Casas de banho mediterrânicas: fotos, inspiração e design

  1. Remodeling in Beja: Casas de banho mediterrânicas por Grupo Norma
    Ad
  2. Apartamento Village Marina – Olhão – Apartment in Village Marina – Olhão: Casas de banho mediterrânicas por Ivo Santos Multimédia
  3. Precisa de ajuda com a sua casa de banho?
    Precisa de ajuda com a sua casa de banho?
  4. Riad Paris & Fahd em Marraquexe: Casas de banho mediterrânicas por Protega
  5. Casa de banho em microcimento e azulejo feito à mão.: Casas de banho mediterrânicas por Atelier  Ana Leonor Rocha
  6. Apartamento de Luxo no Pine Cliffs: Casas de banho mediterrânicas por Beatriz Santos - Real Estate & Lifestyle Photography
  7. Apartamento de Luxo no Pine Cliffs: Casas de banho mediterrânicas por Beatriz Santos - Real Estate & Lifestyle Photography
  8. Precisa de ajuda com a sua casa de banho?
    Precisa de ajuda com a sua casa de banho?
  9. Apartamento de Luxo no Pine Cliffs: Casas de banho mediterrânicas por Beatriz Santos - Real Estate & Lifestyle Photography
  10. Apartamento T2 Alto São João - Lisboa: Casas de banho mediterrânicas por EU LISBOA
  11. Prédio Alfama para arrendamento turístico - Lisboa: Casas de banho mediterrânicas por EU LISBOA
  12. Prédio Alfama para arrendamento turístico - Lisboa: Casas de banho mediterrânicas por EU LISBOA
  13. Prédio Alfama para arrendamento turístico - Lisboa: Casas de banho mediterrânicas por EU LISBOA
  14. Prédio Alfama para arrendamento turístico - Lisboa: Casas de banho mediterrânicas por EU LISBOA
  15. : Casas de banho mediterrânicas por Design Studio Yuriy Zimenko
  16. Apartamento T2 Avenidas Novas: Casas de banho mediterrânicas por EU LISBOA
  17. T2BellaVista RENOVATIO: Casas de banho mediterrânicas por casasrenovatio
  18. T2BellaVista RENOVATIO: Casas de banho mediterrânicas por casasrenovatio
  19. Riad Paris & Fahd em Marraquexe: Casas de banho mediterrânicas por Protega
  20. Apartamento T2 Sta. Maria Belém: Casas de banho mediterrânicas por EU LISBOA
  21. Apartamento T2 Sta. Maria Belém: Casas de banho mediterrânicas por EU LISBOA
  22. Casa de banho em microcimento e azulejo feito à mão.: Casas de banho mediterrânicas por Atelier  Ana Leonor Rocha
  23. Apartamento Village Marina – Olhão – Apartment in Village Marina – Olhão: Casas de banho mediterrânicas por Ivo Santos Multimédia
  24. Alojamento local Praia da Barra: Casas de banho mediterrânicas por Miguel Marnoto - Fotografia
  25. Alojamento local Praia da Barra: Casas de banho mediterrânicas por Miguel Marnoto - Fotografia
  26. Casa de Banho: Casas de banho mediterrânicas por Pedro Queiroga | Fotógrafo
  27. Casa Vermelha: Casas de banho mediterrânicas por EXTRASTUDIO
  28. : Casas de banho mediterrânicas por Grupo Norma
    Ad
  29. : Casas de banho mediterrânicas por Grupo Norma
    Ad
  30. : Casas de banho mediterrânicas por Grupo Norma
    Ad
  31. Casa de banho: Casas de banho mediterrânicas por Rafael da Cruz, Sociedade de Construções Lda
  32. Projeto Casa de Banho Comum | Varandas do Mar | Areia Branca: Casas de banho mediterrânicas por Marta Nobre Arquitectos, Lda
  33. Casa de Banho Nº 9: Casas de banho mediterrânicas por Nós-Norte

Numa casa de banho o estilo mediterrânico garante sempre uma atmosfera de simples funcionalidade e de modesta harmonia. Os tons de azul e branco do mar Mediterrâneo inspiram espaços abertos e frescos, de manutenção simples, sempre com uma ligação estreita à natureza através da escolha dos materiais. Tijolo, azulejo, pedra calcária, mármore e madeira são os materiais que melhor caracterizam estes espaços, sempre com um tom ligeiro e um pouco rústico. 

Se quer ter uma casa de banho ao perfeito estilo mediterrânico nem sequer precisa de ter uma casa nesse estilo, e muito menos perto do mar, basta que seja uma casa onde a simplicidade é valorizada. No entanto, embora a simplicidade seja uma característica apreciada, pode não ser muito fácil enquadrar um estilo tão fresco e despojado em qualquer casa. Por este motivo a execução do design duma casa de banho mediterrânica pode requerer alguma sensibilidade para manter toda a funcionalidade e conforto sem perder as características do conceito base. 

