Crie um luxo de sala de estar!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

É inegável que a sala de estar é uma das divisões mais importantes da casa. É lá que nós passamos grande parte do tempo e é também lá que recebemos os nossos amigos e familiares. Assim, é natural que queiramos aprimorar a sua decoração através da introdução de elementos confortáveis e requintados que a elevem esteticamente. No entanto, nem sempre dispomos de orçamento para tal ou não sabemos como o fazer. A verdade é que não é uma tarefa assim tão difícil e se tomar especial cuidado com alguns aspectos vai, por certo, e aos poucos, obter a sala de estar que sempre idealizou. Comece por elementos de maior importância e impacto como o revestimento das paredes e do chão, depois escolha os móveis, de seguida os têxteis e, por fim, some-lhe os acessórios. Como vê, é um processo faseado que deve ser feito com ponderação para não se arrepender das suas escolhas. 

No artigo de hoje, deixamos-lhe algumas sugestões nesse sentido. Saiba quais!

Chão

Pereira e Sousa: Salas de estar ecléticas por MATELIER ARQUITECTOS
MATELIER ARQUITECTOS

Pereira e Sousa

MATELIER ARQUITECTOS

O chão é um dos pontos mais importantes do ambiente que pretende dar à sua sala. Se a sua ideia passa por ter um chão que transmite uma imagem luxuosa e confortável, então escolha criteriosamente o material. Existem vários factores que deve ponderar e que passam pelo estilo da sua casa, pelo orçamento e pelo efeito visual que pretende. Depois de encontradas as respostas a estes pontos e tendo o material sido escolhido, deve focar-se na instalação do mesmo, certificando-se de que o processo é feito de forma correcta e que o seu chão está perfeitamente montado e é resistente e confortável. 

Seja qual for o material escolhido, encontrará sempre prós e contras pelo que a escolha correcta passa por aquele que melhor responde às suas necessidades a curto e a longo prazo. Entre os pisos mais comuns estarão, certamente, os de madeira. A madeira é um material que bem tratado e trabalhado consubstancia o rosto do luxo e da sofisticação. Tem, ainda, a vantagem de encaixar bem em qualquer tipo de decoração e transmitir um conforto que faz do ambiente ainda mais acolhedor. 

Já a pedra, por exemplo, permite criar um chão de grande resistência e elegância que devido ao seu aspecto e aos seus tons naturais. Ainda assim, é um material mais difícil de conjugar com a decoração e que pelas suas características naturais pode ser bastante refrescante em climas quentes mas bastante menos confortável em climas frios. Além disso, deve pensar que este tipo de piso é relativamente caro e não está ao alcance de todos os orçamentos. 

Para além da madeira e da pedra, deixamos ainda uma outra dica que tem sido tendência: o cimento. As características mais industriais fazem com que se adapte melhor a espaços de decoração moderna e industrial. 

Móveis

Sala de estar em Lisboa: Salas de estar modernas por LAVRADIO DESIGN
LAVRADIO DESIGN

Sala de estar em Lisboa

LAVRADIO DESIGN

Vai escolher o mobiliário para a sua casa? Eis uma fase importante. São os móveis escolhidos por si e a forma como os faz conviver no mesmo espaço que darão personalidade à sua sala e transmitirão aquilo que pretende. O objectivo é sermos capazes de moldar o espaço à nossa imagem procurando, em simultâneo, conforto e bem estar. 

Todo o estilo de mobiliário tem, nas suas características, elementos que bem conciliados com o resto do espaço nos podem transmitir uma sensação de luxo. Os materiais brilhantes, os dourados, os prateados, os ornamentos e os tecidos como veludos e pele serão sempre vistos por nós como sendo luxuosos. 

Porém, para criar um ambiente requintado e luxuoso na sua sala não precisa de a sobrecarregar com estes materiais. Pelo contrário, é o equilibrio entre estes pormenores e materiais distintos que a vai elevar, tornando-a verdadeiramente requintada. Seja irreverente e brinque com os espaços, com as cores, as formas e as texturas de modo a criar um ambiente que também seja seu, um espaço pessoal e que lhe transmita aconchego porque uma sala fria, por muito que esteja repleta de produtos e materiais de alta qualidade, nunca o vai fazer sentir confortável. E, afinal de contas, de que vale o luxo sem o conforto? 

