Homify 360º – uma habitação em Matosinhos

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Atelier d’Arquitectura J. A. Lopes da Costa é Português e o seu gabinete fica em Ovar. Com a sua vasta experiência, desde 1989, está super à vontade na elaboração de projectos de arquitectura e urbanismo, bem como de arquitectura de interiores, recuperações, remodelações e paisagismo. Mas em todos eles existe sempre uma preocupação inerente, preocupado com a qualidade e rigor na prestação dos seus serviços. Fazem questão de garantir uma assistência técnica desde o início do projecto até à realização final da obra. Ainda para conseguirem assegurar todas as diferentes especialidades que possam aparecer durante um projecto, os mesmos contam regularmente com a colaboração de pessoal técnico especializado.

O projecto que lhe trazemos hoje é de uma habitação de grandes dimensões e piscina, em Matosinhos, a Casa JD. Outro projecto do mesmo autor sobre o qual já tivemos o prazer de escrever um artigo, é este. As fotografias que se seguem são do profissional, Manuel Aguiar.

O planeamento

O terreno é longo e estreito, e o mesmo condicionou a proposta que se apresenta, também ela longa e estreita. A casa surge com 2 volumes sobrepostos e deslocados horizontalmente. O volume inferior é mais transparente, o superior recua e cria uma animação volumétrica, proporcionando uma grande  zona de estar abrigada. A habitação é bastante fechada para o lado da rua e é marcada pela sua pedra granítica. Numa zona mais privada, a Sul, aparecem os quartos do rés do chão. A distribuição da casa faz-se ao longo de compridos corredores, no rés do chão e no 1º piso, paralelos à rua e que funcionam como veias principais da casa. No Rés-do-chão, do lado norte situa-se o hall de entrada, a garagem, a cozinha, a lavandaria e a casa de banho de serviço. As salas de estar e de jantar abrem-se a Poente e desfrutam do exterior em plenitude. A casa permite uma utilização autónoma do todo o piso 0. Entre as duas suites piso 1, localizam-se 2 escritórios, que possuem uma varanda a Poente.

A entrada

A entrada principal da casa dá-se através do caminho marcado no piso pelo mesmo material das paredes – placas de pedra granítica rectangulares – têm a funcionalidade de guiar os proprietários desde o portão principal à porta que dá acesso à parte privada. Ainda junto a entrada, já dentro do terreno da habitação, a natureza é levemente retratada com um espaço com plantas. A entrada da porta de casa é abrigada devido ao tecto proteger ao nível superior, evitando de certo modo, chuvas e intempéries imprevistas ao se chegar a casa.

Simbiose perfeita

A piscina de fundo claro e translúcido acompanha todo o vão de janelas em forma de L do rés do chão. Ao longo destas janelas está presente também um piso em deck que serve de apoio aos banhos de piscina, com cadeiras e e espreguiçadeira e ainda a possíveis refeições ao ar livre. Poderá ver mais fotos do mesmo projecto, aqui, e perceber como realmente a piscina se enquadra no espaço e no terreno em simbiose com a arquitectura de estilo moderno.

Obra de arte

Posso ser sincera? Adoro esta casa de banho! Não sei se é por ter imensa arrumação numa das paredes, se pela mega janela com vista para o jardim, se pela questão de ter não um, mas dois lavatórios. Só sei que o sentimento que me transmite é muito positivo e só gostava que já existisse o sistema de tele-transporte, ia direitinha até lá!

A luz natural é imensa e a artificial é óptima. O espelho gigante ajuda a que todo o espaço pareça maior e mais brilhante. Outro aspecto que me atrai. O pormenor da janela ter uma espécie de moldura de cor preta, assemelha-se a um quadro, uma autêntica obra de arte.

Os materiais

A madeira foi o material escolhido em maioria para cobrir o piso e ser aplicado em portas e em alguns revestimentos de armário. Sabe-se que é sempre uma aposta segura. Mais prateleiras e armários inferior fazem as delicias dos proprietários que se dão ao luxo de poder esconder tudo nos armários e apenas realçar as peças que mais gostam e de autor ficando à vista – são os detalhes que fazem a diferença.

Espaço para tudo

Olha-se à volta e todas as paredes são portas e armários de arrumação. É uma ideia super inteligente, já que espaços de armazenamento nunca são demais. Sejam eles em corredores, salas, quartos ou como já vimos também em casas de banho. Numa das paredes também  houve o aproveitamento da sua profundidade para fazer prateleiras e zonas de apoio. A iluminação artificial é feita através de focos de forma quadrada, embutidos no tecto. Ao longo do corredor de acesso a outras divisões da casa, junto ao tecto, existem janelas estreitas que permitem a iluminação de forma natural de todo o espaço.

Duas frentes

Nesta grande divisão existe uma parede que a divide em dois. Por conseguirmos ver a televisão, ao fundo, percebemos que aquele espaço é dedicado à sala de estar, de lazer, já o espaço deste lado será mais dedicado à leitura e ao conforto da lareira. Apesar do exemplar que foi escolhido para este projecto, ser de duas frentes, o que é uma vantagem já que dos dois lados é possível obter calor e visualizar a chama. Nessa mesma parede divisória também foi recortados buracos para possível arrumação ou decoração.

Gostou deste projecto?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!