Casas modernas por Modulor Arquitectura

12 fachadas de casas com garagem que o vão encantar (e inspirar)

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Loading admin actions …

Qualquer pessoa com um carro de família precisa de se sentir segura, guardando-o quando chega a casa. Isso é normal, faz parte do dia-a-dia, e também acontece consigo, não é verdade? Não tente negar, mesmo acreditando que na sua zona habitacional não se passa nada com que tenha de preocupar-se, de certeza que prefere ter o seu veículo pelo menos debaixo de um teto.
Nos condomínios e loteamentos geralmente o espaço planeado para o carro de família está situado na frente do terreno, e em alguns casos, a casa eleva-se meio nível e escava-se outro meio nível, entrando-se na garagem por uma rampa, e ficando o veículo estacionado por baixo da casa.

Quando se tem um grande lote de terreno é fácil de projetar onde a garagem irá ficar. Você só tem que decidir onde irá ser a entrada principal e onde ficará localizada a garagem, para facilitar a entrada em casa. Mas quando nem o terreno nem a casa são muito grandes, planear um design que permita o fácil acesso à habitação pela porta de entrada principal, e ao mesmo tempo colocar um telhado sobre um ou dois carros, torna-se mais complicado. Se adicionalmente pretender ter uma porta na garagem o desafio é ainda mais difícil neste tipo de casas pequenas. Para as portas, geralmente, é preferível que escolha de enrolar, de maneira a ficarem sob o teto, porque se abrirem para fora o mais provável é que se atravessem na calçada. Neste artigo veremos algumas casas construídas e alguns projetos de vivendas que são pequenas mas têm o problema do espaço de garagem resolvido de diferentes formas. Esperamos que sirvam de modelo para a sua garagem na sua casa pequena.

1. Dois pisos com garagem coberta e porta de enrolar

Casas minimalistas por arQing
arQing

E2 Facade

arQing

O telhado desta garagem também é composto pelo segundo andar da casa, mas a sua porta enrola na vertical, sendo más pratica já que não ocupa espaço lateralmente à entrada dos carros, e quando se fecha a sua espessura é mínima, pelo que não ocupa grande espaço entre o veículo e a porta.

Com este sistema existem várias opções. Algumas até têm um controlo remoto que permite que sejam abertas a partir do carro à medida que vai chegando a casa, sem ter de estar demasiado próximo, de maneira que quando chega à garagem esta já está aberta à sua espera. E depois para fechar é só premir o botão do comando que a porta fecha-se sozinha sem muito ruído ou outras perturbações. Consulte os distribuidores destes modelos de portas e peça informações sobre o seu funcionamento, a sua manutenção e sua durabilidade.

2.Variação do estacionamento à frente sem teto ou porta

Casas modernas por Arki3d

Nesta imagem de outra casa vemos que a porta está posicionada lateralmente na fachada. A garagem foi concebida de maneira a que os dois carros fiquem estacionados num dos lados da mesma, deixando a entrada com o seu caminho no outro lado da fachada. É outra solução que lhe poderá ser útil, e tudo depende do desenho interno da vivenda, que situa a porta e a sua entrada num sitio específico da fachada. 

Esta planta é aquela que o priva de um lugar para estacionar os carros à frente? Neste caso, se for permitido pelos regulamentos de construção do seu loteamento, você pode pensar em construir um telheiro pouco impositivo no que toca à imagem para, pelo menos, proteger os veículos do tempo, do sol e da chuva, que acabam por queimar a pintura dos carros.

3. Casa pequena com entrada pedonal à parte da garagem

Na casa desta foto vemos que a entrada principal foi bem diferenciada da área da garagem.
Muito conveniente este desenho de garagem, de construção moderna, com portas dobráveis e deslizantes. No espaço definido podem caber dois carros estacionados porque não há colunas intermediárias para impedir que isso aconteça.

Ao estipular as medidas para este tipo de garagem devem ter-se em conta as dimensiones dos painéis das portas dobráveis, tornando-se uma solução viável se conhecermos de antemão as dimensões do veículo e as medidas das portas já dobradas, pois o teto é bastante baixo. A medida de altura para um estacionamento deve ser 6m no mínimo, já que há camionetas cuja altura é 5. 20m aproximadamente. Se neste momento tem um carro pequeno e vai construir uma casa não limite o espaço de estacionamento pensando neste carro, pois pode ter que mudar de carro no futuro. Tome as medidas necessárias para que o seu próximo carro caiba na garagem, seja ele qual for.

4. Uma fachada fechada ao exterior com espaço para garagem à frente

Outra solução que muitos têm escolhido passa por colocar barras na frente da casa, para proteger os veículos, com ou sem tetos a cobri-los. Esta solução protege o seu carro enquanto estiver estacionado, salvaguardando-o dos roubos ou abusos mais fáceis de acontecer se estacionar na estrada, ou apenas na rua em frente de sua casa, sem qualquer proteção adicional.
Nestes conceitos de proteção para os veículos deve-se ter em conta o que falamos anteriormente sobre entupir os acessos, mas tomando muita atenção às medidas da largura da entrada e do raio da porta ao girar pode funcionar.

