Casas modernas por Damien DESNOS

Casa de 135 m² tem boas soluções para aproveitar espaço

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Tem um orçamento pequeno para construir a sua casa? Neste artigo, vamos-lhe mostrar um projecto que deveria cumprir uma meta: a casa tinha que ser construída em apenas um nível e, para além das áreas tradicionais de serviço, tais como a cozinha e a casa-de-banho, devia ainda abrigar três quartos, um escritório e uma garagem dupla – tudo em 135 m² bem distribuídos. 

O projecto foi realizado em França pelos profissionais do gabinete de arquitectos Atelier Potentiel. Nas imagens que se seguem, poderá ver uma casa com detalhes que ainda precisam de ser refinados como é o caso do jardim. Porém, já se consegue ter uma boa ideia do que representa.

Vamos vê-la mais de perto?

Cada espaço com a sua hierarquia

A hierarquia dos espaços nesta casa é evidente à primeira vista. A ideia de colocar os telhados em níveis diferentes faz com que a casa tenha os seus ambientes bem divididos, até mesmo para quem a percepciona do lado de fora. O facto de os telhados serem inclinados é perfeito para evitar o acúmulo de água. Para o proprietário, era imperativo que a casa tivesse apenas um nível para uma fluidez perfeita entre divisões e não ter que subir escadas na sua velhice. 

Ora, as casas de um piso têm a desvantagem de utilizar muito espaço no solo o que pode criar um efeito de monobloco que enche visualmente o terreno sobre uma pequena parcela (de apenas 800 m²). A largura do terreno não era favorável a uma casa com estas características, logo o objectivo era evitar o efeito monobloco, evitar longos corredores que iriam fazer perder espaço e orientar as áreas para sul para se aproveitar o sol e se economizar energia e se obter uma vista omnipresente do jardim.

Os trabalhos de construção, realizados por uma empresa francesa, começaram em Maio de 2014 e terminaram em Setembro do mesmo ano. O custo foi de 240.000€. 

Ligação directa entre a garagem e a entrada da casa

A entrada é muito simples, mas agradável. Uma pequena cobertura protege este espaço da chuva e do sol e integra o acesso à garagem com a porta da frente, o que torna a chegada ainda mais prática. A geometria do telhado reflecte uma escala menor em relação aos outros espaços.

A relação entre os espaços​

A maneira como os arquitectos articularam geometricamente os espaços evidencia a hierarquia entre eles. No centro, está localizado o volume correspondente à área social da casa. Ele tem um destaque maior em relação a outros espaços que são áreas mais íntimas e, como tal, apresentam uma escala menor.

Luz em abundância

O espaço interior, mesmo sem mobília, mostra como o formato dos telhados gera uma linda entrada longitudinal de luz, e como, a par com as generosas janelas, compõe uma grande sala de estar. No que diz respeito às cores, a decoração privilegia o monocromático e usa o branco para as paredes, o preto nas esquadrias das janelas e o piso cinza que traz sobriedade ao ambiente.

Para entender melhor a arquitectura da casa

O layout da casa é muito bem definido. Conseguiu-se aproveitar uma grande área ao evitar os longos corredores que geram cantos residuais e realizam pequenas intervenções nos acessos. A sala é o núcleo da casa e um verdadeiro espaço social e a posição dela garante a privacidade dos quartos.

Feita para uma família

Nesta imagem podemos ver a diferenciação volumétrica dos usos da casa. O espaço social, que é a área de maior actividade, está conectado com as actividades domésticas comuns como cozinhar. Nas laterais estão a garagem e a lavandaria – as duas áreas estão vinculadas à parte exterior da residência. Este esquema de casa simples, mas muito bem distribuída, demonstra que não é preciso dispor de uma infinidade de metros quadrados para construir a casa perfeita para uma família.

Pequena, mas com tudo. O que acha do layout desta casa?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!