Quais os melhores bancos para uma cozinha americana?

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

As cozinhas americanas são cada vez mais utilizadas. Ter uma ilha é ampliar o espaço de preparação de alimentos e de refeições. Não é, então, menos importante, escolher umas cadeiras que estejam a altura. À altura em termos de beleza e conforto. E em altura literalmente visto que as cadeiras que encontramos a ladear as ilhas têm pés altos a lembrar as que vemos nos balcões de um bar. Através de peças tão simples como as cadeiras podemos mesmo elevar, do ponto de vista decorativo, a nossa cozinha. Escolha-as em branco. Escolha-as em metal. Escolha-as modernas. Escolha-as em acrílico ou uma de cada cor.  Mas escolha acertadamente e certifique-se que acrescentam alguma coisa ao seu espaço. Um contraste, um toque de humor, de cor ou de jovialidade. 

Toda a gente sabe, porém, que uma escolha mesmo, mesmo acertada, só se faz depois de ler os artigos da homify! Por isso, leia mais este.

Transparentes

O vidro e a fibra de vidro são materiais de inegável elegância e leveza visual. Para uma cozinha americana onde a madeira e o tijolo são os materiais prevalecentes, a utilização de uma mistura entre a fibra de vidro – ou, se preferir, acrílico – e o metal é uma forma inteligente de elevar a decoração sem sobrecarregar o ambiente com objectos demasiado pesados. O exemplo da imagem é perfeito. As cadeiras elegantes, sóbrias e leves encaixam na perfeição nesta divisão, sem a oprimirem ou recolherem para si todo o destaque.

A energia do amarelo

cozinha da imagem integra um apartamento brasileiro desenhado para um casal de jovens. A paleta cromática assim o denuncia. A ilha de cozinha e mesa reúnem-se num só volume disposto ao comprido e as cadeiras de design moderno dividem-se entre o branco e amarelo formando um conjunto que tem, por certo, a frescura de terras de Vera Cruz. Se acha que a sua casa precisa mesmo de cor, mas não quer exagerar, considere a adição de apontamentos tão simples quanto umas cadeiras amarelas! Aqui, as cadeiras não são altas, mas sim do tamanho normal, visto que a mesa foi acrescentada ao balcão a um nível mais baixo e, por isso, mais cómodo para refeições mais longas.

A lembrar um cartoon

A forma enviesada destes bancos e a cor branca compõem como que um desenho no pano de fundo preto que é o balcão. Os bancos assumem, desta forma, um contraste importante na cozinha e um detalhe divertido que é a primeira referência para o nosso olhar. As linhas dinâmicas quase nos sugerem que as cadeiras estão a dançar. O resultado desta combinação é uma cozinha moderna e sofisticada, mas com sentido de humor o que também importa nestas andanças decorativas.

Branco minimalista

A leveza, a sensação de limpeza dos brancos e a robustez e impacto dos metais emprestam a este espaço uma mistura ente o industrial e o moderno. Os bancos, como parte dessa mesma decoração e como objecto de elevada importância numa cozinha destas características, podem surgir enquanto elemento de ligação. Os eleitos para ladear a ilha de cozinha são finos e discretos, fáceis de arrumar, não impeditivos de uma boa circulação e de linhas modernas.

O impacto do vermelho

Os bancos com assento em forma de ovo são uma solução esteticamente interessante e divertida para uma cozinha jovem e colorida. Assentam em três pernas metalizadas que condizem com os pormenores, também eles em metal, do balcão e frigorífico. No meio de uma cozinha que se desenha com linhas rectas e longas, os bancos acabam por ser um elemento de contraste pelas linhas curvas e formas mais ergonómicas que apresentam e que criam, assim, mais conforto para quem neles se sentar.

Para uma ilha rústica

Uma decoração mais rústica não dispensa a madeira, um material resistente e quente que torna qualquer atmosfera mais acolhedora. Esta cozinha não é excepção e a madeira surge nas gavetas, na caixilharia do armário embutido e, claro, nos bancos de apoio à ilha. São singelos, mas robustos a lembrar o ambiente boémio de um pub. O chão em mosaico sobre o qual estão pousados fazem-nos sobressair ainda mais no conjunto. É uma espécie de ouro sobre azul e funcionam ambos tão bem na sua simplicidade.

Como uma caixa de lápis de cor

Cozinhas industriais por MOB ARCHITECTS
MOB ARCHITECTS

MACHIAVELLI

MOB ARCHITECTS

Num espaço em que os tons neutros predominam, nada como recorrer a detalhes coloridos para intervalar a sobriedade. É o caso desta cozinha moderna onde encontramos uma ilha – cirurgicamente instalada sob o mezanino o que é curioso em termos arquitectónicos – rodeada por coloridos bancos que, quase sem querer, acabam por tomar de empréstimo todo o protagonismo. Inspire-se nesta imagem e reproduza aí por casa um conjunto como este. Verá que o seu recanto ganhará outra vida.

Simbiose perfeita

A elegância e o conforto não são características associadas apenas aos espaços de relaxamento de sua casa como a sala ou o quarto. Também a cozinha, sendo uma área tão especial e onde passamos tanto tempo, deve transmitir sensações positivas para que nos sintamos bem. Para que isso seja possível, todos os pormenores importam. Na imagem, os bancos de cozinha consubstanciam a estética da clássica cadeira de sala estofada e de um alto e esguio banco de balcão. É uma simbiose interessante e singular que se evidencia numa cozinha em que a contemporaneidade é pedra basilar tanto nos armários, como no betão exposto na parede. 

Como que camuflados

Apartamento na Lapa: Cozinhas modernas por RRJ Arquitectos
RRJ Arquitectos

Apartamento na Lapa

RRJ Arquitectos

Num espaço de tons relativamente escuros, a utilização de materiais brilhantes ou transparentes é uma forma sensata de conferir leveza à decoração e de lhe dar um maior foco de luz e brilho. No caso da imagem, os bancos, de linhas elegantes, são quase imperceptíveis, no sentido em que se fundem com a cor e a textura da madeira. O material com o qual foram concebidos distribui pelo espaço algum do brilho reflectido pela luz que perpassa a janela . 

Ergonómicas

Casa Mar - Avanca: Cozinhas modernas por a3mais
a3mais

Casa Mar – Avanca

a3mais

E acabamos tão bem com um exemplo português – proposta da A3MAIS - desta cozinha branca aberta para a sala de estar. Ao balcão juntam-se quatro bancos, também eles brancos, com linhas sinuosas, acabamento brilhante e pé metalizado a cujo formato lembra a base de um copo. Repare como os bancos têm um suporte para pousar os pés o que os torna mais confortáveis. Um design minimalista e elegante que, em conjunto com o balcão e os armários, cria um contraste agradável com o chão, em tons mais escuros.

Diga lá se não achou estas cozinhas verdadeiramente encantadoras? Que conjunto de bancos mais o atraiu? 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!