Salas de estar minimalistas por Polygon arch&des

17 grandes ideias para espaços pequenos

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Na homify, estamos sempre atentos às tendências e, por isso, neste livro de ideias apresentamos-lhe 17 propostas para aplicar ao seu espaço para que este não só se torne mais apelativo, como também mais cómodo e bem aproveitado.

E porquê escrever tanto sobre o aproveitamento de espaços pequenos? Talvez porque temos vindo a assistir a um decréscimo do espaço útil disponível nas cidades, resultando na construção de prédios – e, por consequência, apartamentos – cada vez mais pequenos e desafiantes no que diz respeito a decorar. 

Veja as nossas sugestões.

1. Móveis à medida

Uma ideia boa para uma pequena casa é recorrer a móveis feitos à medida. Basta tirar as medidas exactas do espaço e pensar para o que queremos usar para integrar estruturas semelhantes à que vê na imagem.

2. Separação de ambientes

Salas de estar minimalistas por Polygon arch&des
Polygon arch&des

APARTMENT “VERBI”

Polygon arch&des

Uma das vantagens dos apartamentos pequenos são os espaços integrados, ainda que também se procure privacidade. Nesse sentido, podem-se erguer paredes de durlock ou painéis que são fáceis de colocar e dividem ambientes sem ocupar demasiado espaço e sem se gastar muito dinheiro. 

3. Uma divisão cheia de vida

Utilizar plantas no interior para separar os ambientes significa ganhar em estilo. As palmeiras – muito na moda – e os jardins verticais – também tendência – são ideais para dar mais vida e estilo às nossas casas, aproximando-nos, em simultâneo, da natureza. 

4. Claro e simples

  por Bartolucci Architetti
Bartolucci Architetti

soggiorno con camino

Bartolucci Architetti

Para além do estilo que elejemos para a nossa casa, a utilização de poucos móveis e os tons claros ajudam a equilibrar o ambiente, pois criam amplitude e fazem-nos sentir mais confortáveis, mesmo quando a área é exígua.

5. Aproveitar cada detalhe

  por Bartolucci Architetti
Bartolucci Architetti

Mansarda open space

Bartolucci Architetti

Ter em conta cada detalhe é fundamental para tirar maior proveito. Como exemplo disso temos a iluminação natural. Se há uma boa entrada de luz, as cores claras saem enfatizadas e os ambientes ampliados.

6. Dividir com estantes

Utilizar uma estante como divisão de ambientes pode fazer magia. Veja como no projecto acima se recorreu a essa estrutura para apartar a sala de estar do quarto, ganhando-se, ao mesmo tempo, um novo espaço de arrumação.

7. Iluminação bem planeada

Assim como pensamos onde vai ficar cada móvel, também devemos analisar a distribuição da iluminação. Uma luz no sítio certo pode fazer toda a diferença. Pelo contrário, se mal colocada, pode chamar a atenção para aquilo que não quer ver realçado.

8. Base neutra

Eleger uma base neutra para depois lhe acrescentar toques de cor é uma boa ideia para ter uma casa bonita e harmoniosa. Esta é uma opção inteligente que traz poucos riscos.

9. Detalhes que contrastam

A base neutra que mencionámos no ponto anterior não compromete a decoração. Para dar mais vida ao espaço, podemos escolher móveis que contrastem.

10. Aproveitar cada recanto

Terraços  por SESSO & DALANEZI
SESSO & DALANEZI

Barra Funda | Decorados

SESSO & DALANEZI

Não desperdice um único centímetro. Repare, por exemplo, como se aproveitou o nicho da sala de estar da imagem. Pequeno, mas suficiente para a adição de prateleiras feitas è medida. Perfeito.

11. Ampliar espaços

Cozinhas modernas por SESSO & DALANEZI
SESSO & DALANEZI

Barra Funda | Decorados

SESSO & DALANEZI

Se queremos remodelar o nosso espaço, começar por remover paredes pode soar ousado, mas é muito eficaz. Os espaços integrados são tendência e, olhando para a imagem, conseguimos perceber porquê. 

12. Iluminação natural

  por Transition Interior Design
Transition Interior Design

CHMBRE PROJET LAMARTINE, Transition Interior Design Architectes: Margaux Meza et Carla Lopez Photos: Meero

Transition Interior Design

Aproveitar a iluminação natural é essencial em espaços pequenos. Os espelhos são também muito úteis nestes casos pois ficam bem e oferecem uma sensação de amplitude que, embora falsa, assenta bem.

13. Transformar as paredes

  por Transition Interior Design
Transition Interior Design

SALON/ PROJET LAMARTINE, Transition Interior Design Architectes: Margaux Meza et Carla Lopez Photos: Meero

Transition Interior Design

Para além de demolir paredes, também pode optar por readaptá-las, ou seja, transformá-las, dando um novo aspecto ao espaço onde se encontram. Repare no projecto acima no qual a parede se divide entre vidro e alvenaria. 

14. Deixar áreas livres

Se a casa é pequena, não deve enchê-la com móveis que impeçam uma boa circulação. O ideal é pensar na vertical e suspender os móveis de que precisa.

15. Peças simples

Móveis ornamentados e robustos vão fazer com que o espaço pareça mais pequena. Escolha peças singelas como prateleiras estreitas e compridas para dar profundidade à área.

16. Ver tudo com novos olhos

Aproveitar cada recanto da casa é fundamental. Com isso, referimo-nos também às partes mais baixas. Móveis baixos e estreitos são bons aliados para contar espaços de arrumação adicionais.

17. Estantes por todo o perímetro

Os espaços sob as janelas são ideais para colocar móveis. Podem ser modulares para adaptar às suas circunstâncias.

Vive numa casa pequena? Vai pôr em prática alguma destas ideias?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!