Corredores e halls de entrada  por MX Taller de Arquitectura & Diseño

10 motivos para usar paredes de gesso em casa

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Já ouviu falar ou teve oportunidade de ler alguma coisa sobre placas de gesso acartonado? Se já tem uma ideia do que é, fique na mesma connosco, pois nunca é demais saber mais informações sobre o tema. Se, pelo contrário, nunca ouviu falar, ainda mais motivos tem para não perder este livro de ideias.

As placas de gesso ou Drywall vieram substituir as vedações internas convencionais. Têm como principal característica o facto de serem mais leves e menos espessas do que as tradicionais paredes em alvenaria. Estas placas de gesso são aparafusadas em estruturas de perfis em aço galvanizado. Este método tem sido cada vez mais usado na construção civil, sobretudo em áreas comerciais. 

Vamos ver como as pode utilizar na sua casa

1. Nichos mais fáceis de fazer: sem sujidade

É uma grande tendência fazer nichos nas paredes. Com o recurso às placas de gesso, é ainda mais fácil levar a cabo este projecto, pois as perfurações não são ruidosas. Assim, a desordem é menor e as paredes não têm menos resistência do que as tradicionais em alvenaria.

2. Espessura ao gosto do freguês

No que diz respeito à espessura, as paredes de drywall são muito mais finas, deixando as divisões das casas mais subtis, ao contrário do que acontece com as grandes paredes usadas para dividir os espaços.

Mas, saiba que este material também permite que se criem paredes espessas. Para se obter este resultado, é necessário acumular várias placas ou conectas duas placas, deixando um espaço a meio. Se quiser uma parede com maior espessura, não há problema.

3. Uma divisão eficaz

A estrutura das placas de gesso permite uma divisão muito eficaz, tanto em termos térmicos, como também acústicos e visuais. A sua composição surge de uma placa central de gesso revestida dos dois lados por papel cartão do tipo kraft. Este cartão é o que permite o funcionamento dos isoladores. Para além disso, é uma proposta mais sustentável, pois o papel utilizado é, geralmente, reciclado.

4. Muitas opções de revestimentos

Corredores e halls de entrada  por TAFF

Quanto ao aspecto, importa perceber se as placas de papelão e gesso têm uma superfície lisa pronta para receber qualquer tipo de revestimento. Assim, pode pintar com a cor que pretende ou colocar um papel de parede. A escolha depende, claramente, do estilo que pretende alcançar e que deve combinar com a decoração do resto da casa.

5. Divisão inteligente entre espaços

Corredores e halls de entrada  por MARIANGEL COGHLAN

Para além de ser um material fácil de cortar, as placas de gesso e de cartão são também perfeitas para serem usadas como divisórias. Apesar da divisão, elas são capazes de ligar, parcialmente, um espaço a outro. Como? Tudo pode variar de acordo com o tamanho e a posição em que as placas são colocadas.

Para além do seu fácil manuseio, as divisórias que criar recorrendo a estas placas podem ser perfuradas e revestidas ao seu gosto.

6. Tamanho não é problema

Muitas vezes, os materiais pré-fabricados, ou seja, que são comercializados já com uma dimensão específica, são mais difíceis de manipular. Isto porque pesam muito mais do que as peças pequenas, como os tijolos, e são mais difíceis de organizar segundo a maneira desejada.

Mas, isto não acontece com as placas de gesso, pois a liga é muito leve e as dimensões não são maiores do que um metro de largura. Além disso, os fabricantes já projectam peças menores.

7. Design arrojado

Corredores e halls de entrada  por Gantous Arquitectos
Gantous Arquitectos

Polanco Penthouse

Gantous Arquitectos

Há muitas casas monótonas, tanto na estrutura, como na decoração. Para levar a cabo uma remodelação, o drywall é uma boa opção pois produz resultados bons e imediatos. No entanto, é também necessário fazer um investimento monetário, criativo e de tempo. 

8. Manuseio que não requer muito profissionalismo

Corredores e halls de entrada  por Lopez Duplan Arquitectos
Lopez Duplan Arquitectos

Departamento Polanco 1

Lopez Duplan Arquitectos

Outra grande vantagem é que, para manipular o drywall, não é necessário ser um profissional, já que tanto a sua forma, como o seu peso, permitem um manuseio fácil. Mas, se quiser um acabamento mais sofisticado, é sempre melhor contratar alguém experiente.

9. Bem-vinda, textura!

Quanto ao acabamento para as paredes drywall, as duas opções possíveis são bem-vindas: superfície lisa ou texturada. Qualquer que seja o revestimento, pode deixar a estrutura mais pesada, mas não muito volumosa.

10. Imitação de pilares

Os pilares dentro da casa emprestam-lhe estilo e personalidade, mas, se não fizerem parte da estrutura desde o início, é difícil recriá-los ou, pelo menos, era, antes de existirem as placas de gesso. Hoje, com a facilidade de manuseio e a leveza deste material, os pilares podem ser criados facilmente.

Se ainda lhe restam dúvidas, peça ajuda a um arquitecto ou designer de interiores da sua área.

Uma boa alternativa aos materiais tradicionais, não acha? Deixe-nos o seu feedback.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!