem o uso mais apropriado.

6. Candeeiros imponentes

Salas de estar ecléticas por homify
homify

Chic Living Room

homify

Um candeeiro não serve apenas para iluminar um espaço, mas também, para lhe acrescentar personalidade e decorá-lo com o seu design. A bonita sala de estar da imagem assim o comprova. 

7. A luz também pode vir do chão

Salas de estar modernas por The Lady Builder
The Lady Builder

Living Room

The Lady Builder

Os candeeiros de pé estão entre os preferidos pela sua capacidade de criar um ambiente intimista nos espaços. Um candeeiro de pé com um design moderno como o que vemos na imagem, não só leva luz directa a zonas específicas, como também cria um ponto focal e impacto na divisão. 

8. Luzes embutidas

Salas de estar modernas por homify
homify

Sam's Creek

homify

Os focos embutidos são um tipo de iluminação muito interessante. São as luzes que melhor se integram na arquitectura, seja em corredores ou salas, pois são discretas e não se impõem sobre os restantes elementos da decoração. Mas, fazem sobressair os acabamentos e os detalhes de construção da casa. Neste caso, é notória a beleza que outorgam a este tecto em madeira, oferecendo uma luz cálida e acolhedora.

9. Luzes de pista

As luzes de pista são ideais para direccionar a iluminação para zonas específicas, para além de serem bonitas e complementarem uma decoração de estilo industrial. Recorrendo a estas luzes, poderá destacar e iluminar vários pontos de um espaço com maior facilidade. 

10. A luz da cozinha

A cozinha é uma das áreas que requer uma boa iluminação tendo em conta as actividades que se realizam no seu interior. Deve ter entradas de luz natural, assim como fontes artificiais para pontuar as zonas de trabalho. Nesse sentido, voltamo-nos, uma vez mais, para as luzes LED para garantir uma boa iluminação não só nas zona de trabalho, como também no interior do mobiliário para nos facilitar o acesso.

11. A iluminar a zona da escada

Um dos ambientes mais difíceis de iluminar devido ao seu tamanho é a zona da escada. Nesta proposta, podemos encontrar ideias muito interessantes com uma franja de luz no tecto que gera efeitos muito interessantes na perspectiva do espaço, assim como luzes embutidas no tecto que dirigem o seu feixe para o piso, brindando o espaço com uma iluminação efectiva que permite ver todos os recantos.

12. A entrada da casa

Corredores e halls de entrada  por studio radicediuno
studio radicediuno

ingresso – disimpegno

studio radicediuno

Na entrada da nossa casa, deve-se criar um ambiente agradável e convidativo. Nesse sentido, deve ser luminoso. Se não tem espaço suficiente para colocar candeeiros no piso ou sobre uma mesa, esta é uma proposta vanguardista. Discreta, mas efectiva, a luz diagonal no tecto surge de forma original sobre o branco das superfícies.

13. Com a naturalidade de uma clarabóia

Uma clarabóia é uma janela situada no tecto. Tem como principal vantagem o facto de permitir que a luz se distribua uniformemente no ambiente.

Ainda que pouco comuns, as clarabóias deixam entrar generosos caudais de luz natural o que contribui para os embelezar os espaços e para o nosso bem-estar.

Qual destes projectos de iluminação mais o surpreendeu? Deixe-nos o seu feedback. 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!