Armários de cozinha: inspiração, fotos e projetos de interiores

  1. Cozinhas e ilha: Armários de cozinha  por Jesus Correia Arquitecto
    Ad
  2. Moradia Unifamiliar – Viela dos Longos, Sintra [2018]: Armários de cozinha  por núcleo B arquitetos
  3. Precisa de ajuda com o projecto de sua casa?
    Precisa de ajuda com o projecto de sua casa?
  4. Casa 7Bicas: Armários de cozinha  por Guillaume Jean Architect & Designer
  5. RUSTICASA | Casa "Reciclada" | Vila Nova de Cerveira: Armários de cozinha  por Rusticasa
  6. Lacado Branco, Granito e Inox: Armários de cozinha  por Moderestilo - Cozinhas e equipamentos Lda
    Ad
  7. Cozinha: Armários de cozinha  por Fabio Pereira & João Fraga, Arquitetos
  8. Precisa de ajuda com o projecto de sua casa?
    Precisa de ajuda com o projecto de sua casa?
  9. RUSTICASA | Casa do Brezo | Paredes de Coura: Armários de cozinha  por Rusticasa
  10. Ocean Villas | Living Concept at Ribamar | Ericeira: Armários de cozinha  por DR Arquitectos
    Ad
  11. Habitação M&S: Armários de cozinha  por Fabio Pereira & João Fraga, Arquitetos
  12. Kitchen furniture: Armários de cozinha  por KUUK
  13. RUSTICASA | Casa do Brezo | Paredes de Coura: Armários de cozinha  por Rusticasa
  14. Cozinha: Armários de cozinha  por IAM Interiores
    Ad
  15. Habitação Unifamiliar Isolada T4 com Piscina - Defined LOOP: Armários de cozinha  por Office of Feeling Architecture, Lda
    Ad
  16. COZINHAS: Armários de cozinha  por Maria José Faria Interiores Ldª
    Ad
  17. (Not Red) White and Blue: Armários de cozinha  por Moderestilo - Cozinhas e equipamentos Lda
    Ad
  18. Cozinha: Armários de cozinha  por EMME Atelier de Interiores
    Ad
  19. 3 em 1 : Armários de cozinha  por Moderestilo - Cozinhas e equipamentos Lda
    Ad
  20. Ilha de cozinha prática e funcional: Armários de cozinha  por Area design interiores - cozinhas em Braga
  21. RUSTICASA | Casa "Reciclada" | Vila Nova de Cerveira: Armários de cozinha  por Rusticasa
  22. Excelência e bom gosto de mãos dadas! Casa mobilada com Velharias de Janas: Armários de cozinha  por Pedro Queiroga | Fotógrafo
  23. Cozinha: Armários de cozinha  por Estúdio AMATAM
  24. COZINHAS: Armários de cozinha  por Maria José Faria Interiores Ldª
    Ad
  25. RUSTICASA | Rancho no Alentejo | Évora: Armários de cozinha  por Rusticasa
  26. Remodelação de Cozinha Rio Douro : Armários de cozinha  por MOBEC
    Ad
  27. Apartamento T2 Lisboa - Penha França: Armários de cozinha  por EU LISBOA
  28. Cozinha: Armários de cozinha  por Estúdio AMATAM
  29. Hangree Kitchen: Armários de cozinha  por EMME Atelier de Interiores
    Ad
  30. Cristaleira: Armários de cozinha  por Rodrigo Becker _ Arquitetura
  31. COZINHAS: Armários de cozinha  por Maria José Faria Interiores Ldª
    Ad
  32. Cozinha Panoramica: Armários de cozinha  por Pedro Queiroga | Fotógrafo
  33. Armários de cozinha  por homify

Como instalar armários de cozinha 

Primeiro garanta que as paredes, chão e teto, estão aptos para a instalação: 

- Torne a parede o mais regular e lisa possível, preenchendo as irregularidades, ou use calços para preencher falhas e corrigir ângulos (podem ser pedaços de madeira, ou contraplacado com o tamanho necessário para colmatar o tamanho da falha. Use um nível de bolha de ar para verificar a uniformidade das paredes, marcando as irregularidades. Se for necessário reparar situações mais complicadas, ou tiver dificuldades neste tipo de trabalhos o melhor será contratar um profissional. 

- Verifique o nivelamento do chão com um nível de bolha para assegurar que haverá espaço para as pernas ou rodapés por baixo dos armários. Marque as áreas onde vai instalar os armários baixos ou altos. Encontre o ponto mais alto e o mais baixo do chão, e use uma caneta para marcá-los na parede. 

- Verifique os ângulos dos cantos com um esquadro de encosto, verificando se fazem um ângulo reto. Se a distância do esquadro à parede for superior a 6mm peça ajuda a um profissional para fazer os ângulos. Nas cozinhas em U, meça vários pontos entre paredes opostas para confirmar se são paralelas. 

Quando o local da instalação estiver nas condições ideais passe à instalação dos armários: 

- Faça uma linha na parede 141 cm acima do ponto mais alto do chão. Esta vai ser a sua guia para as perfurações, marcando a extremidade inferior dos armários de parede. 

- Comece por um armário de canto, alinhando o armário com a linha que traçou e marque os locais onde ficarão as furações.

- Faça as perfurações usando, ferramentas, ferragens e parafusos adequados ao tipo de material da parede. Introduza as buchas e aparafuse um dos parafusos até meio. 