5. Com estacionamento na frente e área verde

Casas modernas por Xome Arquitectos
Xome Arquitectos

FACHADA PRINCIPAL

Xome Arquitectos

Nesta foto podemos ver como foi planeado um estacionamento para os carros de cada lado da porta principal da entrada da casa. Esta é uma forma pratica de fazer uma garagem, colocando piso apenas nas zonas preparadas para a passagem das rodas, de maneira a que estas passem sobre material resistente, e resguardando o pequeno relvado. 

O caminho para a entrada da casa é ostensivamente mais largo, como deve ser, e diferencia-se assim de área destinada aos dois carros, um de cada lado da entrada da casa, já que esta, em função da planta interna da moradia, se encontra no meio da fachada frontal.

6. Uma fachada moderna, com garagem coberta e portas que se abrem para fora ou para dentro

Quando planear a garagem de sua casa pequena e lhe escolher as portas, se as colocar a abrir para fora essa opção só será viável se a sua casa estiver localizada numa rua com muito pouco tráfego de peões, porque quando abrir as portas para entrar ou sair irá incomodar as pessoas que estejam a passar.

Essa condição deve ser tida muito em conta, tomando as medidas necessárias para que a entrada da garagem não tenha menos de 2, 50m de largura, para que o veículo entre sem dificuldade com os espelhos retrovisores laterais abertos. Internamente as dimensões podem ser um pouco menores. No caso da porta serão necessários painéis de 1, 25m de largura cada uma, o que dependendo da localização da sua casa e do tamanho da calçada, se não tiver zona verde, pode impedir a abertura das portas.

Se as portas da sua garagem abrem para dentro, deve adicionar aos 2, 5m da entrada a espessura das portas já viradas para dentro. E no que diz respeito à profundidade da garagem deve ter em conta o raio de rotação das portas ao fechar para que não ocorram acidentes.

7. Ultramoderna e permitindo ver para dentro da garagem

Se decidir usar uma porta de garagem que permite ver o que acontece dentro desse espaço, lembre-se que isso pode expor algumas das atividades da família. Por isso se quiser privacidade, mas também uma porta como a que mostramos na foto, procure colocar portas que limitem o que se pode visualizar do interior a partir da rua, e assim resguardar a intimidade e da família.

8. Garagem coberta sem portas

Esta solução é muito comum hoje em dia. A garagem tem apenas um telhado, que é parte da construção do segundo andar da casa. Isto é feito para proteger o veículo sob o telhado e também para que as pessoas que o utilizam possam subir e descer protegidas de chuva.
É interessante perceber que na parede do fundo da garagem exista uma porta de serviço, que comunica com a cozinha e com o pátio de serviço. Esta solução é muito útil para levar os sacos do lixo para a rua e para transportar as comprar quando chega a casa. Esta garagem também comunica com a entrada principal da casa pela lateral, sempre debaixo de teto, como se vê na imagem.

9. Garagem e entrada principal com teto comum

Casas modernas por homify

Esta opção é muito prática para uma casa pequena, mas onde pretende que a entrada principal e a garagem estejam ambas cobertas. Um teto em comum é a solução!

Deve deixar espaço dentro desse teto para a entrada da casa, pelo 1m de largura, tornando possível a passagem de uma pessoa no mínimo, e 2, 50m de largura para um veículo estacione e as pessoas que o ocupam possam sair.

10. Com uma porta completamente fechada ao exterior

A porta da garagem pode ser completamente fechada para o exterior, como se vê nesta foto. Tudo depende do design e do estilo de sua casa, que é conservado na fachada. As duas portas, a porta de entrada de pedestres e a da garagem, devem ter o mesmo estilo no projeto para se integrarem com toda a fachada. Tanto as cores como os materiais utilizados, tudo é um projeto único e um conjunto indissociável. 

Tenha em mente o estilo da sua casa e a maneira como ele se reflete na fachada. É claro que as portas, tanto da entrada da casa como a da garagem, são uma parte muito importante a definir, porque marcam a fachada.

11. Fachada moderna com garagem parcialmente coberta

Nos casos em que as normas de construção no permitam fazer um telhado até à extremidade da calçada, como acontece frequentemente, aparecem projetos em que se coloca um teto desde o volume da casa até metade do veículo. É uma “meia” solução, como podemos ver nesta imagem, mas à falta de melhor ao menos temos alguma proteção para o carro!

12. Uma fachada compacta mas com espaço para o automóvel

Veja que interessante esta moderna fachada de uma casa compacta. A garagem como tal não existe, apenas o espaço para estacionar um veículo. O que tem este espaço de diferente em relação aos que vimos anteriormente? Como a frente da casa é pequena deram-se duas utilizações ao espaço: – é utilizado simultaneamente como entrada pedonal da casa e como estacionamento para o carro. Pode ver que no plano são percetíveis a porta da casa em segundo plano e o carro estacionado, em primeiro. 

Na fachada pode ver-se o espaço entre a casa até ao limite do terreno, onde se encontra a parede divisória com a casa vizinha… Nem sempre se consegue ter uma garagem coberta, com as características ideais que lhe dão maior segurança. Tudo depende do tamanho do seu terreno, da sua largura, da proximidade de casa com a calçada, e muitas outras variáveis que devem ser levadas em consideração na conceção da garagem para a sua casa pequena.

Onde dorme o seu carro, na rua ou numa garagem como estas?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!