Posto de comando VR – M2.Senos

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

M2.senos é um gabinete de arquitectura com sede em Ílhavo desde o ano de 2007. O gabinete foi fundado pelos irmãos Sofia e Ricardo Senos, ambos formados em arquitectura. São aptos para desenvolver vários tipos de projecto, sejam eles de arquitectura, design de interiores, urbanismo, reabilitação e investigação. Os M2.senos  têm como princípio a execução de soluções criativas baseadas na realidade dos seus clientes. Por isso fazem um acompanhamento intensivo e personalizado par a par com os seus clientes, não descurando nenhum aspecto.

O projecto que escolhemos mostrar-lhe foi desenvolvido no de 2011-2012, mas a data já antiga, não invalida de podermos falar sobre eles. O Posto de Comando fica num parque eólico em Vila Real, mais propriamente na Serra do Alvão. Este edifício funciona como um edifício técnico de apoio a um parque eólico, situado no topo da Serra.

Venha ver a selecção de fotografias que seleccionamos para lhe dar a conhecer mais um belo exemplo de arquitectura que se faz em Portugal! As fotografias são da autoria de um grande amigo da dupla de arquitectos – Damião Santos.

Simbiose no planeamento

VR Posto Comando:   por m2.senos
m2.senos

VR Posto Comando

m2.senos

Situado na Serra do Alvão, o desafio deste projecto consistia em encontrar uma solução que resistisse ao extremo isolamento e à agressividade de possíveis intempéries. Mas também ao vandalismo ou à intrusão. Neste sentido, desenharam um objecto robusto, em pedra granítica, quase monolítico

É um edifício de telhado de duas águas (2 níveis), remetendo para as construções de apoio aos pastores que  pontuam – aqui e ali – a paisagem. Era pretendido, que o Posto de Comando não fosse visto como um elemento estranho, mas antes que o mesmo, se integrasse na paisagem; quer fosse através do desenho, ou através do envelhecimento natural da pedra – que com o tempo trará uma maior harmonia entre o construído e o natural.

Local inóspito

VR Posto Comando:   por m2.senos
m2.senos

VR Posto Comando

m2.senos

O local era agreste mas de uma paisagem ímpar e não foi de todo impeditivo à sua construção. O seu isolamento e a hostilidade do clima, sujeito a ventos fortes e temperaturas extremas, com vistas surpreendentes sobre todo o vale são características presentes neste projecto.

É de frisar ainda, que as condicionantes topográficas do local determinaram a implantação e a morfologia do objecto, num compromisso entre a imagem tradicional e um modelo arquitectónico mais contemporâneo – procurando sempre acomodar a intervenção na envolvente paisagística. 

A solução

VR Posto Comando:   por m2.senos
m2.senos

VR Posto Comando

m2.senos

Queria-se uma solução robusta, intemporal, capaz de resistir a fenómenos de vandalismo, garantindo a protecção dos equipamentos eléctricos no seu interior.  Em complementaridade à forma, os processos construtivos elementares e materiais utilizados, assumem especial relevância, garantindo que o edifício envelheça em perfeita harmonia com o natural e o construído.  

Esta dicotomia, estabelece a relação de opostos entre um interior puramente tecnológico e funcional, e o exterior simplesmente revestido por materiais naturais como a madeira e a pedra.  

Objecto monolítico

VR Posto Comando:   por m2.senos
m2.senos

VR Posto Comando

m2.senos

Ao longe visualizamos conjuntos de pedras naturalmente ali colocadas e concluímos que a Natureza tem muita força.

Surge assim, o objecto “monolítico” arquitectónico pelas mãos dos irmãos Senos. Em pedra granítica local, fechado sobre si próprio, com aberturas pontuais, protegidas com portadas em chapa, remetendo visualmente para as antigas construções de apoio aos pastores que pontuam a paisagem, reactivando as morfologias genuínas do lugar.

Granito vs madeira

VR Posto Comando:   por m2.senos
m2.senos

VR Posto Comando

m2.senos

A escolha além de bem pensada a nível de durabilidade é certamente uma das melhores combinações de materiais naturais. Como já foi referido, são dois materiais que com o tempo mudam o seu aspecto natural e que por essa razão são uma mais valia neste projecto, adequando-se e parecendo-se cada vez mais com a natureza circundante.

Seria, certamente uma desvantagem num projecto vulgar, mas neste faz todo o sentido a arquitectura desfazer-se na natureza. 

Aberturas pontuais

VR Posto Comando:   por m2.senos
m2.senos

VR Posto Comando

m2.senos

A pouca cor existente no Posto de comando centra-se toda para as janelas e portas. Estas são de cor bourdeaux ou marsala como no inicio deste ano vimos ser considerada a cor Pantone de 2015. Por isso e tudo mais, o projecto mesmo sendo de 2010 continua super actual mesmo ao nível da cor escolhida. Na porta que vemos na fotografia existe uma trama de riscas que aparentemente e num primeiro contacto me fazem lembrar campos de trigo tocados pelo vento.

Nem só de habitações vive a arquitectura. Gostou deste projecto?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!