Antes e depois – Palacete Secular

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Há casas velhas e abandonadas, que quase por magia, se transformam em casas modernas. Sótãos que pareciam impossíveis de habitar, a serem transformados em apartamentos maravilhosos. Depois, há os armazéns, garagens e porões destruídos a renascerem como estúdios de design minimalista e as antigas fábricas abandonadas, surpreendentemente convertidas a lofts. As remodelações são a realidade da nossa sociedade e são também um dos temas que é abordado semanalmente,  na secção antes e depois. Hoje viajamos até à  Sardenha, onde o estúdio  Officina29 projectou uma remodelação para um edifício de meados do século XIX, transformando-o numa casa moderna. O estúdio opera na área de arquitectura habitacional e urbana e em projectos de design.

Veja com atenção o trabalho excelente e de respeito que foi conseguido mantendo a história do edificio num ambiente com mistura de estilos.

Antes

  por Officina29_ARCHITETTI
Officina29_ARCHITETTI

Prima della ristrutturazione – sottotetto

Officina29_ARCHITETTI

Começamos assim, a nossa pequena viagem directamente sob o sótão, o qual nunca tinha sido usado pelos proprietários anteriores. É também a paisagem interior que a equipa encontrou quando visitou o espaço: paredes descascadas, problemas estruturais graves, janelas demasiado pequenas para iluminar o ambiente e o chão parecia apenas uma memória. O espaço amplo teve uma vantagem: a grande liberdade de design e criatividade para os  arquitectos trabalharem. O projecto teve em conta a forte história arquitectónica presente, por isso, a divisão dos espaços foi mantida como originalmente, tentando apenas, melhorar as divisões a fim de colocá-las em comunicação e ampliar a percepção do espaço.

Depois – o piso do sotão

Será que acredita? Este é o resultado da renovação. O espaço de refeições e cozinha, brilhante e iluminado, com um corte moderno onde o chão em tijoleira apenas foi mantido. Depois de restaurar as paredes,  as vigas de madeira foram pintadas de branco, ampliando aparentemente a quantidade de luz natural. Mas o aspecto principal foi a aposta ganha em colocar grandes janelas, aproveitando agora um magnífico terraço. Neste último piso foram criados 4 novos ambientes: uma cozinha contemporânea com vista para o terraço, um ginásio com sauna seca e a vapor, área de relaxamento e um quarto de hóspedes.

O terraço

As novas aberturas nas paredes existentes, com cortes circulares, são elementos de carácter contemporâneo que contrastam fortemente com materiais e história nos interiores.  Como já tinha referido, a nova distribuição do espaço criou um grande terraço de chão em madeira, onde se pode desfrutar de uma vista invejável sobre a paisagem circundante.

O ginásio

Este sótão velho adquiriu uma cobertura moderna com janelas de tecto permitindo entrar mais luz neste ginásio.  A grande clarabóia quando aberta permite uma grande circulação de ar e a parede revestida a espelho melhora a percepção de espaço – aumentado-o. 

A abordagem adoptada em relação aos materiais pré-existentes é fortemente contemporânea, com o objectivo de marcar a evolução entre o que foi e o que é hoje. Verifique estes opostos: o chão da cozinha de tijoleira original com o piso de resina na área do ginásio; a porta de madeira de ferro recuperada e o orifício circular na parede, decididamente contemporâneo.

A escada

É com uma entrada impressionante, de planta rectangular e com tectos abobadados, que está inserida a escada. A estrutura desta escada dá ampla importância à entrada do átrio, como também a todo o edifício, graças à presença de materiais valiosos, como o piso e as soleiras em mármore de Carrara (preto), grades de ferro trabalhadas e corrimão de madeira.

No 1º andar

O primeiro andar é então composto por uma sala de estar, um estúdio, uma casa de banho, o quarto principal e um walk-in closet com casa de banho em anexo. É aqui que se começa a viver o novo estilo de vida moderno, um lugar cheio de charme e funcionalidade. Aqui, tal como no sótão o piso foi preservado. São peças hexagonais coloridas, que hoje em dia têm sido motivo de sucesso em espaços interiores.

O quarto

No primeiro andar, tanto nos tectos como nas paredes, durante o trabalho de restauração optou-se por se deixar à vista estas pinturas e marcas do passado, literalmente no estado em que se encontravam. Sem qualquer tipo de restauro ou manutenção, oferecendo ambientes de caracterização únicos. Mas estas pinturas não estavam à vista, mas sim tapadas com gesso branco que tinha sido colocado ao longo de anos de remodelações anteriores. Mas a melhor das opções foi tomada e partiram delicadamente todo o gesso até ficar com estas pinturas todas à mostra.

A casa banho

A casa de banho foi facilmente transformada numa casa de banho que corresponde às necessidades actuais. O mobiliário sanitário é arrojado, de cor preta. As paredes foram limpas do revestimento antigo e aplicado por cima uma espécie de cimento que levou posteriormente uma camada de resina transparente, a fim de garantir a protecção e impermeabilização adequada a esta divisão propicia a humidades.

Gostou deste artigo? Escreva-nos por favor a sua opinião.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!