- Coloque o armário nesse parafuso e alinhe o armário com a ajuda de um nível de bolha; 

- Repita o procedimento para o armário seguinte, alinhando-o com o primeiro, e faça o mesmo a todos os outros, alinhando cada um deles com o anterior. Use os grampos para ajustar temporariamente os armários contíguos, colocando um pedaço de madeira sob estes para não danificar o material. 

- Ligue todos os armários uns aos outros com parafusos de ligação próprios. 

- Dê um aperto final em todos os parafusos e passe à fase de instalar portas e gavetas, segundo as instruções do fabricante. 

Instalar armários de cozinha é um trabalho minucioso que requer alguns conhecimentos técnicos de preferência alguma prática em bricolagem, pelo que se não se sente capaz o melhor mesmo é contratar a instalação à empresa fornecedora!

Materiais e preços 

Os materiais mais usados em armários de cozinha são a madeira (natural, MDF ou laminada) e o aço inoxidável. Muitas vezes a estrutura interior dos armários é em contraplacado ou MDF laminado e só as portas são em madeira natural devido ao seu preço, mas nas cozinhas mais luxuosas e refinadas continua a ser o material mais cobiçado. 

Entre estes materiais a variedade, e portanto a gama de opções, é imensa: 

- Madeiras naturais 

A escolha da madeira para os seus armários vai ser ditada pelo seu estilo e gostos pessoais em relação à cor, ao grão e ao acabamento de construção. E garantimos que madeiras diferentes conseguem criar ambiente totalmente diferentes. 

Carvalho vermelho - é uma madeira resistente e durável, com um grão grosso com um preço atraente. É muito apreciada em cozinhas pelo tom rico que oferece. 

Carvalho branco – esta madeira é mesmo muito resistente, ainda mais do que a anterior, com grande beleza. 

Bordo – é uma madeira com uma belíssima cor clara, mais cara e menos densa do que a de carvalho, mas perfeita para conseguir um ambiente moderno, muito clean, 

Nogueira Americana – é uma madeira mais leve que o carvalho, mas semelhante em padrão e força, tem um acabamento natural muito apreciado. É perfeita para parede que suportam menos carga. 

Cerejeira – é uma madeira escura e sumptuosa, mas frágil ao embate. Dá uma personalidade contemporânea, e um acabamento suave ao espaço, escurecendo com a idade. 

Bétula – é uma madeira muito durável, mas também muito cara. É durável, tem grão fino, e é apenas ligeiramente mais escura do que o bordo. 

Freixo – madeira forte e muito durável com uma cor clara, embora não tanto como a bétula ou o bordo. 

Pinho - é a única madeira macia usada para armários, tem uma interessante cor amarelo pálido com nós distintivos. Racha com relativa facilidade.

- Madeiras exóticas 

Aqui entramos na atmosfera do luxo e da exclusividade. As madeiras exóticas são belíssimas, sumptuosas, com cores ricas e texturas aveludadas, mas o seu preço torna-as proibitivas para a maior parte dos consumidores. 

Mogno – esta madeira tem um característico tom rico, avermelhado, que facilmente se aviva. É uma madeira lindíssima. 

Nogueira – com um tom muito característico, que vai desde o castanho-escuro ao preto purpúreo, esta madeira é muitíssimo apreciada para ambientes elegantes e sofisticados. 

Ébano – é provavelmente a madeira mais escura que se conhece, com grãos negros e castanhos, é mais adequada para criar detalhes decorativos. 

- Laminados 

Os laminados podem ter praticamente qualquer tipo de acabamentos, no que respeita a cores, padrões e texturas, e por isso apresentam uma solução mais barata para ter a cozinha com aquela madeira que tanto adora. 

Este material é resistente a manchas, é durável e fácil de limpar mas é quase impossível de reparar se acontecerem danos. É feito de lâminas em camadas diferentes, com um revestimento plástico (as camadas são pressionadas e unidas sob temperaturas altas). 

Pode ser coberto ou revestido com acabamento em aço inoxidável, latão ou madeira (o tão conhecido laminado de madeira).

- Aço inoxidável 

Hoje em dia é quase uma norma encontrar detalhes em aço inoxidável nos designs de cozinhas. Este material proporciona um tom moderno, elegante ou industrial à sua cozinha, pontuando com alguns elementos brilhantes. É durável, higiénico e fácil de limpar, mas mostra logo as impressões de dedos e mãos, além de deixar ver bem os arranhões e amassadelas. O aço inoxidável é uma boa escolha para cozinhas ao ar livre, porque resiste bem aos elementos (humidade incluída). 

Que tipo de armários devo usar na minha pequena cozinha? 

Como numa cozinha pequena o espaço não é muito, os armários devem ser pensados em consonância, não devendo ser muito volumosos. Considere instalar armários pequenos e mais estreitos, tanto nas paredes como no chão, para que possa sobrar um pouco de espaço para instalar uma pequena ilha de cozinha. 

Opte por móveis multifuncionais, que combinem duas ou mais funções, como uma mesa que serve de bancada e tem também gavetas para os talheres, por exemplo. A melhor solução para que os elementos se adaptem na perfeição ao espaço é mandar fazer armários à medida, ao invés de comprar módulos já feitos. 

Anexar prateleiras, ganchos, ou calhas no interior das portas dos armários pode permitir-lhe aumentar substancialmente o espaço de armazenamento de alimentos ou de arrumação de utensílios de cozinha.  Use tons mais claros para criar uma sensação mais aberta e arejada nos espaços mais pequenos.