Jovem converte 24 m² num estúdio fabuloso para viver! | homify | homify
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3646:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

Jovem converte 24 m² num estúdio fabuloso para viver!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Cozinhas modernas por Tout Simplement Déco Moderno
Loading admin actions …

Neste livro de ideias, mostrar-lhe-emos a transformação do estúdio de 24 m²que a jovem Karine comprou, em Paris, com a intenção de o converter na sua primeira casa. Neste pequeno estúdio deveria caber uma pequena sala de estar, instalar-se uma cozinha com tudo o que é necessário, um quarto e uma casa-de-banho. Pode parecer um objectivo difícil tendo em conta a exiguidade da área, mas, com a ajuda dos arquitectos de interiores do gabinete Tout Simplemente Déco, a jovem conseguiu levar a cabo o que pretendia. 

Como se dá a volta a este desafio? Vamos ver. 

No início: uma cozinha pequena e caótica

Este era o estado do estúdio, mais especificamente da entrada e da cozinha, antes da intervenção. O apartamento estava em boas condições em termos construtivos e estruturais, mas sem uma proposta de desenho integral e com uma decoração totalmente descuidada. O objectivo era, como dizíamos, alcançar uma imagem estética sedutora e conseguir criar um espaço funcional e versátil adaptado ao estilo e às necessidades da nova proprietária. 

Vamos ver o resultado.

Depois: uma cozinha agradável e funcional

É difícil acreditar que se trata do mesmo espaço, mas assim é. A cor eleita e os materiais utilizados foram capazes de transformar uma cozinha sem pretensões num espaço moderno e funcional. O desenho dos distintos elementos faz com que estes se adaptem da melhor forma ao espaço disponível, tirando-se o máximo partido de cada centímetro. A cozinha joga com acabamentos em branco que ampliam visualmente a cozinha e tornam-na numa área mais acolhedora. Detalhes originais como o candeeiro de tecto acrescentam personalidade ao estúdio.

Antes: uma sala de jantar desaproveitada

Adjacente à cozinha estava este espaço desperdiçado. A ideia do projecto era a de criar uma continuidade espacial, deixando livres áreas de circulação, mas sem sobrecarregar o ambiente. Veja o resultado na continuação.

Depois: máximo aproveitamento do espaço

Vemos na imagem como ficou o espaço junto à cozinha. Os arquitectos organizaram uma pequena e prática área de refeições que serve também como separador entre as distintas zonas da casa sem interromper a fluidez espacial.

Para esta zona, optou-se por uma mesa à medida sob o comprido que se insere num móvel com portas de correr com um generoso espaço de armazenamento que oculta também a televisão e outra tecnologia. A versatilidade de móveis como este é fundamental num apartamento com dimensões mínimas.  

Antes: janela com vista

Esta zona do apartamento estava desocupada e sem alma, apesar da grande janela que traz boas possibilidades e deixa entrar um generoso fluxo de luz natural. 

Depois: repouso absoluto

O propósito desta zona da casa era claro: criar uma área de descanso onde se pudesse desfrutar da paisagem e aproveitar ao máximo a quantidade de luz natural que entra pela janela e inunda todo o apartamento. Para o mobiliário e a decoração jogou-se com a pureza do branco, a calidez da madeira e a sofisticação do preto. Realce-se o toque especial que as almofadas trazem à zona de estar, tornando-a mais confortável e, ao mesmo tempo, requintada.

E… magia!

Questionava-se sobre onde estaria o quarto? Pois bem. O grande armário com portes de correr situado em frente à janela contém, na realidade, uma plataforma móvel onde se situa a cama. De forma simples e graças a um mecanismo bem desenhado, a cama baixa do tecto e fica suspensa sobre o sofá. E assim se transforma uma zona de dia numa zona de noite. Espaço a dobrar. Não é genial?

Vista a partir do sofá

Terminamos a visita a este apartamento com uma perspectiva do estúdio a partir do sofá de cabedal. Com a nova distribuição e decoração, o apartamento alcançou uma nova amplitude espacial, apesar da escassez de metros quadrados.

Incrível, certo? O que acha das soluções encontradas para aproveitar o espaço deste apartamento?
Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!