Paredes

A sala de estar é a divisão ideal para arriscar na cor das paredes, criando um ambiente mais intenso e dramático. Exemplo disso é a sala de estar que vemos na fotografia decorada pelo atelier Prego sem Estopa by Ana Cordeiro. As paredes pintadas num tom azul marinho ditam a personalidade desta luxuosa sala. Repare, porém, que o tecto inclinado foi deixado em branco, dando a ilusão de que o pé direito é alto. O branco, o amarelo e o detalhe em dourado na mesa de centro equilibram o conjunto em termos cromáticos. O azul foi o ponto de partida para o projecto. O nome – Lisbon Blues – assim o indica. O resultado é uma abordagem muito singular que exige olho clínico porque a linha a separá-la do exagero é ténue. Inspire-se nesta sala para pintar a sua. Arrisque uma cor mais intensa, mas use-a com peso e medida. Se, pelo contrário, é apologista de tons mais claros ou se a sua sala é muito pequeno, considere cores mais claras como o branco, o salmão muito claro, o cinza escandinavo, o café com leite, entre outras.

Luz

Sala Comum_Zona de Estar: Salas de estar modernas por Traço Magenta - Design de Interiores

Os pontos de luz são essenciais numa sala de estar ou em qualquer outra divisão da casa. São eles que a iluminam e dão vida, são eles que realçam objectos decorativos, são eles que a tornam mais aconchegada, são eles o apoio para ler um bom livro no conforto do sofá. Pode escolher candeeiros de pé, de tecto, de parede ou de mesa.

Numa sala, pode colocá-los a todos, cada um no seu sítio, cada um com o seu propósito. Não têm que ser todos iguais, mas devem ter um elemento que os ligue para que o conjunto não fique desfasado. Tome como exemplo a imagem desta sala decorada pela Traço Magenta – Design de Interiores. De um lado um candeeiro de mesa com linhas mais clássicas, do outro um candeeiro de pé, mais moderno. No entanto, ambos partilham um aspecto em comum: o abajur bege, a cor que prevalece na sala. Assim se decora com sensibilidade, mas sem monotonia.

Têxteis

Quando decoramos uma sala, são vários os têxteis que temos que escolher. Ora vejamos a lista: para as cortinas, para as almofadas, para os sofás e, claro, para o chão. Uma trabalheira e uma indecisão mediante tão vasta oferta.

No que aos têxteis diz respeito, pode seguir vários caminhos. Optar por uma paleta cromática neutra e sóbria, arriscar padrões mais chamativos e cores vibrantes ou misturá-los todos. Um tecido pode até dar-lhe o mote para decorar o resto da sala e ser o ponto focal da mesma. Imagine uma sala minimalista onde o branco prevalece. Uma poltrona estofada numa cor intensa e saturada surgirá enquanto intervalo à monocromia e criará um contraste interessante.

A escolha dos têxteis acontecerá mediante o estilo decorativo pelo que é impossível estabelecer uma regra universal que guie a sua decoração. No entanto, pode ter em conta alguns passos importantes.

Primeiro, e antes de se preocupar com os padrões, escolha a paleta cromática que mais lhe agrada e que vá ao encontro do estilo da sua casa. Defina, antes de mais, qual vai ser a cor base e quais vão ser as cores que a complementam. O caminho mais fácil – e mais usado – é escolher o branco como fundo e construir a partir daí. O branco é um tom versátil e deixa em aberto muitas opções decorativas.

Passando aos padrões, tenha em conta a escala. Misturar padrões em grande escala com padrões mais pequenos confere profundidade à decoração. Certifique-se de que as cores e os padrões não competem uns com os outros mas criam, isso sim, um conjunto harmonioso em que um não é sem o outro.

Se, por outro lado, tem um sentido estético que privilegia o minimalismo e não lhe agrada a ideia de uma sala de estar muito colorida, pode decidir-se por um tom e escolher todos os elementos em várias tonalidades dentro desse tom.

Acessórios

Oh, o poder dos acessórios. Escolhidos os móveis principais, os revestimentos e os têxteis, chegamos à fase de pôr a cereja no topo do bolo que é como quem diz escolher os acessórios que vão personalizar a sua sala de jantar. Jarras, vasos, lembranças trazidas de viagens, bandejas, velas, caixas, flores e plantas ou livros de arte. Estas são algumas das opções para ornamentar a sua sala. Espalhe-os por aqui e por ali. Na mesa de apoio ou nas mesas de centro, num aparador ou em estantes. Mas, faça-o. Decorar é mais divertido quando conseguimos transpor para o nosso “lar doce lar” aquilo que somos. Para além disso, os acessórios são uma boa forma de dar uma lufada de ar fresco a qualquer que seja a divisão da casa. São peças mais baratas e, por isso, facilmente substituíveis consoante a nossa disposição e gosto.

Qual das nossas ideias mais o agradou? Está a pensar adoptar alguma aí em casa? Deixe o seu feedback na caixa de comentários abaixo deste artigo. 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!