Espaços escandinavos: fotos, inspiração e design

  1. Showroom: Lojas e espaços comerciais  por BORAGUI - Design Studio
    Ad
  2. Showroom: Lojas e espaços comerciais  por BORAGUI - Design Studio
    Ad
  3. Bancos Bar: Bares e clubes  por J. F. LOUREIRO DOS SANTOS, UNIPESSOAL, LDA
  4. Cadeiras: Bares e clubes  por J. F. LOUREIRO DOS SANTOS, UNIPESSOAL, LDA
  5. Mesas: Bares e clubes  por J. F. LOUREIRO DOS SANTOS, UNIPESSOAL, LDA
  6. Bancos: Bares e clubes  por J. F. LOUREIRO DOS SANTOS, UNIPESSOAL, LDA
  7. Quarto: Hotéis  por Larforma
  8. Quarto: Hotéis  por Larforma
  9. Quarto: Hotéis  por Larforma
  10. Quarto: Hotéis  por Larforma
  11. Area de Refeições: Hotéis  por Larforma
  12. Quarto: Hotéis  por Larforma
  13. HarBar: Hotéis  por Larforma
  14. HarBar: Hotéis  por Larforma
  15. Terraço: Hotéis  por Larforma
  16. Luxury Hotel & Spa in Southampton Harbour.: Hotéis  por Larforma
  17. Pastelaria Lamego: Espaços de restauração  por Homestories
    Ad
  18. Pastelaria Lamego: Espaços de restauração  por Homestories
    Ad
  19. Pastelaria Lamego: Espaços de restauração  por Homestories
    Ad
  20. Pastelaria Lamego: Espaços de restauração  por Homestories
    Ad
  21. Pastelaria Lamego: Espaços de restauração  por Homestories
    Ad
  22. Pastelaria Lamego: Espaços de restauração  por Homestories
    Ad
  23. Pastelaria Lamego: Espaços de restauração  por Homestories
    Ad
  24. Pastelaria Lamego: Espaços de restauração  por Homestories
    Ad
  25. A sala de reuniões e a área de trabalho: Escritórios  por IAM Interiores
    Ad
  26. Zona de trabalho: Escritórios  por IAM Interiores
    Ad
  27. Recepção e atendimento ao público: Escritórios  por IAM Interiores
    Ad
  28. Zona de trabalho : Escritórios  por IAM Interiores
    Ad
  29. Unique Chiado Lisboa: Hotéis  por VPVA - 3D/ArchViz  and Architecture
  30. Unique Chiado Lisboa: Hotéis  por VPVA - 3D/ArchViz  and Architecture
  31. Unique Chiado Lisboa: Hotéis  por VPVA - 3D/ArchViz  and Architecture

Como é o estilo escandinavo?

Antes do mundo estar a par da existência de um estilo escandinavo usado nos países nórdicos, como na Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia e Islândia, ele já existia.  Eles produziram um estilo de arquitectura e design que é a junção de funcionalidade com estética e que agora é tendência no mercado. Foi somente na década de 1950 que a maior parte da população percebeu que é possível produzir em larga escala produtos de design atraente e de boa qualidade. O foco estava em materiais de origem local, e claro, na praticabilidade dos mesmos. Se pensar sobre as condições climatéricas destes países, nove meses de Inverno seguido por três meses de Verão, é imperativo estas habitações do norte da Europa estarem sempre quentes numa tentativa de escapar à realidade do frio exterior. Culturalmente, na Dinamarca eles estão obcecados com a noção de Hygge , que vagamente se traduz em português como a sensação de se sentir-se confortável na sua própria habitação.

Além disso, numa sociedade onde a igualdade é favorecida pelo governo para as pessoas, é essencial que as casas e os produtos de design de interiores sejam também acessíveis e disponíveis a todos. É a partir desses ideais que o estilo escandinavo nasceu, e é precisamente a razão pela qual floresceu e resistiu às mudanças na moda e nas tendências. 

O que caracteriza o estilo escandinavo? Como se difere do design moderno?

O estilo escandinavo é caracterizado por linhas limpas, materiais de qualidade e texturados, de design simples e funcional. A linha entre o design moderno e escandinavo apareceu nos últimos anos, com os termos que estão sendo usados como sinónimos. Deve-se salientar que, embora os ideais de ambos, estarem lado a lado, eles são, de certa forma, bastante diferentes. Design escandinavo emprega mais textura e acabamentos de materiais expostos. A ideia é criar um espaço funcional que se sinta vivido, aconchegante e acolhedor. Isso geralmente é alcançado com materiais como a madeira, o metal ou a pedra com acabamentos toscos e texturados. Utilizando ainda materiais têxteis como a lã, linho e couro. A cor não é normalmente usada, e o esquema e a paleta de cores é muito neutra.

O que fazer para conseguir ter o estilo escandinavo em casa?

A tendência para os interiores de estilo escandinavo actualmente é enorme. A oferta é imensa e acaba por ser muito fácil colocá-lo em sua casa. Se seguir os princípios em baixo (alguns dos quais já foram mencionados),  estará no caminho certo para criar o estilo escandinavo em sua casa:

- Escolha tecidos confortáveis e acolhedores, aqui

- Faça homenagem à natureza, e deixe os materiais no seu estado mais bruto, aqui

- Tente limitar a paleta de cores para não mais de três tons,aqui

- Aproveite ao máximo a luz natural e paisagens através orientação correta e janelas de alta qualidade, aqui