O caminho do minimalismo

Daniela Alves Daniela Alves
Loading admin actions …

A palavra minimalismo serve uma série de movimentos artísticos, bem como culturais e científicos que marcaram o século XX. Das artes visuais, à música, passando obviamente pela arquitectura a icónica expressão Menos é Mais de Mies van der Rohe, ainda hoje resume o conceito, cada vez mais evocado na contemporâneidade. O caminho do minimalismo é também o caminho da perfeição. No centro das preocupações estão a simplicidade, a depuração, a escolha do essencial em detrimento do acessório.

Como percorremos este caminho? É isso mesmo que lhe vamos mostrar.

A escolha de uma paleta cromática neutra, formas geométricas simples, móveis com um design directo, de linhas direitas, a recusa da ornamentação excessiva e muita área para viver em pleno a sua casa.

O nosso artigo de hoje está cheio de boas ideias para quem é adepto da estética minimalista.

Uma questão de organização

Sala de estar  por Pastoe
Pastoe

VISION ELEMENTS_COMBINATION VE24

Pastoe

Este armário compacto  sem puxadores serve muito bem uma casa de inspiração minimalista. Às cores protagonistas do minimalismo (preto e branco), a holandesa Pastoe juntou os tons pastel.

 Uma das exigências minimalistas é a organização, a arrumação. Tudo o que não está a ser usado, não precisa de estar à vista. Arrumar, liberta o espaço e a mente.

A sofisticação do simples

Esta Tris do estúdio do designer Luca Bassani resume na perfeição os conceitos minimalistas: pureza, transparência, luminosidade. Uma composição de autor que enche qualquer compartimento de carisma e personalidade.

Harmonia e equílibrio

  por Cocolapine Design
Cocolapine Design

Home staging Berlin

Cocolapine Design

O estilo minimalista terá surgido no período que se seguiu à Segunda Guerra Mundial, altura em que muitas pessoas perderam quase tudo e tiveram de reinventar-se e aprender a viver com menos. Hoje em dia, a razão de ser de uma casa minimalista tem outros fundamentos, mas os fins revelam-se idênticos. Numa sociedade marcada pelo consumo, a escassez de elementos e peças acessórias é uma opção para chegar à harmonia, ao equilíbrio. A casa deve ser uma extensão de nós mesmos: se optarmos por nos rodear apenas do essencial, chegamos também ao essencial da nossa vida.

O essencial

Munido apenas do essencial, este quarto acompanha as novas tendências sociais: um espaço despido de coisas a atrapalhar, permite-nos concentrar, relaxar, desligarmo-nos do mundo lá fora. A estética minimalista serve muito bem estes propósitos. A acompanhar a parca mobília, o revestimento das paredes e do piso em cores neutras.

Espaço de reflexão

Salas de estar minimalistas por C95 ARCHITEKTEN
C95 ARCHITEKTEN

Privathaus bei Berlin

C95 ARCHITEKTEN

Ambientes despojados, que albergam somente o que precisamos. No estilo minimalista a estética está ao serviço da funcionalidade e é na verdade o seu fim.  Depois, há quem acredito que a ideia do minimalismo é acima de tudo um modo de vida, um lifestyle, o que abre um mundo de possibilidades sobre as suas aplicações. 

Esta sala de estar projectada pelos arquitectos berlinenses C95 ARCHITEKTEN abre espaço à reflexão, à livre circulação de pessoas e ideias. Quem não sente falta de um mundo livre de excesso de informação, de conteúdos?

Elementar

Congresso das Garrafas: Adegas minimalistas por Tiago do Vale Arquitectos
Tiago do Vale Arquitectos

Congresso das Garrafas

Tiago do Vale Arquitectos

A arquitectura de Tiago do Vale, arquitecto Português, é sobretudo inspirada ’em torno dos temas da luz, do bem-estar, da função, do contexto e significado culturais, nas formas e texturas, na ergonomia e na escala humana: uma arquitectura clara que conta uma história reconhecível’, lê-se na sua apresentação. Ora, este projecto, O Congresso das Garrafas, vem mesmo a propósito do nosso tema de hoje. Um espaço amplo que alberga mais de mil garrafas diferentes, sem se perder com o acessório.

Funcionalidade e perfeição

Cozinhas minimalistas por homify

Sofisticadas, modernas, práticas, mas acima de tudo, ultra funcionais. Assim se querem as cozinhas. Nas cozinhas o estilo minimalista reflecte-se nos armários lacados, no uso de materiais como a madeira, o vidro, o inox, a mármore, no piso exemplarmente polido em betão, pedra ou ladrilho natural.

A ilha de cozinha — que arruma e esconde tudo o que não precisamos  é um must-have. Nesta, a opção monocromática deixa o essencial ganhar expressão, criando um ambiente depurado. Uma boa maneira de chegar perto da perfeição.

Que tal as nossas sugestões? Gostava de introduzir o estilo minimalista em sua casa?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!