Homify 360° – a casa de um galerista

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Vamos a Mungia em Espanha para conhecer a luxuosa vivenda que o estúdio Hoz Fontan Arquitectos projectou para um galerista de arte. Esta encontra-se numa urbanização residencial com vivendas de luxo. É uma vivenda aberta para a paisagem, onde um jardim com piscina espera pelos proprietários, ao mesmo tempo que os dois andares se fecham sobre si. Um edifício que nasceu a jogar com a inclinação do terreno, tirando o máximo partido dos interiores e exteriores. Os interiores são equilibrados, e as zonas exteriores e jardins foram minuciosamente trabalhados, convertendo esta habitação numa espécie de galeria de arte.

Fazemos uma visita 360 (por dentro e por fora)a este espectacular projecto! Acompanha-nos?

Uma fachada interligada com o exterior

Imponente e chamativa, esta casa de volumes perfeitos permite que o espaço interior flua com o exterior através das paredes em vidro numa das fachadas. Nesta fotografia, descobrimos que a habitação é de 2 níveis , e que contem um terraço que acaba convertido em jardim. Nesta fotografia não conseguimos aprecia-lo, pois esse nível encontra-se parcialmente recolhido, tal como observaremos mais à frente.

O terraço

Este era o terraço que falávamos na foto anterior. Como se vê, foi aproveitado o seu espaço tornando-o num terraço num nível superior. O terraço tem ligação através dos quartos e zonas de estar que estão presentes no primeiro piso da casa. Além da vista magnífica que como se pode imaginar, este terraço tem, este também serve de zona lounge e relaxe quando necessário, sem ter de estar perto da piscina. Sendo num nível elevado e de grandes áreas, o proprietário pode  sentir-se à vontade e o seu horizonte é uma tela verde. O piso foi emoldurado de pedra de rio (pequenas e redondas) e no centro é de madeira.

Os interiores

Esta sala mostra o acesso ao piso superior: uma escada e uma rampa, que se observaremos com mais atenção mais à frente. Nesta fotografia observamos a zona da sala de estar onde a escada domina o espaço, apesar desta estar, como que agrupada à parede e ao chão, também todos em madeira. É discreta e ligeira, e tem uma estrutura em inox com corrimão em madeira. A linha das escadas é da mesma inclinação do terreno exterior, de maneira a que a nossa visão seja contínua e exista sempre a ligação interior vs exterior. O espaço apresenta divisões singulares destinadas à exposição e contemplação de grandes peças de arte.

Numa outra perspectiva temos esta visão da sala. É através da sua fachada em vidro que a luz natural nos interiores torna os mesmos tão brilhantes e vivos. Também com a entrada de luz superior, pelo topo do tecto. Aqui os objectos têm delicadamente o seu lugar, são belos e são os objectos pessoais do galerista. Olhando com atenção para a fotografia, todos os sofás, mesas de apoio, luminárias e telas de grande dimensões parecem desenhadas a lápis pelo artista. Veja mais fotos aqui.

Aqui vemos mais detalhadamente a parede com o fogão de sala/lareira. É a parede oposta às escadas de acesso ao primeiro piso. As peças em mármore que formam um jogo de tamanhos de placas na parede, fazem o papel principal de decoração. A placa grande de mármore contrasta bem com a tela de cor preta. Nota-se, antemão que a casa tem como proprietário uma pessoa com sensibilidade extra e que conseguiu facilmente transmito-lo.

O acesso

Mostramos agora o nível zero da casa, onde se reconhece o acesso à garagem e aos quartos de hóspedes. Esta área de grandes dimensões facilita a entrada de vários automóveis assimilando-se quase a uma praça. O material do chão é de pedras de reduzidas dimensões, de cor branca (pedra de rio). A vegetação trepadeira (eras) de grandes dimensões e cores que cobrem a parede, ajudam o edifício a fundir-se na paisagem.

A piscina

Na área exterior, existe o respeito pela paisagem que rodeia a habitação. A piscina aparece de uma maneira subtil, como se sempre estivera ali. O acesso à piscina faz-se por um caminho em madeira que vem desde a casa até à piscina. As cores transformam o espaço em algo quase paradisíaco.

Termina aqui a nossa visita impressionante pela Casa Mungia. Se lhe suscitou interesse este tipo de artigos, onde falamos e mostramos imagens 360°de um projecto, recomendamos que veja estes:

- Homify 360°: uma casa de campo ecológica

Homify 360°: Reabilitação em edifício Pombalino

Gostou deste artigo 360°?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!