Casa perfeita no meio da natureza

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Localizada no interior do norte do Paraná no Brasil, esta habitação feita de materiais naturais como a madeira, pedra e vidro, tem como principais atractivos a natureza circundante e as zonas verdes.

O projecto foi desenvolvido pelo gabinete Morada Verde Arquitectura que procurou integrar o edifício habitacional à paisagem natural, de modo a preservar ao máximo a vegetação existente sem interferir negativamente na paisagem natural existente. Um desafio complexo.

Para isso, o projecto usou materiais naturais, principalmente a madeira e a pedra, além do vidro, para garantir a integração e a fusão dos ambientes internos com o espaço exterior. O resultado surpreendente poderá conferir nas imagens seguintes.   Convidamo-lo a conhecer com maior detalhe o projecto desta casa de madeira que se mistura com a paisagem natural, caracterizada pela vegetação nativa e árvores imponentes. Um símbolo da região, que confere ao cenário uma atmosfera única e de certa forma, idílica. 

Madeira e pedra

Apesar da madeira ser o material predominante, a habitação apresenta um aspecto diferente dependendo da perspectiva e é sem dúvida uma combinação de materiais distinta.

Deste ponto de vista, percebemos a presença ainda predominante da madeira, mas dividindo espaço com as superfícies em pedra. No pavimento do solo predomina o revestimento em pedra, enquanto no pavimento superior, excepto nas áreas molhadas (casas de banhos e cozinhas), predominam as superfícies revestidas a madeira. A combinação de materiais naturais reforça o aspecto rústico e natural do edifício.

Fachada e construção principal

Esta habitação não tem apenas a floresta nativa e original como paisagem circundante. Outras espécies foram plantadas depois para uma maior sensação de natureza.

Além da habitação principal ser constituída por uma estrutura de madeira e por paredes revestidas no mesmo material, e ainda pelo uso de pedra e vidro, existe uma mistura agradável entre o estilo moderno e o rústico.

A habitação possui ainda uma construção anexa que serve zona de lazer e proporciona aos habitantes momentos de confraternização durante todo o ano.

Em volta da habitação

O projecto procurou preservar as árvores existentes no terreno e integrá-las ao máximo ao projecto. Entre as diversas espécies à sua volta, destaca-se a imponente araucária. Esta árvore é sinónimo de riqueza e de singularidade. Têm também um papel fundamental no processo de desenvolvimento e regeneração de matas e florestas.

Quando localizadas em campos de pastagem de animais, agem como árvores que atraem aves que dispersam as semente e promovem a colonização do local. Porém, hoje em dia já não existe um numero tão elevado devido ao processo de urbanização e devastação das matas nativas.

Integração com a natureza

Deste ponto de vista, a habitação apresenta uma combinação de madeira e vidro. Esta combinação de materiais com qualidades contrastantes, como opacidade e transparência, rusticidade e modernidade, serve para valorizar as qualidades estéticas de ambos os materiais. 

Os amplos planos envidraçados evidenciam a espacialidade interior e revelam os tectos de pé direito duplo. As grandes janelas ligam a zona de estar com a paisagem exterior e integram-se na paisagem externa. Além disto, a casa e as janelas foram estrategicamente posicionadas, tirando o máximo partido da trajectória do sol e obviamente da luz natural.

Hall de entrada

Conforme notamos anteriormente, a entrada em casa caracteriza-se por um espaço imponente. O hall de entrada é marcado por um pé direito duplo e aqui percebe-se a vontade de integração do espaço interior com o exterior, ou seja, com a paisagem natural.

Graças aos imensos planos envidraçados é permitido um maior aproveitamento da luz natural.

Sala de estar

Na sala de estar bem como nos demais ambientes da habitação predominam as texturas e cores naturais dos materiais de revestimento. 

O destaque da sala de estar é a combinação da madeira, presente no piso, na estrutura e nas peças aparentes da cobertura, com o revestimento da parede em pedra. Esta combinação criou um ambiente rústico e aconchegante. Além disto, o mobiliário simples, como o sofá feito de fibras sintéticas e almofadas brancas, realçam a simplicidade e rusticidade do ambiente.

Casa de banho

As áreas molhadas/casas de banho fora da habitação são revestidas de pedras, enquanto no interior, a cerâmica é o material de eleição - com detalhes para  as pastilhas cerâmicas que dão personalidade ao ambiente. O espelho com moldura de madeira trabalhada dá um toque rústico à casa de banho. 

Um banho relaxante

O projecto da zona de banho procurou mais uma vez, a máxima integração com a paisagem externa.

 Não dispomos de fotos dos quartos, mas nesta imagem percebemos como as amplas janelas de madeira emolduram a paisagem natural e trazem a mesma para dentro do ambiente, tornando o banho ainda mais relaxante.

O revestimento cerâmico procurou a funcionalidade e practicidade, além de tornar o ambiente mais personalizado. Lá fora, as araucárias destacam-se no meio das demais árvores.

Área de lazer

Como já foi mencionado, uma das maiores atações da habitação é a área de lazer, composta por uma construção anexa, de estilo rústico. Os materiais usados na construção deste segundo edifício copiam os da habitação principal. A piscina convida a banhos e a dias passados neste imenso jardim relvado. As árvores causam privacidade e ainda protegem do vento.

Se gostou deste estilo de casa, vai adorar este: Nova em habitação do séc. XV.

Que achou desta casa no maio da natureza? Faz o seu género?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!