6 dicas de decoração para estúdios!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Não deixe que uma área pequena o intimide ou o impeça de ter uma casa para onde quer regressar todos os dias. Os estúdios podem até obrigar-nos a mais ginástica na hora de decorar, mas isso não significa que o resultado não possa ficar “just perfect”. Com imaginação, inteligência, sensibilidade para aproveitar cada espaço e pormenores arquitectónicos, com sensatez a seleccionar os móveis e bom gosto a escolher as cores, pode mesmo compor uma decoração digna de capa de revista.

Hoje, deixamos-lhe algumas sugestões para o ajudar a contornar os problemas com que, porventura, se deparará ao decorar um estúdio ou uma área pequena. Leia com atenção. Podem ser úteis para fins diversos.

Estilos decorativos

Pense assim: o seu estúdio não é pequeno, é aconchegado. Quando o decorar, percorra vários estilos decorativos que o agradem e afunile as suas escolhas até chegar a uma conclusão sobre qual se adaptará melhor ao seu.

Tem várias opções ao seu dispor. Tendo em conta o espaço disponível, há estilos mais apropriados o que não significa que outros não funcionem. Tudo depende da área e da sua sensibilidade a decorá-la. 

A estética escandinava, minimalista, moderna ou industrial encontra-se amiúde nesta tipologia de apartamentos por relevar paletas cromáticas leves em que o branco sobressai, por se reduzirem ao mobiliário essencial e dispensarem o acessório, pelo conforto que aparece em confortáveis têxteis e pelos materiais como o vidro ou a madeira muito clara. Esta combinação de elementos cria uma ilusão visual e faz-nos percepcionar o espaço como sendo maior e mais arejado do que aquilo que realmente é.

Note-se, porém, que o estilo minimalista não é a única maneira de viver num apartamento pequeno. Pode ousar na decoração, mas mantenha tudo pequeno e compacto, sem padrões em grande escala ou cores demasiado pesadas. Padrões coloridos e primaveris, por exemplo, são uma boa hipótese se a monocromia o aborrecer.

A melhor opção para o seu estúdio

Salas de estar modernas por MIROarchitetti
MIROarchitetti

la zona giorno

MIROarchitetti

A ideia de “melhor opção para cada estúdio” é relativa e depende do seu gosto pessoal e até dos móveis e objectos decorativos que já possui a priori.

Tenha em conta algumas características como a abertura das janelas e a luz natural que entra, a altura dos tectos, o seu orçamento e os móveis que já tem e que pode usar no seu estado natural ou depois de restaurados. Considere, igualmente, as áreas a que dá mais importância. Se trabalha em casa, precisa de um espaço de trabalho com dimensões adequadas. Se recebe muitos convidados, a sala de estar tem que ser agradável. Se vive com alguém, não pode dispensar uma cama de casal. Depois de ponderar tudo isto, escolha um estilo que lhe facilite a decoração e defina o espaço que cada área vai ocupar.

Procurar decoração

Cozinhas industriais por Hirukistudio
Hirukistudio

BILBOHOMES

Hirukistudio

Escolhido o estilo, está na hora de se organizar e começar a procurar inspiração para decorar o seu estúdio. Procure em revistas, em livros, nas redes sociais como o Instagram ou em sites dedicados ao tema – hello, homify! Quando escolher algumas peças que lhe encheram o olho, procure-as nas lojas. Faça-o primeiro on-line para ter uma ideia geral da oferta e para comparar preços. É muito mais simples se assim o fizer. Depois, é só ir à loja com as referências e não precisa de andar perdido sem saber bem o que procura. Não descarte uma visita a um flea market ou antiquário. Fazem-se verdadeiros achados. 

Cores

Cozinhas ecléticas por  Design
Design

Wohnküche

Design

Se o estilo e a decoração já estão mais ou menos planeadas, então, por esta altura, já terá uma noção sobre a paleta cromática que deseja. Escolher um esquema de cores é uma tarefa muito facilitada nos dias que correm. A maior parte das lojas de tintas já disponibilizam ferramentas on-line para fazer experiências, gráficos de cor, fotografias com inspiração, entre outras coisas. Aprenda qual é a melhor forma de usar cada uma, leia sobre que impacto as cores têm no seu humor e que personalidade pretende que a seu estúdio exsude. Aproveite esta fase para se aconselhar sobre os melhores tratamentos e acabamentos para paredes, chão e janelas. 

Poder-lhe-íamos dizer: pinte tudo de branco. Afinal de contas, é a cor mais óbvia num espaço pequeno. Mas, em boa verdade, há cores mais escuras que também funcionam se usadas com peso e medida. Pode sempre escolher uma paleta que inclua três cores: duas leves e brilhantes que decorem a maior parte do espaço e outra mais escura para criar contraste e interesse visual. Se tiver dúvidas, aconselhe-se junto a um profissional ou peça amostras de cada cor para experimentar na parede antes de a pintar completamente.

Peças statement

Cozinhas modernas por Agence KP
Agence KP

verrière ouverte sur cuisine

Agence KP

Sim, é verdade, é um espaço pequeno e a funcionalidade importa. Todavia, isso não significa que não possa ter peças de design que criem algum drama e impacto como um candeeiro de pé com formas enviesadas, uma mesa escultural ou uma poltrona original e com uma cor mais intensa. Numa decoração em que, tendencialmente, as cores claras e os móveis de linhas simples preponderam, aposte num elemento diferenciador que se demarque de tudo o resto e empreste à sala algum dinamismo. Para além disso, a originalidade da peça atrairá todas as atenções que, por conseguinte, se desviarão do facto do estúdio ser pequeno.

O resultado final

O resultado deve consubstanciar o lado estético e o funcional. Por muito pequeno que seja o estúdio, é importante que não se sinta claustrofóbico e pouco à vontade a circular. O estúdio tem que saber a casa e resumir nele tudo aquilo de que precisamos para vivermos confortavelmente, mesmo que tenhamos que nos adaptar a dimensões mais exíguas. 

Tire partido das cores, da luz natural, do mobiliário pequeno, mas seja inteligente e intuitivo a construir. Pés direitos altos podem dar-lhe a possibilidade de construir um mezanino; uma cama suspensa convida a um escritório ou a uma área de estar sob ela; a falta de varanda pode ser colmatada com a existência de plantas e por aí fora. Inspire-se nesta proposta da Con3studio. Quão bonito ficou este estúdio? Tem tudo o que faz falta! 

Assim, se já decorou o seu estúdio, afaste-se e pense: tenho aqui tudo o que preciso para me fazer feliz? Se a resposta for afirmativa, fez bem o trabalho de casa. E leu este artigo, claro.

Vive num apartamento pequeno, num loft ou num estúdio? Alguma destas ideias o agradou? Comente aqui por baixo. O seu feedback é importante para nós!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!