Salas de jantar modernas por RAFAEL SARDINHA ARQUITETURA E INTERIORES

Roubamos 7 ideias de um apartamento de 60 m²

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Neste livro de ideias, mostrar-lhe-emos um bonito e pequeno apartamento de 60 m² que utilizaremos para mostrar todas as fantásticas ideias que foram usadas para tornar este espaço mais funcional. Decorar uma casa pequena pode ser um desafio, mas, com soluções criativas e inteligentes, é possível enganar os sentidos e fazer com que espaços pequenos pareçam maiores. 

As ideias que lhe vamos deixar são, portanto, úteis para casas pequenas, embora também se possam adaptar a divisões pequenas que pertencem a casas grandes.

Tome nota.

Móveis adaptados ao espaço

Começamos pela sala de estar onde podemos realçar os móveis que possuem as dimensões ideais para o espaço disponível. O sofá tem o tamanho adequado, assim como o pequeno móvel de madeira que serve como apoio à televisão e se desenvolve ao longo da sala, dando-lhe profundidade.

Use tons claros para ajudar a ampliar a percepção do espaço. Esta é uma proposta conhecida que funciona sempre.

Evite separações exageradas

Quando habitamos um espaço pequeno, devemos evitar construir divisões desnecessárias. É muito mais recomendável fazer com que os espaços surjam conectados, numa lógica de plano aberto, para facilitar a circulação e o convívio dentro dos mesmos. 

Tudo guardado é melhor

Quanto temos uma cozinha pequena, é aconselhável manter tudo arrumado e organizado para assim libertar espaço para circular e cozinhar. O facto de os alimentos e utensílios estarem guardados evita que se acumule um conjunto de pequenas informações que mais não fazem do que criar ruído visual e fechar o espaço.

Empregue várias texturas

Utilizar texturas é uma boa opção para emprestar personalidade a um espaço e uma excelente forma de o enriquecer com pequenos detalhes, tal como se pode ver na fotografia que nos mostra que as cadeiras possuem um trabalho entrelaçado que as valoriza. Contudo, não deve abusar no recurso a texturas. Embora confiram um interesse acrescido às divisões, podem também sobrecarregá-las se usadas excessivamente e, assim, ter o efeito oposto do pretendido.

Escolher uma boa luz

A iluminação é um ponto essencial na criação da atmosfera de um espaço, podendo mesmo ser determinante em termos estéticos. A luz pode realçar o melhor ou o pior de cada área pelo que deve ser distribuída de forma cirúrgica. Na fotografia acima, pode ver uma pequena área de trabalho com um excelente projecto de luminotecnia, mas que também possui uma ampla janela que deixa entrar luz natural e suave através da cortina.

Tons suaves para repousar

O quarto é a divisão do descanso por excelência. Logo, deve ser pintado com a cor adequada. Para este espaço, privilegie uma cor que inspire e acalme os sentidos e que o convide a repor energias. Sugerimos tons pastel e quentes que podem ser combinados com branco.

Materiais criativos para estimular os sentidos

Numa casa de banho pequena, a pastilha é uma boa ideia. O tamanho deste material, também ele pequeno, favorece divisões com estas características. Deve evitar placas de cerâmica largas que se vão repetir poucas vezes no espaço, reforçando a sua dimensão exígua. Pelo contrário, os mosaicos não só evitam que isso aconteça, como ainda trazem cor e textura ao ambiente.

Um projecto dos arquitectos de interiores Rafael Sardinha Arquitetura e Interiores.

Vai pôr em prática alguma destas ideias? Diga-nos qual - ou quais! - na caixa de comentários.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!