Remodelações: a transformação de 5 quartos!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Hoje, falamos-lhe de remodelações. Mostramos-lhe fotografias de “antes e depois” que foram, verdadeiramente, bem conseguidos ao ponto de nos fazer olhar duas ou três vezes para as imagens numa tentativa de perceber como “disto” se fez “aquilo”. São cinco quartos remodelados e projectados por designers e arquitectos portugueses que, com o seu talento, conseguem ver potencial no mais inóspito dos espaços. Por vezes, tudo o que faz falta é uma paleta cromática diferente, melhores têxteis de cama, a adição de objectos pessoais, um tema ou fio condutor, pontos de luz relevantes que tornem o ambiente acolhedor ou um soalho bem tratado.

Não temos o olho clínico dos nossos decoradores, mas vamos mostrar-lhe o que de melhor se faz em Portugal. Inspire-se. Quem sabe não encontra neste artigo a ideia de que precisava para dar uma cara nova ao seu quarto? Veja bem o antes, mas tire as ideias agora!

Antes, parte de um escritório

DOUBLE ROOM BEFORE:   por Home Staging Factory
Home Staging Factory

DOUBLE ROOM BEFORE

Home Staging Factory

Na fotografia, vê parte de um espaço de trabalho, posteriormente transformado num apartamento de aluguer a turistas pelas mãos da Home Staging Factory. A imagem deixa-nos perceber o grau de deterioração deste escritório. Nas paredes dentro dos armários são notórios os problemas de humidade e o chão está baço e desgastado. Para além disso, a falta de luz é evidente e a atmosfera sombria e desconfortável. Consegue visualizar um quarto aqui? Então, prepare-se.

Agora, um belo quarto

Double bedroom after:   por Home Staging Factory
Home Staging Factory

Double bedroom after

Home Staging Factory

Aqui está ele. Irreconhecível. O quarto aparece agora aberto o que deixa entrar luz natural, retirando-lhe o ambiente inóspito a que nos referíamos na fotografia posterior. Os armários brancos e antigos já não existem. Em vez deles, vemos um roupeiro leve e moderno com superfície lisa. O chão foi lixado e tanto as manchas de sujidade como os estragos entre as arestas desapareceram. É, agora, um soalho tratado, limpo e brilhante. As paredes quedaram-se brancas e a paleta cromática prevalecente é neutra. O único apontamento de cor no espaço aparece nos têxteis azuis. Ao fundo, temos ainda a oportunidade de ver uma pequena varanda com o pavimento revestido em mosaicos portugueses. Pois com certeza.

Um quarto infantil

Quarto Tropical | Antes:   por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Quarto Tropical | Antes

MUDA Home Design

Desta vez, deixamos-lhe um quarto intervencionado pela MUDA Home Design que já tão bem deve conhecer se acompanha regularmente a homify. A Madalena, criança que virou adolescente, já não se identificava com o seu quarto. Como perceberá, era um espaço ainda infantil com muitos peluches, motivos acriançados nas almofadas e sem uma direcção decorativa ou um esquema de cores definido. O conjunto era simples, mas sem graça, sem um carácter vincado.

Agora, pensado para uma mulherzinha

Quarto Tropical | Depois :   por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Quarto Tropical | Depois

MUDA Home Design

Até que depois, chegou a MUDA e, como não podia deixar de ser, tudo MUDou. O quarto pouco personalizado que acabou de ver tem agora um ponto de vista decorativo que reflecte as preferências estéticas de quem o habita. A Madalena explicou que pretendia um ambiente tropical reminiscente do sol, da praia e do calor. Seja feita a sua vontade. As paredes pintam-se agora num suave tom salmão, os quadros emolduram motivos estivais e há até, na almofada, um estiloso flamingo de óculos de sol. No zona de maquilhagem, o espelho tem uma moldura em forma de sol para que o dia amanheça cheio de luz. Gostamos muito desta transformação e apostamos que a Madalena também!

Frio e melancólico

Quarto Atmosfera - Antes:   por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Quarto Atmosfera – Antes

MUDA Home Design

É um quarto de casal com uma atmosfera um tanto ou quanto melancólica. Os móveis são escuros e pesados, os têxteis de cama limitam-se ao básico, as mesas de cabeceira não têm qualquer ponto de luz e, para além dos candelabros, que não funcionam neste contexto, não lhe encontramos qualquer outro pormenor decorativo que nos conte uma história ou que nos levante a ponta do véu sobre a personalidade de quem lá habita. Dito isto, estamos perante um quarto que parece apenas um local de passagem para dormir umas horas e não para desfrutar de um bom momento de lazer. Mas isso era antes.