Para o inspirar a desenhar a sua própria casa de banho mediterrânica, a homify seleciona para si milhares de imagens de projetos concebidos pelos melhores profissionais. É só explorar, criar livros de ideias, guardar as imagens que melhor definem o seu gosto, deixar os comentários sobre as características que mais aprecia no espaço, e começar a desenhar e construir. Fácil, não é verdade? 

Bem pode não ser assim tão fácil, pelo menos a parte do planeamento e da construção. Se precisa se ajuda aqui também vai encontrar os contactos dos designers de casas de banho, construtores, assentadores de pavimento entre outros profissionais essenciais para ter a sua casa de banho de sonho.

As loiças e o mobiliário de uma casa de banho mediterrânica 

Neste campo a modernidade anda de mãos dadas com a tradição. Os móveis de uma casa de banho mediterrânica podem ser muito simples, mas não podem deixar de assegurar muita arrumação e funcionalidade. Assim, se optar por móveis de linhas simples, modernas, não vai errar muito, mas é preciso que sejam em madeira, brancos, ou construídos de alvenaria ou diretamente de cimento (estes dois últimos proporcionam um estilo um pouco mais rústico). 

Também pode optar por adaptar antigas bancadas de trabalho rústicas, pintá-las de azul-céu, e colocar os lavatórios sobre elas. Imagine que bem ficará se os lavatórios forem em forma de taça a sobressair!  E por falar em lavatórios… Neste estilo é quase mandatório que sejam brancas, embora consiga produzir o estilo pretendido com pias esculpidas em pedra calcária, ou feitas de cimento, com caráter rústico-chique.

As paredes e o chão 

Nas paredes o branco da espuma do mar deve emprestar toda a sua pureza ao ambiente, mas não deve estar sozinho. Azulejos com padrões geométricos ou florais, retro, especialmente em tons de azul são o complemento perfeito para vivificar a frescura do branco, mas se acha que fica demasiado agressivo experimento colocá-los apenas numa secção das paredes, fazendo uma linha longitudinal a toda a volta ou como apontamentos de cor sobressaindo do branco. 

O azul não é obrigatório, mas se for a sua escolha não irá errar. E se decidir por azulejos tradicionais Portugueses, com desenhos azuis e amarelos garantimos um estilo mediterrânico irrepreensível, sobretudo como elementos de destaque sobre branco, como referido. Também pode conseguir um bom efeito com outras cores neutras, como o bege, o verde-água ou o cinzento muito claro. Um resultado original pode ser conseguido com uma parede coberta até metade na diagonal por azulejos hexagonais azuis, formando uma espécie de colmeia, e mantendo a restante porção de parede em branco. 

Os azulejos não são revestimentos fundamentais, mas são a escolha mais comum para obter o estilo mediterrânico. Também pode optar por placas de pedra calcária, bege, por microcimento afagado, ou por mármore. 

No chão as tijoleiras são rainhas. Frias e vidradas, podem ser cor de terracota para um estilo mediterrânico mais rústico, típico do nosso Algarve, mas também as pode escolher em cinzento claro, bege claro ou ousar os padrões arrojados, de preferência com reminiscências tradicionais. 

Se preferir algo mais elegante escolha o mármore travertino ou a pedra granítica, esta de preferência com alguma rugosidade. 

A madeira natural é uma opção para complementar o estilo mediterrânico, sobretudo em casas de banho de casas em zonas mais frias e nórdicas, para acrescentar algum calor ao ambiente.

A decoração 

É nos acessórios que pode soltar o decorador que há em si! Pode decorar a sua casa de banho com todos os elementos que lhe façam lembrar o mar, a praia e o sol. Cabides de madeira reciclada da maré, cordas de amarração de barcos, um pouco de rede de pesca, uma concha grande, uma cadeira de madeira e vime, uma saboneteira de pedra esculpida… Cestos de vime rústicos são excelentes acessórios decorativos e funcionais. 

E não se esqueça dos espelhos! Redondos, com ou sem molduras, os espelhos são fundamentais para dar mais luz ao espaço, transformando até um pequeno cubículo num ambiente visualmente amplo. Em combinação com o azul que já exista terá o infinito do mar na sua casa. 

Os candeeiros não devem ser um elemento muito visível no ambiente, sendo preferível a iluminação ficar embutida por detrás de espelhos ou móveis, incidindo de forma indireta. Mas se ficarem à mostra, deve fazer deles parte integrante da decoração, usando por exemplo luminárias em forma das antigas gambiarras dos navios. 

Ponha a sua criatividade à prova!