Terraços  por Aldo Rampazzi Studio di Architettura

Depois de ler este artigo, nunca mais vai limpar os vidros da mesma forma

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

O vidro é um material que traz aos espaços um efeito bonito, mas que requer manutenção. Marcas de dedos, poeira ou outro tipo de sujidade subtraem-lhe, de imediato, parte da sua beleza. 

A pensar nisso, trazemos-lhe este livro de ideias com algumas sugestões para ter os vidros de sua casa sempre a brilhar sem ter que despender muito tempo ou esforço. Veja quais são e ponha-as em prática. Por vezes, não atribuímos a devida importância aos vidros, mas a verdade é que, quando os limpamos, vemos a diferença que trazem ao espaço pela beleza e pela luz que deixam entrar. Isto também acontece com os espelhos, os vidros das molduras, entre outros. Para qualquer um deles, aplique estes truques. 

Uma boa limpeza em três simples passos

Casas de banho modernas por Sakurayama-Architect-Design
Sakurayama-Architect-Design

House with the bath of bird

Sakurayama-Architect-Design

Manter os vidros limpos não é uma tarefa difícil. Com três simples passos, obterá o efeito desejado. 

Comece por um passo prévio e imprescindível. Retire o pó que se acumula nas janelas ou portas. Faça-o com um pano macio para não riscar a superfície e use um pincel ou uma escova com cerdas longas para as dobradiças. Também pode utilizar um pequeno aspirador portátil. 

Cumprido o primeiro passo, pode passar sobre o vidro uma esponja humedecida com uma mescla de água, vinagre (ou, se preferir, detergente neutro) e álcool. Desta forma, ficará desinfectado. 

Termine passando novamente um pano ou um jornal, deixando-o reluzente. 

Para limpar, aplique a lógica da gravidade

Vamos tirar o pó e usar líquidos pelo que devemos fazê-lo de baixo para cima pois, de contrário, os resíduos cairão na parte limpa. É uma questão de lógica. Também se deve ter em conta se limpamos com a mão esquerda ou com a mão direita, para fazer sempre num único sentido, sem estender a sujidade. Sugerimos, ainda, que limpe os vidros das janelas em dias nublados. Porquê? Porque se o fizer em dias de sol, os raios de sol podem secar os resíduos demasiado rápido. É preferível que o produto tenha tempo para actuar e que sejamos nós a secá-lo/removê-lo do vidro. 

A magia do vinagre

Já por aqui lhe sugerimos o uso do vinagre para limpar a casa. O vinagre é um produto natural com uma capacidade de limpeza incrível. Para evitar o uso de produtos com químicos, pode misturar, num recipiente, água, álcool e uma colher de vinagre branco. Pode verter esta mistura num pulverizador e agitá-lo bem antes de aplicar nos vidros.

Para os casos extremos: água quente

A água quente é muito eficaz para limpar superfícies, sendo usada para diluir com facilidade manchas mais resistentes. Assim, se os seus vidros tiverem realmente sujos ou com uma mancha de difícil remoção, pode, mais uma vez, recorrer ao vinagre e misturá-lo com água quente. Para uma limpeza total, pode ainda acrescentar amoníaco à mistura. Também pode usar um limpa-vidros banal misturado com água quente. Vão ficar a brilhar! 

Resumo do que deve fazer

Como vê, mais simples não pode ser, pelo que não há desculpas para não ter os vidros de sua casa limpos. Em suma, deve limpá-los com regularidade. Uma vez por mês é suficiente. Para isso, muna-se de um bom produto comprado no mercado ou feito em casa e folhas de jornal, muito mais eficazes do que os panos comuns.

Para as janelas mais altas, seja engenhoso. Faça uso do pau da vassoura ou da esfregona, colocando um pano humedecido com limpa-vidros no fim. Passe-o nas superfícies e, depois, substitua-o por um pano seco para retirar a humidade e dar brilho. 

Resumo do que deve evitar

Não use panos ásperos pois podem riscar os seus vidros. Repetimos, mais uma vez, que o ideal é recorrer a panos macios ou a jornais. Para além disso, não deve deixar passar muito tempo entre cada limpeza. Quanto mais tempo passar, mais poeira e manchas se acumulando, dificultando depois a sua tarefa. Para a maior parte das janelas e portas, uma vez por mês é suficiente. Mas, em divisões com mais humidade, como é o caso das casas de banho ou cozinha, pode fazê-lo com mais regularidade.

Já conhecia alguma destas sugestões? Acrescentaria mais alguma? Diga-nos qual!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!