Agora, suave e romântico

Quarto Atmosfera - Depois :   por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Quarto Atmosfera – Depois

MUDA Home Design

Depois, a MUDA Home Design aconteceu-lhe. Os móveis escuros saíram de cena para dar lugar a uma cama estofada num tecido leve, elegante e claro particularmente favorecido por via da subtil entrada de luz. As paredes, outrora brancas, são agora num bonito tom casca de ovo e rosa claro. Os têxteis escolhidos para “vestir” a cama revelam sensibilidade, cuidado e atenção ao detalhe. A cama fria e convencional que vimos na fotografia anterior é agora uma cama com um aspecto confortável, acolhedor e convidativo. E reparou nas mesas de cabeceira? Antes, vazias e despersonalizadas, agora com candeeiros coloridos que enriquecem o conjunto, velas para criar atmosfera – não é por acaso que este projecto se chama “quarto atmosfera” – e molduras para que o casal possa ter por perto momentos especiais “congelados” em fotografias. A cor é mesmo importante num espaço, assim como a capacidade de lhe darmos um bocadinho de nós. Mais um projecto bem sucedido.

Pesado e descaracterizado

Quarto Terra Colonial - Antes:   por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Quarto Terra Colonial – Antes

MUDA Home Design

Este quarto dividia-se entre o preto e o branco que, em certos espaços e circunstâncias, até podem funcionar muito bem juntos mas, aqui, não era o caso. É um quarto pequeno e a mobília pesa-lhe. Os têxteis escolhidos para fazer a cama não a favorecem, os pontos de luz passam despercebidos, as paredes brancas são tristes e vazias. Tal como no quarto anterior, não há aqui indícios de quem lá habita. Era, porém, um quarto com potencial num edifício com boas condições e que só precisava de mais cor, de mais personalidade, de mais MUDA. Sim, outra vez. Vamos ver como ficou.

Agora, leve e elegante

Quarto Terra Colonial - Depois :   por MUDA Home Design
MUDA Home Design

Quarto Terra Colonial – Depois

MUDA Home Design

Ei-lo. A cama e as mesas de cabeceira são exactamente as mesmas. No entanto, repare como saíram valorizadas com a adição de uma nova roupa de cama entre o bege e o branco e candeeiros dourados com pés bonitos e texturados, respectivamente. Os quadros na parede com fotografias pessoais e as molduras nas mesas de cabeceira propiciam identidade a um quarto que antes era completamente destituído dela. Porém, o que teve, possivelmente, mais impacto neste quarto foi mesmo a nova cor das paredes, entre o bege e o café com leite, um mais claro, outro mais escuro, a fazer um jogo de luzes e sombras que empresta profundidade e aconchego ao espaço. A forma como a luz dos candeeiros reflecte na parede também contribui para essa percepção. As cortinas brancas riscadas a preto foram substituídas por cortinas mais sóbrias, lisas e elegantes.

Um sótão poeirento

Chalé das Três Esquinas:   por Tiago do Vale Arquitectos
Tiago do Vale Arquitectos

Chalé das Três Esquinas

Tiago do Vale Arquitectos

Por fim, vamos até Braga conhecer o “Chalé das Três Esquinas” que, possivelmente por ter tanto esquina, era realmente um caso bicudo a pedir uma remodelação. Ao longo de 120 anos, o edifício sofreu “pequenas intervenções não qualificadas”, acabando por ficar pejado de compartimentos que o tornaram mais fechado para a rua e para a luz. Na imagem, vemos o piso superior, um sótão que foi posteriormente transformado numa zona de dormir. Veja como correu.

Agora, uma cobertura de luxo

Chalé das Três Esquinas: Quartos ecléticos por Tiago do Vale Arquitectos
Tiago do Vale Arquitectos

Chalé das Três Esquinas

Tiago do Vale Arquitectos

Ora aqui têm a cobertura que virou quarto e que nos prova que o sótão não é a divisão empoeirada que só serve para arrumar objectos que já não usamos. O sistema construtivo foi “mantido aparente, embora pintado de branco” o que lhe confere maior ligeireza e amplitude, afastando a ideia pré-concebida do sótão sombrio. Vemos, assim, as vigas em madeira que nos denunciam em que parte da casa estamos. Na homify interessam-nos intervenções em que se tenta manter a arquitectura original, valorizando-a, em detrimento de a destruir. A alcatifa cinzenta, velha e suja, foi substituída por um soalho em madeira bonito e tratado. A cama é adornada por uma rede cujo formato triangular acompanha o da arquitectura do lugar. Um projecto assinado pelo arquitecto Tiago do Vale.

Qual destas transformações o deixou mais surpreendido? Se pudesse, o que mudaria no seu quarto?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!